Adjuvante: o que é e como atua na melhoria dos defensores agrícolas

Inicio » Agronegócio » Adjuvante: o que é e como atua na melhoria dos defensores agrícolas
16/06/2020 Por
Adjuvante: o que é e como atua na melhoria dos defensores agrícolas

Adjuvante pode desempenhar função diferente dependendo de sua classificação

O adjuvante é um elemento importantíssimo para a produção e colheita no campo, pois auxilia os defensores agrícolas a protegerem com maior eficácia as plantações. Apesar de ser o país que mais investe em defensores agrícolas no mundo, 10 bilhões de reais, o Brasil ocupa a sétima posição na escala global por área cultivada.

Relatório realizado pela BIS Research apontou que o mercado de adjuvante chegará a 3.594 bilhões de dólares até 2021. Esse aumento se explica pela demanda crescente por segurança de cultivos em razão dos prejuízos causados por ervas daninhas e pragas.

adjuvante

O que é adjuvante?

Adjuvante é um medicamento usado para ser ministrado com outro medicamento ou associado à fórmula deste. Essa junção tem como efeito reforçar a ação do princípio ativo mais forte, impactando nos efeitos a serem gerados no organismo consumidor.

Esse significado de adjuvante é o significado farmacológico, mas existe outro classificado como adjetivo. É a designação de uma pessoa ou personagem que exerce a função de auxiliar em um trabalho. Um exemplo de aplicação é funcionário adjuvante.

Por causa desse significado, é frequente a dúvida em relação a adjuvante e coadjuvante.

Mas não há com que se confundir, pois ambos exercem a mesma função, logo, têm o mesmo significado quando se trata de adjetivo.

Adjuvante agrícola

No caso do adjuvante agrícola, o termo se relaciona mais ao sentido farmacológico, pois exerce a mesma função de auxiliar um agente principal.

Adjuvantes são substâncias que são acrescidas nas fórmulas dos defensores agrícolas com o objetivo de melhorar a eficácia destes.

Um adjuvante pode melhorar a eficiência do produto, reduzindo a formação de espumas, ajustando o pH da calda. Essa ação colabora na aplicação do produto sobre as folhas, o que aumenta a absorção.

adjuvante

Tipos de adjuvantes

Os adjuvantes são classificados conforme a função que desempenham. São divididos basicamente em duas classes, que são os ativadores e os modificadores de calda.

Adjuvantes ativadores

Exercem o papel de aumentar a atividade dos produtos, reforçar a ação do principal componente. Por exemplo, se a principal ação do produto é limpeza, essa classe de adjuvante tornará o poder de limpeza ainda mais forte.

São considerados adjuvantes ativadores:

  • Óleos minerais;
  • Derivados de silicone;
  • Surfactantes;
  • Óleos vegetais;
  • Fertilizantes nitrogenados.

Modificadores de calda

Já a ação desse tipo de adjuvante não é a de propriamente reforçar um aspecto do produto, mas alterá-lo, ou seja, alterar as propriedades químicas ou físicas da calda.

O objetivo desse tipo de adjuvante é tornar a fórmula de determinado produto mais eficiente para a aplicação no campo.

Determinadas substâncias aplicadas no solo podem não gerar o impacto que se deseja ou até mesmo provocar algum dano. Mas com o uso de um adjuvante desse tipo, o produto pode sofrer modificações que o tornem mais eficiente e adequado à destinação que se almeja.

São considerados adjuvantes modificadores de calda:

  • Agentes adesivos;
  • Condicionadores de calda;
  • Agentes de compatibilidade;
  • Antiespumantes;
  • Absorventes de UV.
  • Reguladores de pH;
  • Umectantes;
  • Agentes espessantes;
  • Molhantes;
  • Corantes;
  • Controladores de deriva.

adjuvante

O que são defensivos agrícolas?

São produtos químicos, físicos ou biológicos utilizados na agricultura para o controle de pragas. Os defensivos também são chamados de agrotóxicos e motivo de muito debate entre órgãos de saúde sobre os possíveis impactos que esses produtos podem provocar na saúde humana uma vez consumidos.

Nem todo defensivo agrícola é considerado nocivo à saúde, mas outros sim, e alguns são motivos de discussões a respeito.

É um assunto que merece um debate honesto e sem precipitações, mas é inegável que o uso de defensores agrícolas colabora muito para garantir a produtividade no campo.

Estima-se que o Brasil use 500 mil toneladas de agrotóxicos, com adjuvante ou não, anualmente.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo