Tuia é um tipo de planta nativa da Ásia oriental e do Norte da América

Inicio » Agricultura » Tuia é um tipo de planta nativa da Ásia oriental e do Norte da América
10/08/2020 Por
Tuia é um tipo de planta nativa da Ásia oriental e do Norte da América

Apesar dos benefícios e princípios ativos, a tuia requer orientação médica antes de ser ingerida

Como tratamento mais popular, a tuia costuma ser usada para a redução e até possível eliminação de verrugas. Aliás, esse modo de tratamento pode ser feito com sua tintura aplicada diretamente na área afetada.

Entretanto, a tuia é uma planta tóxica e que apresenta contraindicações para lactantes e gestantes. Assim, é bom evitar seu consumo sem indicação medica e até mesmo doses por longos períodos. Então, aprenda mais sobre essa espécie e fique orientado sobre a necessidade de médicos antes de qualquer tratamento.

tuia

O que é tuia?

Tuia é um tipo de árvore rústica, denominada de forma popular como a “árvore da vida”. Afinal, além de ser uma ótima opção embelezar ambientes e jardins diversos, sua tintura oferece vários benefícios em relação às suas propriedades medicinais.

Aliás, esses tratamentos requerem uma série de cuidados. Até porque ela tem sérias contraindicações em relação às gestantes, pois em excesso, a tuia pode causar diarreia e problemas graves de vômito. Assim, procure apostar na planta apenas no seu jardim, já que um médico precisa ser consultado antes de você investir no seu uso.

De qualquer forma, para saber mais sobre o que é tuia, ela chega a ser uma árvore similar ao cedro, com uma beleza ornamental e natural. Por isso, ela é muito usada para enfeitar residências e demais ambientes em datas como o Natal.

Com origens na América do Norte, a tuia chegou ao Brasil para ser uma aposta ornamental. Contudo, acabou tendo ótima adaptação ao nosso solo e clima ameno das regiões Sul e Sudeste. Assim, descobriram que ela é mais que uma espécie de planta para fins de decoração.

Até porque a tuia demonstrou ótimas propriedades medicinais, benéficas para nosso organismo. Enfim, ela costuma ser comercializada em vários tipos, mas exige cuidados antes de ser usada.

Como exemplo mais comum, temos seu emprego no tratamento de verrugas, embora ainda tenha funções medicinas para tratar:

  • Problemas de asma;
  • Casos de hemorroidas;
  • Problemas de enfisema;
  • Transtornos menstruais.

A tuia azul

Também conhecida pelo nome de cipreste-azul, a tuia azul recebe esse nome por ser um tipo de conífera que costuma passar dos trinta metros de altura. Entretanto, alguns tipos de modelos adaptados para o comércio nem chegam aos três metros.

Pelo seu aspecto, ela apresenta uma folhagem verde-escura e acinzentada e uma bela ramagem. Em relação às folhas, quando jovens, são pequenas e parecem agulhas, embora as mais velhas sejam similares a escamas de peixes.

Pela sua beleza e imponência, a variedade costuma ter amplo uso paisagístico. Como exemplos, temos as de pequeno porte e até tipos com folhagens em tons variados, como dourado e azul. Contudo, no inverno, essa folhagem costuma ficar marrom.

A propósito, sua madeira apresenta ótima qualidade, além do aroma característico de limão. Por isso que ela é muito utilizada como árvore de Natal, marcando presença com um toque oriental e europeu em jardins.

Enfim, sobre seus cuidados, ela precisa ser cultivada em solo fértil, à base de muita matéria orgânica, ser irrigada regularmente e viver em local com muito sol. Aliás, vale lembrar que essa variedade ainda é perfeita para se cultivar como um bonsai.

tuia

A variedade de tuia holandesa

A tuia holandesa é uma espécie de conífera que lembra muito os pinheiros usados para a montagem de árvores natalinas. Contudo, apesar dessa semelhança, ela costuma ser uma bela alternativa para a decoração de jardins, varandas e alpendres.

Ainda mais porque ela tem a vantagem de poder ser cultivada inicialmente em vasos. Então, você pode transferi-la para onde quiser, como jardins e quintais. Desse modo, a tuia não vai perder seu aroma, nem sua tradicional aparência.

A tempo, você pode encontrar a variedade nos mais diversificados tamanhos, que podem ter de meio metro até algo próximo dos cinco metros. Todavia, essas são os modelos já cultivados e prontos para a venda.

Em suma, essa diferença entre tamanhos tem relação com o porte que pode você precisar, pois varia de ambientes internos para externos. Sem falar que, independentemente de onde você deixá-la, ela pode durar neste local praticamente para sempre.

Enfim, essa variedade tem mais procura para ambientes internos. Afinal, ao medir cerca de quase dois metros, essa tuia holandesa tem produção maior devido à demanda para as épocas natalinas.

A tuia strickta

Uma das melhores e mais populares para montar uma árvore de Natal, a tuia strickta ainda é uma aposta certa e elegante para decorações de interiores. Isto, principalmente, se você mora em locais de clima mais tropical.

Até porque essa variedade adora um solzinho direto. Contudo, se sua região apresenta verões bem quentes e intensos, tenha atenção. Isto porque ela precisa ser plantada apenas onde bate o sol matinal, ainda mais nos primeiros anos da planta. Esses cuidados vão garantir um melhor bem-estar da tuia.

Em contrapartida, já em relação ao solo, essa tuia não costuma ser exigente quando o assunto é fertilidade, adaptando-se tanto em solos calcários como os arenosos e bem secos. Sendo assim, seja moderado na hora da rega, pois água em excesso pode fazer mais mal do que bem.

Essa planta suporta secas melhor que boa parte das coníferas. Enfim, como cuidados gerais, faça podas para remover galhos secos e moldar sua forma desejada, bem como o uso de fertilizantes orgânicos.

tuia

A tuia jacaré

Mais um belo exemplo de conífera, a tuia jacaré também é ótima variedade de planta arbustiva para decoração e paisagismo. Sua aparência chama a atenção por ser lenhosa, sua folhagem azulada e de fina textura e disposição horizontal.

Aliás, seu tronco é brilhante e liso, com ramificações e até mesmo retorcido em alguns casos. Em relação à ramagem, ela é rasteira e espalha-se pelo solo, podendo simular uma linda cascata, dependendo do local.

As folhas são diminutas e escamosas, embora sejam densamente arranjadas e aromáticas. Enfim, podem ser muitas as variedades dessa tuia, mas se diferenciam tanto pelo porte quanto pela disposição. Sem contar que existem várias tonalidades de cores, inclusive as brancas e o elegante verde-limão.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo