Bacupari ajuda a combater o câncer e traz várias propriedades medicinais

Inicio » Agricultura » Bacupari ajuda a combater o câncer e traz várias propriedades medicinais
10/09/2019 Por
Bacupari ajuda a combater o câncer e traz várias propriedades medicinais

Bacupari  possui propriedades cicatrizantes e anti cancerígenas

O bacupari é uma aposta nos últimos estudos de combate ao câncer. A fruta, oriunda da Amazônia, demonstra um potencial pelo menos três vezes maior quando comparado ao do mirtilo – fruta de origem americana, popular entre pesquisadores devido ao notório potencial antioxidante.​

A pesquisa de combate ao câncer está, de fato, traçando um caminho para a descoberta da potência medicinal das frutas nativas. ​Afinal, o bacupari possui diversas propriedades terapêuticas, bem como propriedades tônicas, reconstituintes, anti cancerígenas, anti-inflamatórias e cicatrizantes. E o melhor de tudo: o fruto é acessível e pode crescer no quintal da sua casa.

bacupari

O que é bacupari?

Bacupari é um fruto que pode ser encontrado por todo o Brasil, desde a região amazônica até o estado do Rio Grande do Sul. Atualmente, no entanto, encontrar uma árvore da fruta, sobretudo em áreas urbanas, é uma tarefa árdua. Pensando nisso, alguns grandes viveiros têm aceitado doações de mudas de bacupari para o cultivo do precioso fruto.

Em linhas gerais, o bacupari é pertencente à família das Gutíferas e é comumente confundido com seus primos bacuripari e bacuri. A origem do fruto é brasileira e ele pode ser encontrado por todo o país, sendo especialmente apreciado pelos povos ribeirinhos.

A palavra “bacuripari” é derivada do tupi, onde significa literalmente “fruta da cerca”. O nome se deve aos seus ramos ascendentes, que crescem em sentido horizontal. Além disso, o nome pode estar relacionado ao hábito dos índios de cercar as roças com cultivos de bacupari.

Frutas do cerrado

O cerrado é conhecido como a savana brasileira e abrange aproximadamente cinco distintos ecossistemas. De fato, o cerrado conta com uma rica biodiversidade, somando estimadamente quatro mil e quatrocentas espécies endêmicas de plantas e mil e quinhentas espécies de animais.

As frutas do cerrado são populares por sua diversidade e seu teor exótico, uma vez que não são comuns na mesa de todo brasileiro. Entre os frutos do cerrado, estão:

  • Bacupari do cerrado;
  • Pera do campo;
  • Mama cadela;
  • Cagaita;
  • Baru;
  • Pequi;
  • Mangaba;
  • Buriti;
  • Araticum.

Fruta bacupari

A fruta bacupari recebe muitos nomes no Brasil. Entre eles, estão:

  • Remelento;
  • Mangostão amarelo;
  • Limãozinho;
  • Bacopari miúdo;
  • Bacopari;
  • Escropari;
  • Bacuri miúdo;
  • Bacoparé;
  • Bacuri mirim.

bacupari

Características do bacupari

O arbusto da planta mede de dois a quatro metros de altura quando está exposto ao olho do sol. No entanto, quando é plantado no meio da mata, o arbusto pode se transformar em uma árvore de seis a vinte metros de altura.

A copa, quando sujeita ao efeito do sol, se torna globosa e densa. O tronco é reto e de um tom esbranquiçado de verde quando é novo. A cor marrom pardacenta é adquirida conforme o envelhecimento da árvore de bacupari.

Cultivo de bacupari do cerrado

​O bacupari do cerrado se adapta aos mais diversos tipos de clima e solo. Por essa razão, o fruto pode ser cultivado ao longo de todo o território brasileiro. A planta, contudo, tem preferência por temperaturas médias, que variem de doze a vinte e oito graus. As temperaturas médias garantem uma safra satisfatória de frutos.

Embora adaptativa, demonstra certa resistência quando exposta a uma queda brusca de temperatura (até -3 graus), como ocorre no estado do Rio Grande do Sul. Em contrapartida, parece indiferente às máximas experimentadas com o cultivo na Amazônia e Nordeste (até 43 graus).

Seu cultivo pode ser feito em terra vermelha ou roxa de grande fertilidade, tal como em solos argilosos de zonas inundáveis. Solos arenosos ou brancos com rápida drenagem também são apropriados. A princípio, é necessário que o solo apresente pH de 4,5 até 7,0, sendo 6,0 o pH ideal para um cultivo comercial e para uma produção de frutos adocicados.

A incidência de chuva deve ser bem distribuída, sem longos períodos sem pausa. Além disso, para um bom cultivo, é necessário uma estação seca de estimadamente noventa dias. O arbusto inicia a frutificação após quatro ou cinco anos do plantio.

Sementes do bacupari

As sementes do fruto, além de alongadas, são recalcitrantes. Isto é, seu poder de germinação é perdido rapidamente. Por esse motivo, é recomendado escolher as sementes mais graúdas e plantá-las assim que forem tiradas da polpa.

É indicado que o substrato da germinação conte com trezentas gramas de calcário para cem litros de terra de superfície. Além disso, é preciso adicionar cinquenta por cento de matéria orgânica devidamente curtida. A germinação das sementes ocorre entre vinte e cinco e sessenta dias, apresentando na germinação um índice de oitenta por cento.

Como plantar bacupari

Seja na sombra ou exposto ao sol, o espaçamento mínimo entre as plantas deve ser de cinco x cinco metros. A preparação das covas deve ser feitas com antecedência de três meses e contar com cinquenta centímetros nas três dimensões.

Além disso, é preciso adicionar quatro quilos de composto orgânico devidamente curtido, cinquenta gramas de farinha de osso e um quilo de cinzas da madeira nos trinta centímetros da terra da superfície. As cinzas possuem potássio e beneficiarão o crescimento do plantio.

bacupari

Como cultivar bacupari

O cultivo não exige frequência em irrigação, contudo, para conservar a umidade, é preciso atenção. Um dos requisitos indispensáveis é de que sua coroa disponha de aproximadamente dez centímetros de cobertura morta, tal como capim seco.

No inverno, deve ser realizada a poda para formação e limpeza. É recomendado eliminar os ramos que nascem no tronco e os galhos que crescem cruzados ou na direção do núcleo da copa.

A adubação do início do florescimento deve ser preparada utilizando quinze gramas de cinzas ou, alternativamente, cento e cinquenta gramas de cloreto de potássio. Isso fornece benefícios ao que se refere à circulação de seiva na planta, evitando as bolhas ou pipocas que brotam nas cascas dos frutos.

A adubação orgânica, por sua vez, é realizada no mês de novembro. São utilizados seis quilos de composto orgânico devidamente curtido. As valas devem contar com seis centímetros de largura, trinta centímetros de profundidade e um metro de comprimento.

Para que serve bacupari?

A árvore dá frutos durante os meses de dezembro até abril. A frutificação é refrescante, adstringente e adocicada, apropriada assim para ser consumida in natura. Não é necessário descascar, uma vez que sua casca é comestível.

Além disso, a árvore de bacupari é usada para decorações ornamentais devido ao belo aspecto de seus pomares. São belos enfeites naturais para fazendas e não podem ficar de fora de planejamentos de revegetação.

One Reply to “Bacupari ajuda a combater o câncer e traz várias propriedades medicinais”

  • Agnaldo cera disse:

    Gostei vida esplanação no que tange a condução da planta. plantei 2 mudas em casa e espero poder colher frutos…. agradeço a informação.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo