Tripanosomose é doença parasitária que afeta bovinos

Inicio » Veterinária » Tripanosomose é doença parasitária que afeta bovinos
16/11/2020 Por
Tripanosomose é doença parasitária que afeta bovinos

Tripanosomose é doença temida por criadores. A saúde dos bovinos é algo que influencia diretamente na qualidade do alimento produzido, seja o leite ou a própria carne. Como a saúde e qualidade de vida do animal é de suma importância, estar atento aos sintomas de tripanosomose faz toda a diferença.

Conhecida por ser uma das doenças mais temidas entre os criadores de bovinos, já que os ataca com maior frequência, a tripanosomose precisa ser tratada logo quando o animal apresenta qualquer um dos sintomas e comportamento estranho.

Tripanosomose

O que é tripanosomose?

Tripanosomose é uma doença causada pelo protozoário Trypanossoma. Conhecida também como tripanossomose, a tripanosomose bovina causa emagrecimento extremo no animal, já que rouba todos os seus nutrientes e se instala na corrente sanguínea.

Mesmo que ataque os bovinos com uma frequência muito maior, a doença também pode ser vista em equídeos e cães de diversas raças. Os animais afetados, principalmente os cães, dificilmente sobrevivem e precisam de tratamento imediato.

No entanto, a tripanosomose não apresenta um efeito tão grave e letal nos ovinos e caprinos. No Brasil, o nível mais grave da doença é transmitido pelo Trypanossoma vivax. Como é transmitida por diferentes protozoários, existe também o Trypanossoma evansi, muito comum no Pantanal e que espalha uma versão mais leve da doença.

Conhecida como Mal das Cadeiras, a doença transmitida pelo Trypanossoma evansi, é conhecida também como tripanossomose bovina e causa a quebra das ancas e pernas, já que causa fraqueza extrema nos animais.

Sintomas da tripanosomose

Mesmo que possa parecer estranho, muitos veterinários afirmam que é ótimo o fato de a tripanosomose apresentar sintomas. O motivo é que, como é uma doença muito grave, os sintomas ajudam a detectá-la desde muito cedo, o que colabora perfeitamente para garantir um tratamento com maiores chances de sucesso.

É preciso estar sempre atento, já que a doença pode variar os sintomas da fêmea para o macho. No macho, por exemplo, ocorre a perda da libido e retardo da puberdade, bem como baixa qualidade do sêmen.

Já nas fêmeas, ocorre uma alteração no ciclo do cio, baixa fertilidade, alto índice de mortalidade fetal, dificuldade no parto e abortos frequentes. Mesmo que isso possa variar de um animal para outro, demais sintomas indicam a doença. São eles:

  • Emagrecimento exagerado;
  • Febre;
  • Anemia intensa;
  • Fraqueza progressiva;
  • Lacrimejamento;
  • Conjuntivite;
  • Agitação sem motivo aparente.

A partir do momento que qualquer um desses sintomas se apresentar, é preciso chamar um veterinário o quanto antes, já que o animal pode facilmente ir a óbito.

Tripanosomose

Diagnóstico e tratamento de tripanosomose

Como é de se esperar, o diagnóstico somente pode ser feito pelo veterinário. Porém, o responsável pelos animais deve estar atento aos sintomas característicos da doença. Dessa forma, é possível agir o quanto antes e realizar o tratamento adequado.

Além disso, o diagnóstico ocorre a partir de um exame de sangue e o tratamento é feito, em geral, com a droga dimenazene, cuja dosagem gira em torno de 7,0 mg/kg. Outros remédios que o veterinário pode recomendar são o homidium e o isometamidium.

Em suma, o isometamidium é considerado o medicamento mais eficaz e ágil no combate à doença, porém, não possui comercialização no Brasil. Isso significa que é difícil de ser encontrado, e isso pode ser um fator agravante do problema.

Além de realizar um exame para obter o diagnóstico, o tratamento deve ser feito o mais rápido possível. Além disso, para adquirir a medicação, será necessário formalizar um pedido junto ao Departamento de Fiscalização de Insumos Pecuários.

Contensão das moscas

Uma das formas de controlar a tripanosomose é justamente realizar um controle biológico de moscas. Isso ajudaria a reduzir os surtos da doença. Armadilhas com inseticidas também podem agir de forma eficaz na hora de controlar surtos de tripanossomíase.

Tripanossomíase é qualquer doença causada pelo protozoário Tyrypanosoma. Além disso, como é possível perceber, há uma série de outros protozoários do gênero Trypanosoma que causam doenças, muitas conhecidas por atacar humanos e animais.

Uma das doenças mais problemáticas transmitida por um dos perigosos protozoários Trypanosoma, é a doença de chagas.

Tripanosomose

Doença de chagas

A doença de chagas é infecciosa e causada pelo protozoário Trypanossoma cruzi, transmitida através de fezes contaminadas. O responsável por transmitir a doença é o conhecido barbeiro, que se alimenta do sangue de animais contaminados e adquire o protozoário, fazendo com que a doença se espalhe.

No entanto, pessoas e animais que vivem em áreas com muita quantidade de barbeiros são as mais suscetíveis à doença. Para entender melhor o que é doença de chagas, é preciso entender que nem todo barbeiro está contaminado por ela.

Logo, é isso que a torna tão perigosa, já que é impossível saber qual animal está contaminado ou não. Quando presente no corpo de um animal ou pessoa, os sintomas da doença de chagas são:

  • Inchaço ocular;
  • Ausência de apetite;
  • Dor nos gânglios;
  • Inchaço do fígado e baço;
  • Inchaço no coração e cérebro.

Além disso, a doença de chagas pode apresentar determinados sintomas, como os inchaços, somente décadas após o indivíduo ser infectado. Por conta disso, é preciso estar com os exames sempre em dia e evitar ao máximo os insetos.

O exame para doença de chagas é feito através de exame de sangue para a detecção dos parasitas. Além disso, o diagnóstico da doença de chagas é algo crucial para o tratamento.

O tratamento para doença de chagas precisa ser feito logo nos primeiros sintomas. Somente dessa forma, é possível eliminar os parasitas e ficar curado. Caso contrário, a doença pode se tornar crônica e o tratamento será apenas para aliviar os sintomas e estabilizar a doença.

Cuidados gerais

Como é possível perceber, tais doenças podem afetar seriamente a produtividade do criador e também a saúde e qualidade de vida do animal, causando sérios riscos de contaminar seres humanos.

Em suma, é preciso manter o ambiente muito bem higienizado e sempre prezar por métodos para a diminuição de moscas. Para garantir que o animal esteja livre da tripanosomose, além da higiene, é preciso manter os exames veterinários sempre em dia para saber como tratar doença de chagas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo