Zootecnia promove avanços importantes no universo da pecuária

Inicio » Veterinária » Zootecnia promove avanços importantes no universo da pecuária
09/08/2019 Por
Zootecnia promove avanços importantes no universo da pecuária

Zootecnia é um ótimo curso para quem é apaixonado por animais

Trabalhar como veterinário não é a única forma de lidar diretamente com os animais. O profissional de zootecnia cuida de diversos aspectos que envolvem os seres vivos, como alimentação, peso e saúde.

As questões genéticas e comportamentais do animal, assim como a sua reprodução, também são assuntos estudados pela zootecnia, que também pode interferir no aumento de derivados.

Zootecnia

O que é zootecnia?

Zootecnia é a ciência que estuda a produção, a criação e o manejo de animais domésticos que são úteis economicamente. Dessa forma, é possível criar condições para que os animais tenham maior produtividade e bem-estar.

Outro fator trabalhado é a rentabilidade, para que todas as condições envolvidas possam ser sustentadas por um baixo custo. É possível conseguir uma maior produção de carne, ovos ou leite, mas sem abrir mão da saúde do animal.

Resumindo: é fundamental que a exploração dos recursos agropecuários seja sempre eficiente. As pesquisas envolvem vários fatores ao redor do animal, como a disposição genética e a criação de modo artificial.

O que faz a zootecnia?

O controle de doenças, a evolução das raças, a alimentação, a nutrição e o uso das tecnologias para suporte também são itens que influenciam no estudo da zootecnia. Tudo isso é o que gera excelentes estratégias com foco no melhor para os animais.

Há outros fatores que devem ser considerados para o especialista em zootecnia. Os aspectos administrativos, econômicos, planejamentos agropecuários, comercial e sustentabilidade também pesam no desempenho do trabalho.

O que faz o zootecnista?

A indústria animal necessita do trabalho do zootecnista em diversas atividades. E o mais interessante: gera uma série de atividades diferentes, dependendo da finalidade do seu trabalho.

Existem profissionais da área que estão diretamente ligados a atividades rurais, acompanhando o dia a dia dos trabalhadores do campo. Entretanto, também há quem fique nos laboratórios, elaborando as melhores receitas e analisando medicamentos.

Por isso, os profissionais da zootecnia e voltados para esse tipo de atividade possuem uma liberdade extensa. Você pode optar por uma série de ramificações, escolhendo até temas específicos, como a prática dos esportes. O hipismo é uma das atividades que mais exigem o desempenho de um animal.

Também é fundamental para o zootecnista que ele entenda bastante sobre o mercado de agropecuária. Ele precisará optar por determinados produtos, sempre considerando o custo e a qualidade do material.

E também é muito importante estar ligado nas novas tecnologias. Há uma série de equipamentos que podem analisar o comportamento animal e prever problemas sobre a produção ou o desempenho.

Zootecnia

Faculdade de zootecnia

São 5 anos de estudo para quem deseja se tornar um zootecnista. De maneira um pouquinho mais maçante, os primeiros semestres vão introduzir conceitos mais específicos do setor, que podem exigir uma adequação importante.

Mas não se preocupe com isso! As matérias específicas começarão a chegar por volta do terceiro semestre.

Porém, tem uma informação importantíssima que precisa ser registrada desde já: se você é ruim de exatas, saiba que o curso de zootecnia não vai te fazer fugir destas matérias. Matemática, física e química já aparecem nas primeiras aulas.

Temas estudados pela zootecnia

Grande parte dos assuntos vai deixar você apaixonado antes da realização do seu TCC. Estamos falando de ética e meio ambiente, bioestatística, sustentabilidade, biologia molecular, genética, biotecnologias, sistemas de produção e nutrição animal.

Outros temas também pedem passagem durante a faculdade, como bioquímica, produção animal e culturas zootécnicas. Biossegurança, produtos de origem animal e gestão em agronegócio também são muito estudados.

Rotina e especificações

O primeiro passo é escolher em qual área da zootecnia você quer trabalhar. Entretanto, lembre-se: de qualquer forma, sua rotina será extremamente multidisciplinar. Agregar o maior volume de conhecimento, então, fará com que os seus resultados sejam diferenciados.

E a demanda só cresce! Com o aumento das grandes cidades e a diminuição de áreas rurais, muitas pessoas não conseguem organizar o processo de produção, principalmente considerando o bem-estar dos animais.

De maneira extremamente inteligente, um profissional de zootecnia vai conseguir organizar o espaço para que o animal possa render de maneira satisfatória. O impacto no resultado será notório. Mas é importante conhecer todas as áreas de atuação, como descrevemos a seguir.

Bioclimatologia

Essa é a área responsável por notar as diferenças que o ambiente está causando ao animal. Dessa forma, é possível avaliar como as mudanças climáticas vão influenciar nas atividades dos animais de acordo com a época do ano.

Pesquisa

Os zootecnistas que atuam nessa área são os responsáveis por testar o que há de novo no mercado, independente da finalidade. Isso vale para remédios, alimentos, instalações e outros aparelhos tecnológicos. Muitas universidades possuem alas específicas para esta finalidade.

Zootecnia

Nutrição

Esse profissional está focado em desenvolver novos suplementos para os animais. As rações precisam deixa-los satisfeitos, além de auxiliar na produção que o animal desenvolve. Estar saudável é sempre fundamental.

Genética

Estes estudos influenciam diretamente na produção – mas não estamos falando de clonagens animais. A genética é importante para conhecer os aspectos genéticos que vão influenciar no desempenho de produção do animal.

Planejamento e administração

Esta é a parte mais comercial que envolve o profissional de zootecnia. É preciso avaliar todos os lucros e riscos, considerando os animais a serem vendidos e o volume do que eles produzem. Nada mais é do que um verdadeiro gerenciamento de fluxo.

Meio ambiente

A conservação do meio ambiente é um dos temas imprescindíveis neste curso. O profissional deve trabalhar de tal forma que nenhuma espécie saia prejudicada, mantendo o equilíbrio que temos na natureza.

Alimentos

A presença de um zootecnista na engenharia de alimentos é muito importante. Ele pode avaliar a possibilidade de melhorar ou assegurar a qualidade dos produtos gerados pelos animais, como leites, carnes, gorduras e outros itens.

Diferenças entre zootecnia e veterinária

Apesar de estar focado na saúde, o zootecnista não faz a mesma coisa que o veterinário. Enquanto o trabalho dele está direcionado à estrutura e bem-estar, como prevenção diante das doenças, o veterinário surge com outra função.

O trabalho do veterinário consiste em receitar medicamentos, fazer cirurgias e analisar as reais condições de saúde, oferecendo tratamento para que o animal melhore.

Quando o assunto é salário, o profissional de zootecnia ganha o equivalente a 3 mil reais, em média, podendo oscilar de 5 a 7 mil reais em cargos de intermediação.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo