Preço da carne é alvo de constantes previsões no mercado

Inicio » Pecuária » Preço da carne é alvo de constantes previsões no mercado
20/03/2020 Por
Preço da carne é alvo de constantes previsões no mercado

O mercado preço da carne é, sem dúvidas, o que mais movimenta capital em todo o mundo. É difícil imaginar que um mercado como esse passe por alguma espécie de crise ou problemas. Como a maioria dos seres humanos é adepta completamente da carne, fica difícil cessar o consumo. Porém, o preço da carne acabou diminuindo e muitas pessoas, apesar de não reclamarem disso por motivos óbvios, ainda assim questionam o porquê.

Estar à par do preço da carne é essencial tanto para consumidores quanto para produtores e comerciantes.

Preço da carne

O que é preço da carne?

Preço da carne é o que determina a sua popularidade, qualidade, quantidade de vendas, entre outros. Há diversos fatores que fazem com que o preço da carne seja decidido, alguns como:

  • De qual parte do animal ela saiu;
  • Qualidade, incluindo a maciez;
  • Se é um produto novo ou não;
  • A sua popularidade.

Além disso, mesmo com a atual diminuição da carne, tudo indica que o preço da carne vai baixar um pouco mais devido à onda constante de Coronavírus que invade diversos países ao redor do globo.

Preço da carne bovina

A carne bovina, conhecida por ser extraída em grande maioria do gado doméstico, é uma das carnes mais consumidas. Justamente para os amantes desse tipo de carne, é importante frisar que o preço da carne bovina também caiu de forma considerável, evento que vem acontecendo desde o começo desse ano.

Muitas pessoas estão receosas de que ocorra novamente o aumento do preço da carne, porém, muitas fontes garantem que esse acontecimento é pouco provável, já que a mesma sofreu um aumento súbito e exagerado em novembro. O que, há seis meses, era R$ 13,50, atingiu R$ 18,90 em novembro, enquanto o preço da carne hoje, atinge R$ 17,70.

Preço da carne

Mudança brusca

Um dos maiores motivos relacionados pelo qual ocorreu a queda súbita de preços em relação às carnes, incluindo o preço da carne no Brasil, foi justamente a grande procura da China pelos produtos brasileiros. Isso ocorre pois há uma grande quantidade de doença na criação de suínos na China.

Logicamente isso impacta o fato de que os produtores precisavam de uma quantidade maior de bezerros e, em meio a isso, não estavam conseguindo atender à imensa demanda do mercado interno. Logo, diversos fornecedores foram autorizados a fornecer a carne brasileira para o povo Chinês, incluindo as carnes suínas.

Logo, é bem provável que seja possível sentir alterações também no preço da carne suína.

Arábia Saudita no mercado de carnes

Outro território que está apelando para o mercado de carnes brasileiro é a Arábia Saudita. Porém, nessa região, as exigências por conta da forma de abate do boi e do seu corte são imensas. Essas questões toram mais difícil, de forma considerável, todo o processo de fabricação da carne, partindo desde a forma como o gado é criado até a forma como é sacrificado.

De qualquer forma, com tanta procura pela carne de origem brasileira, é possível determinar que nosso produto seja um produto feito de forma rigorosa e mais limpa do que outros locais. Isso também aponta, para a alegria dos brasileiros, que o preço da carne para churrasco pode alterar também, para melhor.

Além disso, também mostra como a carne brasileira está conseguindo se posicionar melhor no mercado e fornecer produtos com preços muito mais competitivos aos seus concorrentes. A carne brasileira está se tornando uma das opções mais baratas e melhores no mercado internacional, sendo uma alternativa que está ultrapassando produtores de renome, como os australianos e americanos.

Com a carne brasileira sendo exportada com frequência para o exterior, isso significa que a mesma não atingirá os patamares absurdos que o preço que conseguiu atingir no ano passado e, em alguns momentos, nos anos anteriores. Isso ocorre pois a procura pelo produto é enorme e, sem dúvidas, há muito mais procura do que demanda dentro do mercado interno.

Preço da carne

Alternativa para a carne

Mesmo que tudo aponte que a carne não atingirá os picos súbitos de alto valor novamente, é sempre indicado que o consumidor se mantenha atento e use da criatividade para retomar a alimentação da forma como estava acostumado.

Caso haja a possibilidade, é importante realizar substituições inteligentes e bem planejadas, a fim de não desfalcar outros âmbitos da casa. É importantíssimo que o brasileiro saiba colocar tudo na ponta do lápis e realizar as compras de forma mais econômica possível, sem prejudicar o cardápio da família.

Para isso, há diversos folhetos online na internet e artigos que podem ser lidos para uma alimentação extremamente saudável gastando pouco. Dessa forma, a família pode se situar melhor no momento e realizar substituições e trocas, fazendo com que o cardápio fique menos enjoativo.

Além disso, muitos indicam que agora é um ótimo momento para investir em legumes, frutas e outros alimentos mais leves. Isso tudo a fim de balancear o cardápio. Isso faz com que o mercado se diversifique e tenha a tendência de aumentar.

Mercado vegetariano e vegano

Muitas pessoas que são adeptas da forma de vida sem carne acabam se incomodando com a diminuição do valor da carne, afinal, esse é um ótimo pretexto para que as pessoas a comprem em maior quantidade e com maior frequência, aumentando o mercado de abate animal.

Além disso, muitos consideram a exportação da carne um negócio ruim, pois colabora, na visão deles, com os maus tratos animais. De qualquer forma, especialistas estão indicando a esse público que continuem a realizar uma dieta alimentar sadia e rica em vitaminas, sem o consumo de carne.

Afinal, de certa forma, a exportação se torna útil para o país e para os consumidores que existem dentro dele. Isso ocorre pois, com a diminuição do valor da carne, famílias de rendas menores e uma condição de vida um pouco inferior às demais podem aproveitar do momento para levar para casa uma maior quantidade de carne e fazer uma espécie de estoque na geladeira.

Também é importante pensar em como isso impactará no país. O mesmo começará a ser visto como, praticamente, um fornecedor principal no segmento alimentar carnívoro. Dessa forma, a ideia é que agregue mais valor para o preço da carne em todo o território brasileiro.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo