Rosas azuis são obtidas por meio de variações genéticas

Inicio » Agricultura » Rosas azuis são obtidas por meio de variações genéticas
12/06/2020 Por
Rosas azuis são obtidas por meio de variações genéticas

Além de uma maravilha da Ciência, as rosas azuis também já são uma realidade dentro do agronegócio brasileiro

Misteriosas, exuberantes e exóticas, rosas azuis realmente nos hipnotizam e até inspiram grandes lendas e histórias. Afinal, até recentemente, essa variedade de flor era encontrada apenas em pinturas e nos contos de livros.

Mas essa realidade já chegou ao mercado brasileiro, pois já existem mudas que são cultivadas a pleno vapor para garantir flores lindas o ano todo. Assim, entre beleza rara, tecnologia e dividendos para o agronegócio, conheça melhor as rosas azuis.

Rosas azuis

O que são rosas azuis?

Rosas azuis são uma variedade de rosas criada a partir de modificações genéticas. Ou seja, elas não nascem na natureza. Entretanto, para milhares de apaixonados, elas são reais e um dos mais novos símbolos de prosperidade.

Aliás, em diversas culturas, essa variedade ainda pode significar a busca por algo impossível. Isto porque há um ar de mistério para quem busca encontrar um novo amor e até mesmo a esperança de realizar qualquer desejo sentimental.

Como plantar rosa azul

Tudo bem que a genética facilita a produção das lindas rosas azuis. Por outro lado, essa técnica é muito cara e exige conhecimento para a cor não sair errada. Aliás, o tom azul de verdade é extremamente raro de surgir na natureza.

Mesmo assim, você pode criar em casa um pigmento visando a criação de rosas azuis como uma variedade puramente genérica. De certo, isso pode ser mais fácil do que encontrar uma flor legítima ou mesmo procurar numa floricultura especializada.

De qualquer forma, quando você conseguir essas sementes, basta seguir nosso passo a passo abaixo para saber como plantar rosa azul. O plantio é simples e prático. Tome nota:

  1. Primeiro, escolha a primavera para iniciar o processo, porque é a melhor época para você cultivar rosa azul;
  2. A seguir, deixe as sementes de molho por até dois dias para recuperarem a umidade;
  3. Então, adube e drene bem um solo que receba luz solar;
  4. Procure deixar um espaço de quase um metro entre cada flor;
  5. Depois, cubra as raízes;
  6. Regue o solo regularmente com água, ainda mais pela manhã;
  7. Depois de três meses, suas rosas azuis precisam de um fertilizante próprio;
  8. Evite a presença de ervas daninhas e obstáculos ao redor;
  9. No começo do verão, elas vão começar a florescer;
  10. Enfim, faça podas entre cada estação.

Rosas azuis

O sucesso da muda de rosa azul

Para ampliar a presença da flor no mercado, um fato é certo: a tonalidade de uma muda de rosa azul conquista à primeira vista. Até porque essa cor tem relação com o infinito, ampliando os desejos e votos de quem presenteia com a flor.

Por outro lado, as raras rosas azuis também já são consideradas sinais de prosperidade. Elas costumam ser oferecidas a pessoas especiais por terem grande representatividade de sentimentos, como:

  • Amor eterno;
  • Respeito;
  • Lealdade;
  • Confiança;
  • Admiração;
  • Gratidão;
  • Respeito;
  • Desejo;
  • Amor raro.

A variedade de rosas para você investir

Por estar longe do alcance de pessoas comuns, as rosas azuis são raras para cultivar em casa. Contudo, selecionamos abaixo uma lista com uma variedade de rosas para você investir e até garantir uma renda extra.

Primeiro você deve escolher de que variedade mais gosta. Aliás, também é vital analisar qual variedade tem melhor adaptação à sua região. Confira abaixo alguns tipos de rosas para você apostar e investir:

  • As rasteiras são flores pequenas, que podem aparecer em cachos. Assim, costumam ser cultivadas em jardins para formar tapetes de flores e servir como forração;
  • As arbustivas são flores maiores, usadas no revestimento de muros e criação de cercas vivas de até dois metros;
  • Com rápido crescimento, as sempre-floridas também são comuns em jardins, embora tenham flores menores e costumem crescer em cachos;
  • As híbridas-de-chá são flores maiores, ótimas para jardins pelas suas hastes longas e muito perfume;
  • A variedade em miniaturas possui diversas cores. Costumam ser cultivadas em vasos e canteiros, pois nem chegam a um metro;
  • No caso das trepadeiras, elas podem ser pequenas ou grandes. Decoram e revestem pilares, paredes e pérgulas, pois atingem até seis metros de altura;
  • Enfim, as silvestres são vistas como flores perfumadas e brancas, embora vivam pouco e sejam ótimas para jardins.

Rosas azuis

A produção e o consumo nacional de rosas

Como já deve ter visto por aqui, o mercado das plantas e flores não para de crescer no Brasil. Um fator que ajuda nesse crescimento são as ótimas e diversas condições climáticas para o amplo cultivo.

Com isso, a diversidade de temperaturas ajuda na produção de inúmeras folhagens, derivados e flores o ano todo. Isto sem mencionar os baixos custos, que ainda favorecem na consolidação da atividade econômica.

O setor pode agregar novos produtores rurais. Assim, há uma melhor distribuição de variedades e ampliação da renda regional, fortalecendo o crescimento socioeconômico da população.

A respeito de plantas ornamentais no Brasil, além das rosas azuis, o maior Estado nos quesitos produção, consumo e exportação é São Paulo. Sua produção chega a quase 3 terços da produção nacional.

Confira abaixo outras regiões fortes no setor:

  • Vale do Ribeira;
  • Grande São Paulo;
  • Campinas;
  • Atibaia.

A Ciência por trás da flor rosa azul

Claro que a flor rosa em tom azulado não existia até pouco tempo atrás. Contudo, a partir de inúmeros avanços e estudos, hoje é possível encantar nossos olhos com toda essa belezura.

Isso porque sua cor conseguiu ser reproduzida artificialmente por meio de alterações genéticas nas quais os pigmentos são retirados de demais flores e resultam em uma união formosa de tonalidades azuis inacreditáveis.

O feito foi realizado no Japão, mas em parceria com um laboratório australiano. Além do mais, essas rosas azuis conquistaram o mundo todo com uma técnica avançada e moderna.

Sem contar que ainda poderão combater a extinção de flores que encantam e são importantes para o agronegócio. Isso porque as rosas azuis podem ser criadas a partir das variedades brancas.

Para isso, é preciso injetar, antes do plantio, uma tinta azulada na polpa das sementes, a fim de dar início ao processo de modificação. Enfim, com um misto de beleza e mistério, é fato que diversas culturas creem que as rosas azuis podem conceder desejos a quem as possui. E o mercado é crescente. Vale a pena investir e conhecer.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo