Taioba é popular em saladas e traz benefícios variados para a saúde

Inicio » Agricultura » Taioba é popular em saladas e traz benefícios variados para a saúde
28/07/2019 Por
Taioba é popular em saladas e traz benefícios variados para a saúde

Taioba é planta de formato semelhante ao da orelha de elefante

A taioba, planta que apresenta folhas peculiares, é muito usada na preparação de saladas. Seu formato é muito semelhante a orelhas de elefantes. Com um gosto muito parecido com o espinafre, é consumida principalmente pelos mineiros. É em Minas Gerais, inclusive, que a planta consegue um maior destaque de plantio.

Cheia de nutrientes, a taioba agrega muita saúde ao organismo. Possui grandes quantidades de vitamina A, superando os níveis presentes nas cenouras, espinafre e brócolis. Além disso, sua composição apresenta vitamina C, fósforo, cálcio e demais minerais essenciais.

Taioba

O que é taioba?

Taioba é uma planta, cientificamente conhecida como  Xanthosoma Sagittifolium. Trata-se de um tipo de planta suculenta, com forma, cor e textura bastante exuberante. Além do nome original, é conhecida também pelo nome de orelha-de-elefante; pela semelhança de seu formato,

Além deste nome, há outros pelos quais a planta também é conhecida, conforme exposto a seguir:

  • macabo;
  • mangará;
  • mangarito;
  • mangará-mirim;
  • taiova;
  • taiá.

É originada da América Central e, hoje, seu cultivo acontece em países, em suma, tropicais e subtropicais. É possível consumir os seus tubérculos e também suas folhas. Geralmente, seu uso é específico para a preparação de saladas e receitas como suco detox e sopas.

O que é mangarito?

Embora este seja outro nome dado à taioba, o mangarito é um tipo de hortaliça que apresenta diferenças da primeira – principalmente em relação à coloração – mas pertence à mesma família. Suas folhas são bastante usadas na culinária, mas os maiores destaques ficam por conta do seu caule, que pode ser comparado às batatas. É possível fritar, cozinhar ou preparar cremes com a iguaria.

Benefícios da taioba

A taioba apresenta, em sua composição, substâncias que contribuem efetivamente para a saúde, principalmente da pele. Entre as propriedades da taioba, se destaca o fato de ela ser antioxidante, auxiliando na prevenção de danos provocados por radicais livres e impedindo o envelhecimento precoce. Além disso, possui vitamina A que auxilia, portanto, no estímulo do colágeno da pele.

Taioba

Este elemento é responsável por toda a estrutura da pele e, portanto, presencia-se em diversos tipos de tratamentos estéticos. O colágeno ajuda, portanto, no tratamento de rugas e linhas de expressão, reduzindo flacidez, e mantendo a pele linda e com muita saúde. Outros benefícios da taioba podem ser destacados, a seguir:

  • previnem e tratam a anemia ferropriva que causa indisposição, fraqueza e tonturas;
  • fortalece a imunidade do organismo, combatendo inúmeras doenças, resfriados e afins;
  • mantém os ossos mais fortes, pois possui cálcio e fósforo;
  • equilibra a pressão arterial;
  • auxilia a melhorar o trânsito intestinal, pois possui grande quantidade de fibras;
  • ajuda a melhorar a saúde da visão;
  • auxilia na perda de peso, pois possui índice calórico baixo.

Taioba emagrece?

Sim, a taioba emagrece, porque possui pouquíssima quantidade de calorias. Além disso, o seu alto teor de fibras faz com que o organismo esteja saciado por maior tempo. Isso ajuda a não comer quantidades excessivas de alimentos entre uma refeição e outra. Quando aliada a atividades físicas, a planta pode facilitar o emagrecimento saudável.

A alimentação, rica em fibras, não tem digestão pelos elementos enzimáticos do sistema gastrointestinal. Isso faz com que essas substâncias percorram o intestino grosso sem fermentação, resultando em um teor glicêmico e colesterol reduzidos.

Toda essa fibra alimentar é capaz de auxiliar o organismo a não sentir fome por um tempo maior. A consequência é que você passa a comer menos. Trata-se, portanto, de outro benefício da planta, que tem quantidade muito pequena de calorias. Ainda, as fibras ajudam a prevenir o câncer de cólon, a obesidade e as inflamações intestinais.

Taioba

Como plantar taioba?

Confunde-se muito a espécie da planta com folhas de taro e inhame, por exemplo. É por isso que, ao realizar a plantação de taioba, há a necessidade de dar bastante atenção às mudas.  Trata-se de uma planta simples, que pode permanecer em sombra parcial ou ao sol. Mas é muito importante ter em mente que planta precisa de luz.

Se este cultivo acontecer em casa, lembre-se de deixá-la desfrutando dos raios solares por, no mínimo, umas três horas ao dia. Ela tem um melhor desenvolvimento em clima de calor e umidade. Evite temperaturas baixas.

Há sensibilidade do plantio em relação ao solo ácido. Portanto, a taioba consegue se desenvolver melhor com um pH de 5,8 a até 6,3. Precisa ser um solo drenado, com fertilidade e fonte de matérias orgânicas. A recomendação para semeaduras diretas da taioba, ou mangará, é que se faça a cobertura do solo com transplantes de mudas diretamente em cima de palhadas ou adubação verde.

Irrigação da taioba

Essa planta é capaz de suportar solos encharcados. Mas evite. É importante não manter a planta em regiões de solo compactado ou que tenha muita quantidade de argila. Isto porque estas condições prejudicam o desenvolvimento adequado da planta.

Esse plantio é realizado, de modo geral, com fragmentos do cormo ou, a partir de rebento lateral que aparecem em regiões próximas aos cormos. Para tanto, a dica é realizar a plantação entre 6 centímetros a 10 centímetros de profundidade, apresentando espaçamentos de 1 metro por 1,5 metro entre cada planta ou de 1 metro entre cada linha. O ideal é realizar esse plantio entre os mês de setembro e o mês de dezembro.

Taioba

Para concluir, é preciso de um solo úmido ao longo de toda a etapa de desenvolvimento, com irrigação diária. É muito importante manter o solo com bastante umidade, mas cuidado para não encharcar a área com excessos.

Receitas com taioba

A culinária abrange receitas deliciosas com a taioba. Como dito, anteriormente, ela é usada principalmente na preparação de saladas. Neste caso, é muito comum refogar suas folhas em pequenas fatias. Elas são levadas até um recipiente com água, atingindo a fervura. Depois disso, portanto, é só escorrer a água e refogá-las com alho e azeite. Com uma pitada de sal, a receita é excelente para acompanhar pratos diversos.

Outra possibilidade de uso culinário são os molhos. Para tanto, é preciso lavar as folhas de taioba cuidadosamente para fazer a retirada de todos os seus possíveis resíduos naturais. Rasgá-las em pedaços pequenos, levando para o fogo e refogando-as em recipiente com temperos preferidos. Em seguida, adicionar cebolinha e pimentas. Se quiser dar um toque especial, use o limão para servir as folhas ao molho.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo