Socó-boi é ave que geralmente vive nas margens de rios e lagos

Inicio » Meio Ambiente » Socó-boi é ave que geralmente vive nas margens de rios e lagos
30/10/2020 Por
Socó-boi é ave que geralmente vive nas margens de rios e lagos

Com a grande variedade de espécies, é comum que algumas sempre causem certa estranheza e surpreendam por suas características diferentes, como é o caso do socó-boi. Ave de aparência forte e diferenciada, tem presença forte e facilidade de caça, e costuma aguardar suas presas de maneira imóvel.

O socó-boi adora viver próximo a ambientes aquáticos e tem grande facilidade em se camuflar em meio aos troncos de árvores, já que sua coloração colabora para tal ato. Além dessa, outras características acompanham esse animal.

Socó-boi

O que é socó-boi?

Socó-boi é ave da família Ardeidae e gênero Tigrisoma. De nome científico Tigrisoma lineatum, é uma ave que adora viver às margens de rios e lagos, sempre em busca de peixes, moluscos e répteis que possam servir como alimento.

Por conta disso, é muito visto no Brasil, Argentina, Colômbia, Costa Rica, entre outros. O socó-boi é uma ave que se destaca pela sua aparência, já que é muito diferente de uma grande quantidade de pássaros vistos por essas regiões.

Além disso, a ave é muito antiga, o que colabora para que sua espécie seja resistente e não sofra grandes ameaças de extinção, o que é sempre uma boa notícia!

Além do nome de socó-boi, a ave também é conhecida em algumas regiões como taiaçu. Esse nome deriva da língua Tupi, que significa Grande Riscado.

Características do socó boi

Uma das principais características do socó-boi, é que ele é uma que não apresenta dimorfismo sexual. Logo, é difícil reconhecer quando se trata de uma ave fêmea ou macho. Em sua aparência, pode variar de 66 a 76 centímetros e pesar até 840 gramas.

Quando adulto, em ambos os sexos, as plumas se apresentam de maneira idêntica, mas somente se desenvolvem a partir dos dois anos. Nesse momento, as características principais do socó-boi tomam forma. São elas:

  • Pescoço longo e castanho com faixa branca na frente;
  • Bico alongado;
  • Manchas acaneladas;
  • Manto acinzentado.

Porém, ao contrário do socó-boi adulto, o socó-boi jovem apresenta uma coloração amarelo-claro e faixas transversais negras. Também é possível notar no ventre e na garganta, a coloração branca. Em aves jovens dessa espécie, o bico pode ser considerado curto a médio.

Socó-boi

Alimentação do socó boi

Partindo do princípio de que vive próximo às margens de rios e lagos, o socó-boi se alimenta de quase todos os animais que encontra por essas regiões. Os mais comuns em sua dieta, são:

  • Crustáceos;
  • Répteis;
  • Anfíbios;
  • Peixes;
  • Insetos.

Uma característica muito comum nessa espécie é que, quando quer se alimentar, fica quase imóvel esperando a presa. Mesmo quando se move em direção a ela, apresenta um andar extremamente vagaroso. Geralmente, a caça ocorre em águas rasas ou então pântanos, preferencialmente localizados no interior de florestas.

Como possui essa coloração acanelada e o manto acinzentado nas costas, é muito comum que seja um animai discreto quando em meio aos troncos de árvore e vegetações secas. Tudo isso auxilia para que ele consiga espreitar suas presas sem assustá-las, utilizando, dessa forma, a imobilidade.

O socó-boi possui o bico alongado e fino, uma característica que chama muito atenção no animal, e que serve para capturar suas presas de forma assertiva e com firmeza. Dessa forma, consegue fincar o bico na vítima e dar golpes para que fique mais vulnerável.

Reprodução do socó boi

Não muito se sabe sobre a reprodução do socó-boi. No entanto, o que sabe-se de fato que a ave macho emite uma voz forte e gutural, quase como um mugir de boi. Esse canto do socó-boi que é emitido, é comum somente em períodos de reprodução.

Além disso, seus ninhos são frequentemente construídos em árvores altas e seguras o suficiente para que ninguém alcance. É muito comum ver os seus ninhos construídos com uma grande quantidade de gravetos.

Dentro dos ninhos, a fêmea chega a colocar até 3 ovos que possuem leves manchas, pouco perceptíveis. Ademais, os ovos ficam em um período de incubação de 31 a 34 dias, no máximo 35 dias.

O socó-boi é uma ave parental, assim, alimenta os filhotes normalmente, mas sempre buscando o alimento longe do ninho para evitar que possíveis predadores descubram os filhotes. Em suma, o período de reprodução ocorre no início ou fim de estações secas, momento onde há maior quantidade de alimentos.

Socó-boi

O socó-boi cantando

É interessante ressaltar que o socó-boi cantando emite um som grave e de sílabas curtas, porém contínuas. No entanto, é diferente do canto que ele entoa quando está em período reprodutivo, já que não se assemelha ao grito de um boi.

Socó-boi escuro

Conhecido como o guardião das águas, o socó-boi escuro mede em torno de 70 centímetros de comprimento e tem pernas curtas. É muito semelhante ao socó-boi, mas o seu bico é mais curto e sua coloração chega muito próxima do preto.

Entretanto, pouco se sabe sobre seus hábitos gerais, principalmente alimentares. Estudos indicam que em seu estômago foram encontradas libélulas e peixes. Infelizmente, essa espécie de socó-boi encontra-se seriamente ameaçado de extinção.

O socó-boi escuro é conhecido por ser um indicador de águas saudáveis e limpas. O motivo é que, sempre em que ele está presente em um rio ou lago, isso significa que a água está limpa. Isso porque como é um animal que preza a higiene, o socó escuro somente fica próximo às águas limpas.

É uma ave com hábitos muito solitários e prefere viver próximo a rios onde há grande quantidade de pedras, já que possui grande talento para se camuflar entre elas. Essa espécie possui canto forte, lembrando muito o esturro de uma onça.

Além disso, também é conhecido como socó-jararaca, já que o seu pescoço é estriado e possui, algumas vezes, características que lembram muito uma serpente. Isso, também, pode servir como uma forma de defesa da ave que está constantemente caçando, mas também se escondendo de predadores.

Caça

Mesmo que não seja um animal frequentemente caçado por pessoas e outros animais, dependendo da região em que vive pode se tornar presa fácil de crocodilos e onças. Raramente entra em confronto com águias, já que o socó-boi também é considerada uma ave de porte grande e de presença muito forte.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo