Micuim é filhote de carrapato capaz de transmitir doenças graves

Home » Veterinária » Micuim é filhote de carrapato capaz de transmitir doenças graves
27/09/2019 by
Micuim é filhote de carrapato capaz de transmitir doenças graves

Micuim é bastante incômodo e provoca coceiras, além de transmitir doenças

O micuim é o nome dado ao filhote do carrapato estrela que se hospeda, principalmente em cavalos e bovinos, mas também podem atacar animais domésticos e silvestres. Este ser minúsculo, pertencente à família dos trombidídeos, possui coloração amarelo e avermelhada e se manifesta no período da seca.

Este pequeno carrapato, aparentemente inofensivo, pode atacar os homens. O micuim, é portanto, capaz de transmitir bactéria que provoca doenças como a febre maculosa. No entanto, ao perceber sua presença, alguns cuidados precisam ser tomados a fim de evitar problemas maiores.

micuim e febre maculosa

O que é micuim?

Micuim é o filhote de carrapato estrela, conhecido por ser o agente transmissor da febre maculosa e que pode ter diferentes animais como hospedeiros; incluindo equinos, bovinos, animais domésticos e até humanos.

O que é febre maculosa?

A febre maculosa é uma doença transmitida pelo micuim ou carrapato estrela pertencente a espécie Amblyomma cajennense. Contudo, apenas os micuins infectados pela bactéria denominada Rickettsia rickettsii são capazes de transmitir a enfermidade.

O micuim, ao picar animais infectados, acaba sendo contaminado com a doença. O filhote de carrapato estrela que provoca a febre maculosa é encontrado em capivaras, bois e cavalos (podendo também ser conhecido como carrapato do cavalo).

Para que a pessoa seja contaminada com a doença, é necessário que o micuim infectado fique “preso” por pelo menos quatro horas no corpo. A febre maculosa provoca diversos sintomas, dentre eles, febre alta, calafrios, dor de cabeça intensa, náuseas, vômitos, diarreia.

Tratamento da doença provocada pela picada de micuim infectado

A fim de obter o diagnóstico da doença, procure um profissional de saúde que indicará o tratamento adequado. Geralmente, para tratar a febre maculosa, o médico receita antibióticos que devem ser ministrados entre 2 e 3 dias após o contágio. Isso para evitar que as lesões sejam irreversíveis ou mesmo o óbito da pessoa contaminada.

Para prevenir o ataque dos micuins, recomenda-se evitar áreas contaminadas. Mas existem casos em que é preciso  entrar naquele local. Um bom exemplo são nas fazendas onde é preciso tratar os animais. Portanto, alguns cuidados devem ser tomados ao adentrar esses locais.

Quais são os passos para evitar a manifestação da febre maculosa?

Usar roupas claras, catar carrapatos e não esmagá-los entre as unhas são alguns dos cuidados que evitam a febre maculosa. Abordaremos sobre estes e outros passos a seguir.

micuim

  1. Ao usar roupas claras, fica mais fácil ver o micuim. Além delas, use também botas, calças e camisas de manga comprida, quando for em locais infectados. Outra dica é colocar a calça dentro da bota.
  2. Leve consigo um esparadrapo (ou uma fita crepe) para que não precise catar o carrapato com a mão. Além disso, caminhe apenas nos locais abertos, onde não existem esconderijos fáceis para os micuins;
  3. Assim que voltar da área infectada, cate os carrapatinhos e coloque-os em água fervente, isso irá matá-lo e evitar sua proliferação. Ao catá-lo, jamais esmague entre as unhas pois pode acabar liberando a bactéria;
  4. Se encontrar um micuim preso ao seu corpo, fique atento ao seu corpo e caso perceba sintomas diferentes, procure ajuda médica;
  5. Por fim, para evitar a manifestação do micuim e de outros carrapatos, use carrapaticida adequado para que seus animais fiquem livres deles. E claro, limpe cuidadosamente a área onde eles ficam.

O micuim, apesar de ser um filhote de carrapato, é capaz de provocar sérios danos a animais e humanos. Para tanto, é preciso estar atento a sua presença e ter o máximo de atenção e cuidado ao lidar com o parasita.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo