Trinca-ferro boiadeiro tem um canto maravilhoso e original

Inicio » Meio Ambiente » Trinca-ferro boiadeiro tem um canto maravilhoso e original
12/10/2020 Por
Trinca-ferro boiadeiro tem um canto maravilhoso e original

O pássaro trinca-ferro boiadeiro, de cores exuberantes e canto magnífico que pode durar horas, encanta muitas pessoas e habita as regiões da Mata Atlântica e Pampa. O trinca-ferro boiadeiro é um pássaro muito visado para a criação e comércio devido à sua característica marcante que é o seu canto. O seu habitat se resume à Mata Atlântica, onde é encontrado em fazendas e em meio às criações de gado.

Em relação ao ciclo de vida, o trinca-ferro boiadeiro é um lindo pássaro que pode chegar facilmente aos 20 anos, podendo ter uma expectativa de vida até maior. Por ser um pássaro exótico, é muito interessante a sua criação em cativeiro para reprodução e comercialização. Nessa perspectiva, além de sua importância ecológica, há também valor econômico.

Trinca-ferro boiadeiro

O que é trinca-ferro boiadeiro?

Trinca-ferro boiadeiro é um pássaro cujo nome científico é Saltator similis, também podendo ser conhecido como chama chico ou titicão, ou até mesmo outros nomes de acordo com a região do Brasil.

O bico da espécie é preto e o seu dorso possui penas verdes, sendo predominante a cor cinza. Nesta espécie está presente o dimorfismo sexual, em que a fêmea de trinca-ferro boiadeiro é ligeiramente menor que o macho.

Existem pelo menos outras sete espécies do gênero de pássaros Saltator. Costumam ser muito parecidos entre si, por isso podem ser confundidos. Mesmo o seu nome científico lhe foi dado devido ao fato de ele dançar em épocas de acasalamento, semelhante a outra espécie de pássaro, conhecido como Tangará, também natural da região.

O nome trinca-ferro faz referência principalmente à força do bico do pássaro, o qual bica o ferro, fazendo barulho, mas sem danificar o seu bico.

Por existir certa variação das espécies do gênero deste pássaro, os seus cantos podem assumir formas distintas de acordo com a região em que se encontram. Sendo assim, existe o conhecido trinca-ferro boiadeiro da serra, e também o trinca-ferro boiadeiro mineiro.

Este pássaro com um canto magnífico é muito popular, não só na sua região nativa, mas também em outras regiões do mundo, como espécie para criação doméstica. Porém, a sua criação em cativeiro implica em disponibilizar ao pássaro um espaço amplo, alimento e também outros pássaros para a sua reprodução.

Alimentação do trinca-ferro

Em cativeiro pode se tornar muito difícil fornecer alimento para os filhotes, principalmente. O trinca ferro costuma ser um pássaro onívoro, alimentando-se de frutas, pequenos insetos, sementes, flores, frutos, mas para os filhotes a alimentação é basicamente composta por insetos e, por este motivo, se torna muito difícil em cativeiros fornecer a dieta necessária para os jovens pássaros.

Esse hábito alimentar, na natureza, propicia a disseminação de sementes de muitas espécies vegetais. Não obstante a isso, realiza a polinização, principalmente de árvores como o Ipê, e também faz o controle biológico da população insetívora de insetos e pragas que podem ser prejudiciais à saúde tanto de humanos quanto de plantações, como algumas lagartas.

Sendo assim, a presença do pássaro pode ser uma grande vantagem. Tanto para controlar pragas que atacam plantações, eliminar parasitas e fazer a própria polinização das plantas, o pássaro pode ajudar a manter a saúde da lavoura e também da criação de gado.

Nessa perspectiva, não se torna necessário o uso de insumos agrícolas, como inseticidas que são utilizados para eliminar predadores naturais de plantas, ou carrapaticidas para eliminar parasitas do gado. Por estes motivos se torna interessante ter o trinca-ferro por perto, em meio às plantações e criação de gado.

Trinca-ferro boiadeiro

Reprodução do trinca-ferro boiadeiro

Esta espécie, ao formar casais para a época de reprodução, acaba construindo ninhos. Os locais escolhidos normalmente são árvores com copas densas e que possibilitem refúgio acima do nível do chão, chegando aos 2 metros de altura.

Os pássaros unem folhas secas e gravetos e fazem um ninho com espaço suficiente para a postura de 3 ovos, em média. Esses ovos são de cores azul claro e manchas marrons, comuns de pássaros de espécies semelhantes.

Os casais então protegem o ninho. Esses pássaros territorialistas também permanecem fiéis uns aos outros, cumprindo a missão de cuidar dos filhotes. Esses, por sua vez, deverão eclodir de seus ovos depois de 15 dias.

Aos 35 dias, os pássaros filhotes já não dependem mais da mãe, podendo sair do ninho em busca de seu próprio alimento. Os pássaros jovens possuem plumagem mais clara e ainda vão trocar suas penas, assumindo as cores cinza e verde.

O processo de reprodução da espécie tem início no mês de agosto, e se estende até o final de janeiro.

Trinca-ferro boiadeiro

Reprodução e criação do trinca-ferro em cativeiro

Para que se crie um animal silvestre em cativeiro, é importante fornecer a ele tanto condições de temperatura quanto de espaço e alimentação comuns aos que ele possui na natureza. Isso inclui oferecer ao pássaro uma parceira ou parceiro, para que este não viva sozinho.

A alimentação de pássaros onívoros é muito fácil de fornecer. Pode ser uma dieta à base de frutas, sementes, e também de larvas e insetos. Na natureza, esses pássaros costumam  viver em ambientes abertos e não de mata densa, por isso podem se adaptar bem com pouca vegetação ao seu redor, mas sempre é bom oferecer contato com a natureza para o animal.

Eles costumam habitar clareiras e ao redor de matas. Entretanto, é bom que o casal esteja junto apenas na época de reprodução, devido ao territorialismo deste pequeno pássaro. Esse é um ponto positivo para a sua criação doméstica, e mais um atrativo para o mercado consumidor.

Por ser um animal de estimação que exige pequenos cuidados, este pássaro pode ser criado sozinho sem problema algum.

Além disso, o canto desse pássaro é um vocal muito lindo e que conquista diversas pessoas, as quais criam em casa para escuta-lo. Este belo pássaro pode passar horas cantando. Aqui também é possível notar a diferença entre o macho e a fêmea, tendo o macho o canto mais bonito, a fim de chamar a atenção das fêmeas para si.

Essa é uma estratégia comum durante o período de acasalamento, bem como outras estratégias além do canto utilizadas pelos diversos tipos de pássaros, não somente pelo trinca-ferro boiadeiro.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo