Sequoia e a beleza de árvores gigantes

Inicio » Meio Ambiente » Sequoia e a beleza de árvores gigantes
12/04/2021 Por
Sequoia e a beleza de árvores gigantes

Com mais de 60 mil espécies de árvores em todo o mundo, só o Brasil possui 14% das existentes no planeta. Antes de tudo, a beleza de cada árvore é um show à parte quando falamos sobre esse ser vivo capaz de promover o equilíbrio de ecossistemas ricos e complexos. No artigo de hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a espécie de árvore chamada de sequoia.

As árvores são fundamentais para a preservação da vida. A preservação de espécies como a sequoia faz parte de ações globais em busca de proteção da biodiversidade. E por falar nisso, o Brasil é o país com a maior biodiversidade do mundo, com mais 8,7 mil espécies de árvores no país. Aliás, a árvore sequoia faz parte dessa riqueza.

O que é sequoia?

A sequoia é uma espécie de árvore gigante que ultrapassa 80 metros de altura. Também conhecida pelo nome científico Sequoiadendron gigantea, a sequoia gigante impressiona pela sua resistência no tempo.

Uma delas, presente nos Estados Unidos, tem mais de 4 mil e 600 anos de existência. Ou seja, praticamente um fóssil com vida.

Qual a maior sequoia do mundo?

A maior sequoia já vista no mundo também está no país norte-americano. A espécie de sequoia vermelha atinge a marca de 115,55 metros de altura e chama a atenção de pessoas do mundo todo por sua beleza e longevidade. Em outras palavras, é uma árvore tão grande que se comparada com a altura estimada de um prédio de quase 40 andares.

A árvore, que pertence à espécie da família das coníferas, é chamada de Hyperion e representa um recorde da maior árvore do planeta. Assim como as milhares de árvores no mundo, diferentes tipos de sequoia também são afetados pelo impacto gerado na natureza. Assim, causam perdas inestimáveis para florestas que são vitais para a nossa sobrevivência.

sequoias vistas de baixo

Sequoia no Brasil

A árvore gigante faz parte das espécies que estão em território brasileiro. Existe um parque das sequoias no Rio Grande do Sul, na mata nativa da famosa cidade de Canela. O parque tem 70 anos de existência e, dessa forma, colabora diretamente para a preservação da espécie no país.

O parque não tem apenas sequoias, mas possui uma coleção de árvores coníferas, vindas de diferentes lugares do mundo.

A importância da preservação das árvores

Antes de mais nada, parece que o tema do desmatamento está pra lá de batido. No entanto, falar sobre a preservação das árvores, incluindo aquelas que não são nativas do Brasil, gera conhecimento e conscientização.

A Amazônia é alvo frequente de atividades ilegais de desmatamento. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) indicam que mais de 9,2 mil quilômetros quadrados de florestas foram desmatados entre 2019 e 2020.

Como resultado, alertas chamam a atenção da população, com o objetivo de reforçar a preservação de um patrimônio inigualável. A partir disso, iniciativas buscam combater a extinção das matas e a preservação da biodiversidade. A preservação da sequoia, por exemplo, também é uma maneira de cuidar de uma das espécies mais admiradas no mundo, mostrando a beleza e riqueza que habita nas árvores gigantes e milenares.

Imagens: Mike Krejci e J.J. Studio

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo