Sardinha é peixe comumente consumido pelo brasileiro

Inicio » Pecuária » Sardinha é peixe comumente consumido pelo brasileiro
01/09/2020 Por
Sardinha é peixe comumente consumido pelo brasileiro

Sem dúvidas, a sardinha é um dos peixes mais conhecidos e consumidos em todo o território brasileiro. Muito conhecida por ser vendida enlatada, pode ser encontrada também congelada in natura.

Além disso, a sardinha é fonte de vitaminas que oferecem ótimos benefícios ao corpo humano, sendo consumida em sanduíches, massas, saladas, etc. Com grande popularidade, cada vez mais pessoas possuem curiosidade sobre o assunto.

Sardinha

O que é sardinha?

Sardinha é um peixe da família Clupeidae. O nome dessa espécie originou-se por conta do seu local de origem, Sardenha, ilha localizada no Mar Mediterrâneo. Além disso, tem como característica o seu tamanho tecnicamente pequeno perto de outros peixes, já que chega a no máximo 25 centímetros.

No Brasil, é possível encontrar esse peixe por toda a costa. Afinal, essa espécie de peixe vivem em grandes cardumes, porém de formação compacta. Isso colabora para que a sua pesca seja bem-sucedida, já que dificilmente espalham-se e isso otimiza o tempo da pesca.

No entanto, o habitat da sardinha é em mar alto, até os 200 ou 250 metros de profundidade, mesmo que  em períodos de reprodução costuma a aproximar-se de forma mais natural e rápida da costa do mar

A situação da sardinha na economia

Já é sabido por uma grande quantidade de pessoas que a sardinha é um dos peixes mais consumidos no mundo inteiro, principalmente no Brasil. Logo, a preferência da população por esse peixe, já que é saboroso e prático, agrega ótimos valores para a economia.

No entanto, o mercado apresenta uma séria preocupação em relação à pesca do animal e venda. O motivo é que esse peixe chegou em um caótico e preocupante nível de extinção. Estima-se que seriam necessários, no mínimo, 20 anos para que a população do peixe se estabelecesse novamente.

Embora tamanha preocupação, é praticamente impossível dar um basta no consumo, já que é um dos peixes mais vendidos do mercado e um dos favoritos da população. Por conta disso, a sardinha volta a ser pescada, mas com uma série de regras rigorosas.

Dessa forma, não é mais permitido que esse peixe seja colocado à venda ou pescado acima dos limites permitidos, já que isso causaria um desequilíbrio muito maior. Dessa forma, há número de dias específicos para a pesca, sendo que cada período será de 24 horas apenas.

Ainda assim, devido às situações atuais, o consumo da sardinha sofre grandes alterações, já que muitas pessoas estão evitando sair de casa e procurá-la em feiras, mercados e restaurantes. Dessa forma, mesmo que ainda seja um dos peixes mais procurados, estima-se que o seu consumo tenha caído até 60%.

A esperança é que a venda e pesca de sardinha melhore até o ano de 2021 ou 2022, já que o ano de 2020 movimentou a economia de uma forma negativa, em grande parte dos segmentos.

Sardinha

Reestabelecimento

Preferindo olhar pelo lado bom, muitas empresas preocupadas para com a população de sardinhas, vê a redução com grande tristeza, mas com a esperança de que elas consigam, ao menos, se reestabelecer e equilibrar a sua população para, assim, garantir novas e maiores pescas.

Benefícios da sardinha

Esse peixe é considerado um peixe gordo, mas com gorduras de ótima qualidade. Isso porque entre as propriedades da sardinha e os nutrientes da sardinha, é possível encontrar:

  • Vitamina D, uma das principais vitaminas da sardinha;
  • Ômega 3;
  • Altíssimo nível de cálcio.

Um de seus maiores benefícios é que ela oferece muito mais proteína do que a carne vermelha. Por conta disso, se torna uma ótima opção para pessoas que estão procurando cortar o consumo de carne ou ao menos reduzir a carne vermelha.

Além disso, é ótima para proteger o cérebro de doenças e tumores. Como oferece Vitamina B12, mantém o corpo forte, desinchado e com a cicatrização mais rápida. A maior vantagem é que é um alimento acessível, já que o preço da sardinha em kg é de até R$ 6,00, dependendo da região.

Receitas com sardinha

Uma das maiores vantagens desse peixe, é que há diversas receitas que podem ser feitas de forma prática e rápida. Algumas, inclusive, podem ser feitas com a sardinha enlatada, como é o caso de saladas, massas e maioneses, por exemplo.

Porém, além da sardinha em lata, também é possível fazê-la de uma forma muito mais natural e saborosa, melhor ainda se ela foi pescada na hora. Confira!

Sardinha à portuguesa

A sardinha portuguesa é uma das formas mais deliciosas e diferentes de prepará-la. Para essa receita, é indicado separar até 24 sardinhas frescas e que não possuam espinhas. Em seguida, separe:

  • 3 dentes de alho;
  • ¼ xícara de suco de limão;
  • Sal e pimenta moída a gosto;
  • Azeite;
  • Cebola fatiada.

Basta temperar os peixes com o alho, limão, sal e a pimenta. Deixe-a descansando por até 1 hora e escorra. Em seguida, basta forrar o fundo de uma panela, preferencialmente de barro, com uma camada de sardinha, regar com azeite e espalhar as cebolas.

Esse procedimento deve ser repetido até que os ingredientes acabem. Em seguida, elas podem ser assadas ou cozidas e servidas com arroz branco.

Sardinha

Sardinha frita

A sardinha frita é um dos tipos mais fáceis de fazer. Para essa receita, certifique-se de comprar a sardinha já sem escamas ou retirá-las de forma a deixá-las completamente limpas. Em seguida, basta temperar com sal, alho amassado e limão.

Deixe-as mergulhadas no tempero por aproximadamente 5 a 10 minutos. Depois, passe-as na farinha de trigo e frite em óleo abundante. Se preferir, sirva com arroz e salada, sempre com mais um limão para acompanhar.

Sardinha assada

A versão assada também é de um nível de dificuldade que qualquer pessoa que saiba cozinhar pode fazer. Além de ser assada de forma tradicional, essa receita também pode ser replicada com a sardinha na brasa.

Para a receita, com a sardinha já lavada e enxugada, tempera-las por dentro e por fora com sal e limão. Coloque-as em um prato que possa ir ao forno e deixe-as assando por 20 minutos a 200 °C.

Em seguida, doure algumas batatas e tomates e tempere com pimenta e sal. Coloque junto à sardinha e sirva com arroz branco e salada.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo