Trufa negra é uma das iguarias mais caras de todo o mundo

Home » Agronegócio » Trufa negra é uma das iguarias mais caras de todo o mundo
24/06/2020 by
Trufa negra é uma das iguarias mais caras de todo o mundo

Uma das iguarias mais valorizadas pela economia, trufa negra traz um sabor incomparável a diversas receitas

De origem italiana, mais precisamente na região da Toscana e de alguns locais do interior da Croácia, a trufa negra começou a se destacar como uma das iguarias mais valiosas do planeta. Hoje, ela é considerada tão valiosa quanto o foie gras, a pistola de açafrão e a baunilha.

Este efeito aconteceu, principalmente, pela disponibilidade do elemento. A trufa negra é um fungo espontâneo, que cresce próximo às raízes de um grupo seleto de plantas. A dificuldade para encontrar este tipo de elemento é tanta que muitas pessoas recorrem até a cães farejadores.

Trufa negra

O que é trufa negra?

Trufa negra é um tipo de cogumelo comestível, que só é encontrado em corpos frutíferos que ficam embaixo da terra. Além da negra, há uma série de outros elementos variados em cores e tamanhos, podendo também ser encontrados marrons, amarelos e brancos. Há espécies que apresentam verrugas, mas estes elementos também podem ser lisos na parte externa.

Área Cogumelos Comestíveis 01

É importante destacar que, quando estão maduras, estas trufas são capazes de produzir elementos aromáticos de alta qualidade, atraindo os animais que estão dentro e fora da água. É dessa forma que os cães conseguem localizar este elemento com maior facilidade.

Há uma troca constante de nutrientes entre estes fungos e as raízes das árvores em que eles são encontrados. Esta relação é comumente chamada de relação simbiótica, pois os dois elementos conseguem benefícios ao interagirem.

Identificando uma trufa negra

Por se tratar de um fungo altamente diferenciado, a trufa negra possui uma aparência única. O corpo frutífero é um pouco mais arredondado, podendo ser cercado por lóbulos ou sulcos mais rasos. Os elementos ao redor podem obter uma cor mais castanha escura ou amarelada, dependendo da espécie.

O interior da trufa é mais parecido com o mármore, predominando a cor negra. A sua solidez também chama a atenção, principalmente pela fácil identificação de pequenas veias brancas na parte interior. Quando este item chega ao amadurecimento, elas soltam um cheiro ainda mais agradável.

Trufa negra

Cultivo, seleção e armazenamento

Normalmente, é possível conferir o nascimento da trufa negra próxima a árvores como avelã, carvalho, choupo, noz-peça, olmo e faias.

Para verificar se o fungo encontrado é mesmo uma trufa, é preciso verificar se há algum composto orgânico sendo emitido por aquele elemento, saindo como um odor. Este perfume é reconhecido rapidamente pelos animais.

A colheita deste elemento costuma ocorrer entre os períodos de inverno e outono, sempre com o auxílio de cães farejadores. As trufas mais frescas são vendidas com extrema rapidez na mesma região em que são encontradas, pois é possível conseguir altos lances por estes fungos.

Mas as que são consideradas mais valiosas reúnem características mais carnudas, sendo de textura mais firme e evitando qualquer tipo de deformidade.

É possível encontrar em supermercados, por exemplo, alguns modelos desidratados e embalados. Óleos, açúcares e sais trufados, assim como o mel, também são altamente procurados nos estabelecimentos.

Área Cogumelos Comestíveis 01

Mas também é possível encontrar este elemento em latas de conserva, assim como são vendidos outros tipos de iguarias. Este recipiente geralmente conta com a companhia de água e também está disponível em alguns supermercados.

A dica é consumir este elemento na maior velocidade possível, pois a sua vida útil é extremamente curta. Você pode perder a oportunidade de usar esta iguaria em questão de dias, mesmo se for conservada nas melhores condições de temperatura.

É possível que, dentro de uma geladeira, a trufa negra possa durar até uma semana.

Trufa negra na economia

Segundo o Guinness Book, livro que reúne os principais recordes batidos no planeta, já aconteceu de 1,5 quilo de trufa negra ser vendido a um valor de 125 mil euros para um milionário em Hong Kong. Esta transação traz uma ideia do quanto este item é valorizado pela economia mundial.

Falando sobre trufa negra no Brasil, são raros os lugares onde estes itens podem ser encontrados. Nas grandes cidades, por exemplo, é possível encontrar lugares em que o preço da trufa negra pode variar entre R$ 18 e R$ 20 mil reais por quilo.

Claro que a compra é realizada por grama, na grande maioria das vezes, mas fica o destaque para o quanto este item é tido como sofisticado.

A movimentação econômica é constante, pois muitas pessoas aceitam abrir mão de um alto valor para consumir apenas algumas gramas deste alimento. Também existem receitas que misturam a trufa negra com uma série de outros elementos, o que faz com que o preço caia consideravelmente para o consumo.

Trufa negra

Benefícios da trufa negra para a saúde

É verdade que o consumo da trufa negra é prejudicado por conta das pequenas quantidades. Mas isso não impede que o item possa ser importante para a manutenção da saúde.

Além disso, também traz um sabor inconfundível aos alimentos, podendo ser protagonista em uma série de receitas. São estas qualidades sensoriais que transformam a iguaria em um dos alimentos mais procurados no mundo.

Por conta dos compostos orgânicos voláteis, a trufa traz um aroma diferenciado para qualquer prato em que está acompanhando. Estes hidrocarbonetos são altamente aromáticos, estando entre eles os fenóis, os terpenos e os compostos de enxofre. Por isso, é preciso estar apto para um gosto que, ao mesmo tempo em que será diferenciado, poderá ser também mais forte do que o habitual.

Área Cogumelos Comestíveis 01

Também na composição da trufa negra, podemos identificar substâncias aromáticas orgânicas, como é caso do metibutanal acetadeído, diacetilo e metilpropanol. Estes elementos são responsáveis por tornar a trufa com aroma mais próximo da manteiga.

Segundo pesquisas, estes mesmos compostos são extremamente eficientes para transformar pratos comuns em poderosos afrodisíacos

O metano e o metilio, presentes na composição em menor escala, trazem também um gosto mais parecido ao do alho. Por isso, o fungo também pode servir como um forte tempero e se enquadrar em diversas receitas com trufa negra.

Entre os principais pontos fortes, também destacamos a presença de proteínas importantes para o corpo, além da capacidade de tornar a digestão ainda mais rápida e prática. Vitaminas e minerais são facilmente identificados na trufa negra, mas ainda em quantidades menores em relação aos compostos citados.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo