Amido de milho é indispensável na cozinha de muitos brasileiros

Inicio » Agronegócio » Amido de milho é indispensável na cozinha de muitos brasileiros
24/10/2019 Por
Amido de milho é indispensável na cozinha de muitos brasileiros

Amido de milho é livre de glúten e tem múltiplos usos

O amido de milho é um amido em pó feito de milho. De fato, o amido de milho é realmente feito do endosperma do milho, que compõe a maioria dos grãos que comemos quando consumimos pipoca ou espiga de milho.

O amido de milho é produzido através da moagem, lavando e secando o endosperma do milho, isto é, a parte entre a casca externa e a semente interna. Esse processo é realizado até atingir esse estado fino e pulverulento.

Amido de milho

O que é amido de milho?

Amido de milho é um pó branco, liso e sem glúten, com múltiplos usos. Em suma, o amido varia de um ingrediente comum de cozimento e panificação a uma alternativa para o talco. Este produto versátil é feito a partir do caroço do milho, especificamente a parte conhecida como endosperma.

De fato, o amido possui alguns atributos alimentares positivos. Entre eles, quantidades muito pequenas de gordura saturada, colesterol e sódio. Além disso, o amido possui o status sem glúten.

Desse modo, o amido é principalmente um carboidrato, com quantidades de gordura e proteína que podem ser consideradas insignificantes.

Receitas com amido de milho

Sem dúvida, o amido é usado em receitas sobretudo para dar grossura a ensopados, sopas, molhos e caldas. Contudo, para evitar o aspecto empelotado, ele deve ser combinado com um líquido frio antes de ser adicionado a uma mistura quente.

Afinal, como a composição do amido de milho é sobretudo amido e não contém gordura ou proteína, não é indicado que este seja cozido do mesmo modo que a farinha de milho.

Assim, receitas fritas ou à milanesa podem também contar com amido. Afinal, podem colaborar para que o acabamento do preparo seja crocante. Por fim, o amido é misturado com frequência ao açúcar de confeiteiro.

Este amido também pode ser encontrado em muitas receitas assadas. Além disso, pode frequentemente ser usado em conjunto com farinha, ou seja, adicionando uma pequena quantidade à farinha de trigo para substituir a farinha de bolo.

Aparece frequentemente em receitas de biscoitos, onde os confeiteiros procuram uma textura mais quebradiça e macia no produto final. Além disso, é comum vê-lo incluído nas massas, onde ajuda a contribuir para uma leve crosta após a fritura.

Devido às suas composições nutricionais distintas, a farinha do milho e o amido não devem ser utilizados em receitas da mesma maneira.

A farinha de milho, por sua vez, pode ser utilizada em bolos, biscoitos, panquecas, pães e demais doces. Além disso, pode servir de substituta para a farinha de trigo.

Amido de milho

Amido de milho engorda?

Sim, pode-se dizer que o amido de milho engorda se não for consumido com moderação. Afinal, seu corpo usa o amido, que é principalmente um carboidrato, na produção de glicose.

A glicose fornece energia para o funcionamento de todos os outros processos do corpo. Contudo, o amido não é um dos carboidratos mais saudáveis. Afinal de contas, ele é muito pobre em fibras alimentares.

No entanto, ainda pode fazer parte de uma dieta saudável, se usado de forma equilibrada, ou seja, escolha carboidratos complexos para compor a maioria de suas necessidades diárias de carboidratos. Estes levam mais tempo para serem decompostos em glicose e incluem vegetais e grãos integrais.

Benefícios do amido de milho

De fato, o amido é um produto pobre em minerais e vitaminas. Em suma, não há contribuição para os valores de nutrientes diários, afinal, as vitaminas em sua composição são insignificantes.

Por exemplo, este produto específico conta com uma quantia de minerais. Entretanto, esta quantia é tão ínfima que pouco acrescenta à necessidade diária. Dessa forma, então, podemos dizer que não existem benefícios do amido de milho.

Cuidados com o amido

O amido é usado em muitos produtos e alimentos processados. Assim, se você tem alergia ao milho, é importante verificar cuidadosamente os rótulos.

Amido do milho ou farinha do milho?

O amido, assim como a farinha do milho, é proveniente do milho. Contudo, diferem em perfil, sabor e uso de nutrientes.

No Brasil, a farinha do milho é fabricada a partir do pó moído dos grãos de milhos inteiros. Enquanto isso, o amido, apesar de também ser um pó refinado, é produzido somente através da parte do milho rica em amido.

De fato, devido aos seus processos diferentes e conteúdos nutricionais, estes ingredientes possuem usos culinários distintos.

Em suma, a principal característica do amido é sua ausência de sabor. Desse modo, ele é usado para adicionar textura (engrossando os preparos), e não sabor.

Amido de milho

Usos do amido do milho

O amido tem muitos usos culinários, mas costuma ser usado como espessante para molhos, sopas e caldas.

Possui aproximadamente o dobro do poder de espessamento da farinha. Além disso, embora não tenha sabor após o cozimento, precisa ser cozido por um curto período. Afinal, isso garante a remoção de qualquer sabor amiláceo do amido.

Ao contrário da farinha, o amido se acumula se adicionado diretamente a líquidos quentes. Por outro lado, se for adicionado a uma mistura fria, não precisará ser pré preparado, pois se dissolverá à medida que a mistura esquentar.

Se cozida por um longo período de tempo, uma mistura espessa com amido pode quebrar. Araruta e tapioca são bons substitutos para o amido quando se trata de poder de espessamento, portanto, lembre-se que há essas alternativas.

Importância amido do milho para o agronegócio brasileiro

Sem dúvida, um dos maiores sistemas agrícolas de produção tropical, a nível mundial, é o de milho e soja. Juntas, estas culturas coroam o agronegócio do Brasil. A soja, por sua vez, é cultivada nas estações de verão e primavera. Enquanto isso, o milho recebe seu cultivo no inverno e outono.

Assim, nesse cenário agrícola, entra a exportação do amido. De fato, o produto confirma seu potencial de comércio, possuindo um valor agregado no mercado internacional.

O amido de milho é usado no mundo inteiro. De fato, na indústria alimentícia, o ingrediente é mais usado na produção de massas pré-cozidas, cereais e também de alguns biscoitos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo