Trapoeraba é espécie que oscila entre erva daninha e planta comestível

Inicio » Agricultura » Trapoeraba é espécie que oscila entre erva daninha e planta comestível
28/06/2019 Por
Foto: 竹仔菜/節節草 < 鴨跖草屬 < 鴨跖草科 Climbing dayflower or spreading dayflower
Trapoeraba é espécie que oscila entre erva daninha e planta comestível

A trapoeraba é muito versátil: pode se tornar uma planta invasora, mas ao mesmo tempo possui propriedades medicinais

A planta trapoeraba pode crescer e se desenvolver em meio a outras plantações, trazendo prejuízos à atividade rural. Contudo, também é utilizada em jardins e espaços abertos, como uma espécie ornamental.

Dentro da medicina popular, a trapoeraba possui alguns benefícios para a saúde, principalmente se consumida na forma de chás. Auxilia na prevenção e tratamento de doenças urinárias, como inflamações, e também ajuda a repor minerais e proteínas no corpo.

trapoeraba

O que é trapoeraba?

Trapoeraba é uma planta invasora que existe em diversas localidades do Brasil. Também conhecida como commelina  ou marianinha, é uma planta nativa da América do Sul e, portanto, bastante frequente principalmente nas lavouras anuais.

A espécie possui ciclo de vida anual e possui estatura relativamente baixa, alcança cerca de 40 centímetros. Apesar de ser uma erva daninha, é um pouco exigente em relação ao solo. Assim, prefere as terras ricas em nutrientes; e, consequentemente, ela se adapta melhor aos solos úmidos, sombreados e, de preferência, argilosos.

Quais as culturas mais afetadas pela trapoeraba?

A planta tem a capacidade de se adaptar entre as plantações de diversos  cultivares. Assim, pode ser prejudicial à produção agrícola, principalmente na fase de colheita. Isso porque, em determinadas plantações, ela pode conferir muito umidade aos grãos.

Confira algumas culturas afetadas pela trapoeraba:

  • Abacaxi
  • Alfafa
  • Banana
  • Café
  • Cacau
  • Citros
  • Eucalipto
  • Feijão
  • Uva
  • Pinus
  • Soja

trapoeraba

Quais as características da trapoeraba?

A mata Brasil, como também é chamada a espécie, possui algumas características específicas. Conheça mais sobre a planta:

  • Quando floresce, apresenta pequenas flores nos tons rosa, roxo ou azuladas
  • Suas folhas e caules são arroxeados
  • A floração acontece geralmente entre o verão e o outono
  • Os frutos aparecem nos meses de março a maio

Você sabia que a planta é comestível?

Apesar de ser considerada uma erva daninha para algumas culturas, a trapoeraba se enquadra como uma Planta Alimentícia Não Convencional (PANC). Assim, ela serve de alimento e possui propriedades medicinais.

As suas folhas e flores podem compor diversos tipos de pratos, como saladas; refogados; ensopados; risotos; omeletes; e acompanhamentos. A recomendação, então, é que as folhas sejam cozidas, ou refogadas. Já as flores podem ser consumidas naturalmente, cruas.

Além disso, outra utilização da trapoeraba é na composição de espaços. É possível cultivar a planta no jardim de casa, de forma ornamental, e depois fazer a colheita para o consumo. A espécie, portanto, é muito versátil.

Assim, algumas pessoas cultivam mudinhas em floreiras, canteiros, ou qualquer espaço aberto e sombreado no quintal.

trapoeraba

Benefícios medicinais da trapoeraba

O consumo da planta então, geralmente na forma de chás, traz diversos benefícios para a saúde. Ela é diurética e, assim, auxilia no funcionamento do corpo e ajuda a desinchar.

A planta também possui sais minerais importantes para o funcionamento do organismo, como cálcio, magnésio e zinco.

Além disso, o chá de trapoeraba ainda ajuda nos sintomas de inflamações do aparelho urinário, como as cistites. A bebida, portanto, auxilia na eliminação das toxinas no organismo e ajuda a prevenir o envelhecimento precoce.

3 Replies to “Trapoeraba é espécie que oscila entre erva daninha e planta comestível”

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo