Trator de esteira é muito usado em escavação, terraplanagem e reboque

Inicio » Agronegócio » Trator de esteira é muito usado em escavação, terraplanagem e reboque
29/04/2020 Por
Trator de esteira é muito usado em escavação, terraplanagem e reboque

No campo ou na cidade, maquinários como o trator de esteira têm tanta importância quanto o profissional que irá conduzi-lo

Em reação ao agronegócio brasileiro, há anos que o trator de esteira faz um trabalho essencial para nossa economia. Entretanto, seja no campo ou na cidade, é preciso saber de seus usos e recursos. Até porque existe um modelo para cada tipo de necessidade.

Dito isso, no artigo de hoje, vamos ajudá-lo a conhecer melhor o trator de esteira. Iremos abordar suas características e quais os principais tipos de tratores no mercado. Até mesmo porque é a escolha de uma máquina versátil, e seu investimento, que farão a diferença junto aos projetos e profissionais contratados.

Trator de esteira

O que é trator de esteira?

Trator de esteira é um dos modelos de trator que tem como característica a locomoção por meio de esteiras, que são movidas por sistemas de transmissão mecânica. Dessa forma, sua maior finalidade é a de realizar trabalhos pesados nas mais difíceis áreas de acesso.

Ou seja, ele geralmente é indicado para serviços de escavação, terraplanagem e até para auxiliar no reboque de demais máquinas e equipamentos. Por esse motivo, entre seus principais usos, podemos destacar:

  • Rebocar cargas e veículos pesados;
  • Empurrar materiais e detritos soltos;
  • Arar solos e terras;
  • Realizar escavações em linhas planas;
  • Fazer um bom nivelamento de áreas;
  • Manter superfícies compactadas e alongadas;
  • Deixar camadas de terra plana;
  • Criar áreas de aterros;
  • Reunir e empilhar materiais.

Para realizar isso tudo, o trator de esteira apresenta melhor distribuição do peso e mais aderência ao terreno. Até porque sua presença é indicada até para terrenos pantanosos, comprovando que a engenharia civil anda criando máquinas e equipamentos cada vez mais eficientes.

Por outro lado, podemos analisar que obras e construções em larga escala precisam tanto de materiais de alta performance quanto de profissionais qualificados. Visto isso, a presença do trator de esteira tem muita importância nessas obras, assim como outros tipos de tratores podem apresentar suas funcionalidades e particularidades distintas.

Enfim, para entender melhor o que é trator de esteira, saiba que essa máquina apresenta esteiras ao invés dos tradicionais pneus. Aliás, essa característica tem aplicação usual direcionada para áreas com terras soltas ou mesmo pantanosas.

São essas esteiras que ajudam o veículo na aderência e distribuição de peso no solo. Por isso que ele é vital para uso em áreas da agricultura, construções de rodovias e até na construção de grandes obras.

Acima de tudo, como dissemos, vale mencionar que esse trator tem a sua locomoção por meio de um sistema de transmissão mecânica, localizado em suas esteiras.

Trator de esteira

Tipos de trator e suas finalidades

Há muito tempo, animais eram a força motriz para auxiliar grandes e até pequenos agricultores nas tarefas do campo. Entretanto, nos dias de hoje, essa força é substituída por máquinas que foram projetadas para ações como:

De qualquer modo, é importante saber diferenciar quais são os principais tipos de trator.

Eles podem ser classificados com base em dois critérios: a conformação geral do chassi e o tipo de rodado. Assim, de acordo com a conformação geral do chassi, temos os modelos:

  • Os agrícolas: pela tração nas quatro rodas, são uma alternativa que aumenta o rendimento da potência do motor para a barra de tração, além do chassi frontal abrigar diversos tipos de implementos;
  • Os florestais: comuns para retirada e abate de madeira, pois têm grande massa, capazes de transitar com grande força de tração em solos difíceis, exigindo mais potência;
  • Os industriais: apenas para esses fins, mesmo que sejam úteis para certas etapas de desmatamento, movimentação de terra ou produção, pois seu peso não é indicado para serviços agrícolas.

Por outro lado, você pode investir nos modelos de trator rodados, que apresentam características e tipos como:

  • Quatro rodas idênticas: nesse tipo, a tração é exercida por dois eixos, apresentando vantagens como maior nível de aderência e mesma força de tração, apesar de menos peso que outros tipos;
  • Quatro rodas, com as traseiras maiores: aqui, as duas rodas motrizes possuem um diâmetro maior que as dianteiras, embora apresentem apenas função direcional;
  • Três rodas: esses tipos foram desenvolvidos para os serviços de cultivo em linha;
  • Duas rodas: trator de rabiças ou motocultivador, esse tipo é empregado por agricultores, ficando por de trás dos implementos e executando tarefas similares a máquinas maiores.

Trator de esteira

Para que serve o trator de esteira?

Se você quer saber para que serve o trator de esteira, podemos citar várias aplicações. Em princípio, ele é utilizado para limpeza, movimentação de material, preparo do solo e nivelamento.

Contudo, boa parte dos tratores de esteiras modernos do mercado já conta com sistemas inovadores de transmissão, como a hidrostática. Aliás, muitas pessoas ainda não conhecem esse diferencial técnico.

Até porque essa tecnologia, em comparação ao trator de esteira e transmissão mecânica, é mais popular em canteiros de obras e lavouras.

Em outras palavras, esse sistema de transmissão hidrostática distingue-se pela presença de duas bombas. Então, essas bombas vão alimentar, independentemente, seus dois motores hidráulicos que movimentam a esteira.

Com grande vantagem, o mecanismo marca uma certa ausência de desgaste e das partes móveis, sendo vital para reduzir custos de manutenção e também de operação.

Além do mais, sua forma de transmissão permite que ele faça curvas usando as duas esteiras tracionadas, assim como a realização de um giro completo em seu próprio eixo central.

No caos dos sistemas de transmissão mecânica e convencional, a característica está nos diversos mecanismos acoplados, como embreagem, dumper e conversor de torque. Estes são elementos que podem apresentar mais custo de manutenção e operacional pelo desgaste gerado pelos atritos constantes.

De qualquer forma, essa transmissão tradicional não permite a realização de curvas de forma eficiente. Até porque essas esteiras jamais terão máxima potência ao trabalhar nessas condições.

Segundo especialistas, essa nova tecnologia agrícola ajuda nas operações, pois o profissional ganha tanto em produtividade quanto em conforto.

Enfim, o sistema mecânico do trator de esteira é utilizado há muitos anos, mas seu desempenho ainda é razoável frente às novas tecnologias que andam ganhando os canteiros de obras.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo