Bebida láctea é popular em todo o mundo e feita a partir do soro do leite

Inicio » Agronegócio » Bebida láctea é popular em todo o mundo e feita a partir do soro do leite
07/07/2020 Por
Bebida láctea é popular em todo o mundo e feita a partir do soro do leite

Bebida láctea é composta pelo soro do leite

De baixa caloria, a bebida láctea pode, por vezes, ser confundida com o iogurte. Porém, a bebida láctea é um pouco mais calórica, já que possui, pelo menos, 50% de ingredientes lácteos. Por isso, é muito comprada para ser consumida no lugar do leite.

Por ser mais barata na grande maioria das vezes, a bebida láctea é uma das opções mais viáveis para quem quer poupar dinheiro. Quando misturada ao café ou achocolatado, por exemplo, consumidores dizem não sentir grande diferença.

bebida láctea

O que é bebida láctea?

Bebida láctea é uma mistura de leite, desnatado ou semi, com o soro do leite. Assim, para entender o que é bebida láctea, saiba que ela também pode ser encontrada com polpa de frutas, por isso, é tão confundida com o iogurte. Outra confusão muito comum é com o próprio leite.

Além disso, para a bebida láctea ser, de fato, bebida láctea, é necessário que ela tenha 1g de proteína a cada 100g de seu conteúdo.

Mesmo que muitas pessoas prefiram o iogurte tradicional ou o leite, a bebida láctea colabora para o emagrecimento. Isso porque não contém gordura vegetal, afinal, ao preparar a bebida láctea fermentada, não é permitida a utilização de gordura desse tipo.

Consumo da bebida láctea e a utilidade do soro do leite

Seja no iogurte ou na bebida láctea, não há a quantidade suficiente de cálcio para uma pessoa adulta. O indicado para suprir essa necessidade seria de 400 ml de leite. Além disso, para conseguir atingir a quantidade indicada, seria necessária uma ingestão exagerada dos produtos, o que não é adequado.

De qualquer forma, o fato de as pessoas estarem consumindo, com maior frequência, esta bebida, fez com que produtores do agronegócio vissem uma forma de economizar. Afinal, o soro do leite que é utilizado para o preparo da bebida, antes, era jogado fora. Agora, é utilizado para compor a bebida láctea.

Dessa forma, em grande escala, houve um aumento em todos os lucros voltados para os laticínios, impedindo que uma quantidade gigante de soro fosse descartada na natureza.

Assim, além de encontrar uma utilização para o soro do leite, ainda é possível evitar uma grande contaminação do meio ambiente, já que rios e solos não tinham um bom relacionamento com o soro.

Inclusive, a produção de laticínios aumentou muito, em especial do queijo, já que os produtores pararam de se preocupar tanto com o destino que deveriam dar aos litros de soro do leite que não eram aproveitados. Assim, tornaram-se muito mais receptivos aos pedidos de produção.

Independente da bebida escolhida, seja a láctea, leite ou iogurte, é muito importante saber quais os benefícios daquilo que se está consumindo e a forma como impacta o meio ambiente e demais produtores e profissionais do segmento.

bebida láctea

Como fazer bebida láctea?

Existe uma forma prática de como fazer bebida láctea de modo caseiro. Para isso, basta seguir a receita:

  • 50 litros de leite;
  • 50 litros de soro de leite;
  • 10 quilos de açúcar tradicional;
  • 200 gramas de aroma (preferencialmente Rica Nata);
  • 2 quilos de polpa de fruta;
  • Fermento YR02 ou YR03, quantidade suficiente para 100 litros;
  • Meio quilo de estabilizante CFG.

Para dar início ao preparo da bebida láctea, será necessário separar os 50 litros de soro de leite que sobrou da produção de queijo. Em seguida, ele deve ser coado e aquecido em uma temperatura de, mais ou menos, 60 a 65 graus.

A intenção, ao aquecer o soro, é justamente desativar e quebrar a enzima presente no coalho. Após ter atingido a temperatura necessária, junte os litros de leite ao soro e dê continuidade no aquecimento.

Logo, adicione delicadamente – e aos poucos – o açúcar e o estabilizante. Não coloque toda a quantidade de uma vez só para não desandar o processo e nem correr o risco de empelotar dentro da mistura. Afinal, a fabricação da bebida láctea exige um pouco de atenção e calma no preparo.

Após misturar o açúcar e o estabilizante, mantenha o aquecimento do soro e do leite até atingir uma temperatura de aproximadamente 85 °C. Quando atingir essa temperatura, deixe a mistura repousando de 15 a 20 minutos.

Temperatura

É muito importante calcular o tempo necessário para atingir as temperaturas adequadas, seja de resfriamento ou aquecimento. Afinal, é importante sempre considerar a circulação de ar do ambiente, a força com que o fogão atua, dentre outros aspectos.

Depois que a mistura ficou em repouso durante o prazo necessário, resfrie-a para uma temperatura de 42 °C, adicione o fermento e misture tudo muito bem, até ficar com o aspecto de uma mistura totalmente homogênea. Para atingir esse ponto, será necessário misturar de 30 a 40 segundos sem parar.

É indicado não misturar de uma forma tão suave para não atrasar todo o processo de produção. Em seguida, é extremamente necessário deixar a mistura repousando até que atinja o tempo de fermentação.

Entretanto, o tempo de fermentação não tem uma minutagem exata. Isso porque depende exatamente de qual fermento foi escolhido para realizar o processo. Assim, alguns podem demorar bem mais que outros.

bebida láctea

Tempo de fermentação da bebida láctea

Caso não saiba exatamente o tempo de fermentação, deixe a mistura repousando até que atinja um nível de acidez de 60º Dornic. Outro método, mais fácil ainda, de saber se a mistura já fermentou, é verificar se a mesma está firme e consistente.

Em seguida, leve-a para o refrigerador ou geladeira. Após todo esse processo, incluindo o momento de colocá-la na geladeira, quebre a coalhada e, quando estiver totalmente resfriado, adicione o aroma e a polpa.

Assim, essa bebida está pronta para consumo ou para ser embalada, caso a intenção seja comercializá-la, por exemplo.

De qualquer forma, é um processo que demanda um pouco de tempo e não há garantias de que possa ser feito de outra forma. Logo, é melhor seguir o passo a passo e, de quebra, ainda utilizar o soro do leite que, se não fosse a bebida láctea, seria descartado sem dó na natureza.

Uma ótima dica, é misturar o estabilizante em uma certa quantidade de açúcar, mas não em excesso. Isso facilita muito a dissolução. Dessa forma, é possível incrementar truques e dicas à produção da bebida láctea e tornar o processo mais rápido e prático.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo