Vegetais são essenciais para a saúde e para o agronegócio

Inicio » Agricultura » Vegetais são essenciais para a saúde e para o agronegócio
08/12/2020 Por
Vegetais são essenciais para a saúde e para o agronegócio

Responsáveis pela maior parte da alimentação em todo o planeta, os vegetais são fonte de muitos nutrientes e são amplamente explorados na alimentação. Assim sendo, as flores, frutos, caules, raízes e tubérculos são produzidos e consumidos em grande escala.

Os vegetais oferecem infinitas possibilidades de consumo e preparo, visto que suas diferentes formas e partes são empregados na alimentação humana e também animal. Além disso, são fontes de vitaminas, minerais, fibras, entre outros nutrientes.

Vegetais

O que são vegetais?

Vegetais são todos os alimentos que são originados através da terra, ou seja, são os grãos, verduras, legumes, frutas e todos os tipos de plantas que comemos. Desse modo, todo e qualquer alimento que não seja de origem animal é um vegetal.

Assim sendo, podemos concluir que os vegetais são predominantes se tratando da alimentação humana, visto que as carnes, leites e demais produtos de origem animal são geralmente consumidos em menor escala, com algumas exceções.

Seja através de grãos como o arroz e o feijão, através de saladas diversas ou das verduras e legumes, os vegetais são muito nutritivos, saudáveis e comuns na mesa dos brasileiros. Isso porque, além de serem relativamente mais baratos, também possuem melhor conservação e armazenamento.

Existem inúmeras opções e possibilidades de preparo, elaboração e consumo de vegetais. Desse modo, tornam-se criativas e amplas as formas de consumo, sendo possível consumir de maneira mais light ou até mesmo com receitas mais calóricas e diferenciadas.

Um bom exemplo dessa variedade são os vegetais desidratados, que podem oferecer uma textura e sabor diferenciados, além de serem conservados por um período maior. Por conta disso, podem ser explorados de diversas formas nas receitas mais criativas possíveis.

Tipos de vegetais

Existem diversos tipos de alimentos vegetais, sendo que alguns são mais comuns e outros nem tanto. Assim sendo, cada tipo possui suas propriedades e características próprias, inclusive, nutrientes capazes de auxiliar em determinadas dietas.

Os vegetais diferentes também contam com nutrientes diferenciados, cada qual com suas peculiaridades. Desse modo, vamos listar agora alguns tipos específicos com seu principal nutriente, a fim de esclarecer essa relação:

  • Cenoura, rica em vitamina A;
  • Agrião, rico em vitamina C;
  • Couve-flor, possui vitamina K e cálcio;
  • Tomate, rico em antioxidante licopeno, possui propriedades anticancerígenas.

A lista pode se estender infinitamente, podendo exemplificar a beterraba como rica em ferro e o rabanete como rico em potássio, por exemplo. Da mesma forma, cada tipo de vegetal conta com um nutriente em especial e a criatividade permite uma alimentação super saudável.

Os vegetais folhosos como a alface, repolho e o espinafre podem ser facilmente consumidos como saladas, além de possuírem propriedades benéficas à saúde. Desse modo, a alface possui um alto teor de fibras, contribuindo para o bom funcionamento do intestino e ajudando no emagrecimento.

Outros tipos que também podem contribuir para o emagrecimento são os chamados vegetais low carb. Assim sendo, esses vegetais podem ser empregados na substituição do arroz, visando diminuir o consumo de carboidratos e ajudar em dietas de emagrecimento.

Entre esse tipo podemos citar diversos legumes e verduras como a abobrinha, o brócolis, as couves, o pimentão, a berinjela e muitas folhas utilizadas como saladas. Dessa forma, as possibilidades para dietas de emagrecimento são muitas, bastando usar a criatividade ou seguir receitas.

Vale também lembrar que o acompanhamento de um nutricionista é o mais indicado na hora de procurar uma dieta para emagrecimento, visto que cada organismo é único. Os alimentos que podem trazer benefícios para um indivíduo podem não dar o mesmo resultado em outro.

Vegetais

Os vegetais mais nutritivos

Em contrapartida, também existem alguns com maior índice nutritivo, como é o caso dos vegetais proteicos. Esses são os que possuem um maior nível de proteínas e que certamente alimentam mais do que as saladas e folhas, dando mais saciedade e satisfação.

Podemos citar a soja, a quinoa, o seitan, os legumes e grãos em geral como vegetais ricos em proteína. Por conta disso, pode-se afirmar que as chamadas carnes vegetais possuem taxas similares de proteína às carnes animais e, ainda assim, são quase livres de colesterol.

Além disso, existem também os vegetais ricos em carboidratos, como o pinhão, a mandioca, a batata-doce, o inhame, entre outros. Esses vegetais são muito importantes e saudáveis para a alimentação e não devem ser excluídos a fim de evitar o ganho de peso.

Nutricionistas indicam que até mesmo pessoas obesas devem ingerir esses alimentos. Por conta disso, eles são considerados os alimentos ricos em carboidratos que qualquer pessoa deve comer, sendo altamente nutritivos e saudáveis.

Já os vegetais ricos em ferro possuem a mesma quantidade desse mineral que as carnes, ou seja, podem ser fontes substitutas de ferro. Assim sendo, podemos citar todos os vegetais verdes escuros, como o agrião, a couve, o espinafre, entre outros.

Esses tipos também possuem nutrientes específicos, além de serem uma comum fonte de ferro. Como exemplo, podemos citar o agrião, que possui uma grande quantidade de vitamina C, e a alface, que conta com um grande volume de fibras alimentares.

Vegetais

A saúde

Conforme pudemos observar, um dos fatores de maior destaque no consumo de vegetais são as propriedades benéficas à saúde. Seja nos vegetais verdes ricos em ferro ou até mesmo nas frutas coloridas ricas em vitaminas e antioxidantes, os benefícios são muitos.

O acompanhamento de um nutricionista pode dar o suporte necessário para extrair as melhores propriedades dos vegetais, além de oferecer a dieta ideal para cada caso. Dessa forma, evita-se qualquer problema de cunho nutricional, além de garantir a efetividade e sucesso da dieta.

Do mesmo modo, se deve sempre observar a forma como os vegetais são preparados. Isto porque, com o cozimento, algumas propriedades podem ser perdidas e outras podem ser potencializadas. É importante levar em consideração o que se quer e contar com o suporte profissional.

Assim sendo, é possível extrair o melhor desse tipo de alimento, garantindo total equilíbrio e diversos benefícios à saúde, sem causar desconforto ou até adversidades nutricionais. A alimentação com vegetais é muito importante e pode ser potencializada, ampliando a saúde e bem-estar.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo