Benefícios do inhame para a saúde são variados e importantes

Inicio » Agronegócio » Benefícios do inhame para a saúde são variados e importantes
22/04/2020 Por
Benefícios do inhame para a saúde são variados e importantes

Por conta da presença em diversas regiões do Brasil, os benefícios do inhame são popularmente conhecidos

O inhame tem origem na Ásia e na África, mas não demorou a ser conhecido em vários países. E o Brasil é um dos locais em que este tubérculo mais faz sucesso entre os habitantes. Os benefícios do inhame são difundidos em diversos pratos da culinária, sejam eles doces ou salgados.

Há uma grande variedade de espécies de inhame. Você pode encontrar este item com casca e polpa nas cores amarela, branca, marrom ou roxa. E por este detalhe, muitas pessoas confundem com outros itens, como a batata doce e a mandioca. Conheça todos os benefícios do inhame e insira este alimento em sua rotina!

O que é inhame?

Inhame é um tubérculo presente principalmente nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil, gerado pelos rizomas das plantas do gênero Dioscorea. É desta planta que surgem estes elementos vitais para a alimentação animal. Em algumas cidades, o item também é conhecido como cará.

Benefícios do inhame

Os inhames também se destacam por trazerem um tamanho variado e irregular. As polpas também podem ser um pouco mais esbranquiçadas, com um aspecto mais fibroso e excelente para a alimentação. Mas também há a possibilidade de trazer uma casca de textura mais rugosa, apresentando coloração mais próxima ao castanho.

Existem mais de 600 espécies deste tubérculo, mas são poucas as que são comestíveis. A grande maioria delas é destinada aos recursos medicinais, o que se destaca entre os benefícios do inhame.

As propriedades do inhame que podem melhorar a saúde de um ser humano aparecem por conta da presença da diosgenina, um fitoesterol presente na composição de remédios.

Cultivo do inhame

Para que todos os benefícios do inhame sejam mantidos, é importante cultivar o item sempre em regiões tropicais, com precipitação que gire em torno de 1000 a 1600 mm anuais. Mas apesar de poder ser utilizado qualquer tipo de solo, você deve optar por uma textura um pouco mais arenosa, bem drenado e profundo. O pH deve estar entre 5,5 e 6.

Mas se o cultivo do inhame estiver sendo realizado em condições de sequeiro, a plantação deve ocorrer assim que a época de chuvas começar. O regime de irrigação também vai auxiliar no desenvolvimento do tubérculo. A colheita pode coincidir com o período de entressafra, o que vai ser benéfico para a rotatividade da plantação.

É importante tutorar individualmente as plantas com varas de 1,20 a 1,50 de altura. Elas são colocadas no momento do plantio, para que a emissão dos brotos aconteça de forma mais tranquila.

A aplicação dos arames lisos entre uma estaca e outra também ajuda na orientação do espaço. Mas vale destacar que é importante proteger a plantação contra eventuais pestes e pragas.

 

Inhame na economia brasileira

Todas as condições beneficiam a presença do inhame no país. Por ser um tubérculo de cultivo extremamente prático e barato, existem muitos pequenos produtores dispostos a fazer com que o item seja colhido de forma constante. Mantendo uma plantação por um bom tempo, é possível ver a multiplicação dos lucros.

Em algumas regiões do país, a produção consegue crescer mesmo em escalas menores de agricultores. Na cidade de Santa Leopoldina, no Espírito Santo, já chegaram a ser produzidas mais de 5 mil toneladas de inhame por ano. Mas este conteúdo chamou a atenção por conta das exportações para Canadá, Estados Unidos e Europa.

Mas a necessidade do calor para o crescimento do tubérculo é o principal fator para que o item possa crescer em qualquer plantação do Brasil.

Uma série de benefícios do inhame pode ser notada na composição, como as vitaminas, os sais minerais e os carboidratos. Eles são de grande importância para que o item seja extremamente forte na economia brasileira.

Para que serve o inhame?

A pergunta que não quer calar é: afinal, para que serve o inhame?

Há uma série de benefícios do inhame relacionados ao consumo direto, principalmente quando se fala em prevenção de doenças e ganhos na saúde da mulher. Mas há uma corrente médica que não acredita que o inhame possa ser capaz de atribuir tantos pontos positivos.

Benefícios do inhame

Porém, analisando a composição do item, é possível comprovar que os nutrientes estão ali em grande concentração.

O inhame é um dos muitos alimentos que ajudam no controle do colesterol. É preciso consumir este alimento com frequência caso você esteja apresentando altos índices de gordura em seu organismo. Você também deve procurar um médico além de acrescentar este tubérculo em sua dieta, sempre equilibrando o colesterol.

Por se tratar de um alimento rico em ferro, o inhame também é importante na prevenção contra a anemia. O alimento também apresenta grandes quantidades de vitamina C, que fazem o ferro ser absorvido com ainda mais facilidade.

Dessa forma, os glóbulos vermelhos ficam fortalecidos e o transporte de oxigênio fica ainda mais constante no sangue.

Além de auxiliar na prevenção contra a queda de cabelo e o fortalecimento dos ossos, o inhame também tem participação fundamental na manutenção do intestino. Regular o funcionamento do órgão é fundamental para uma vida saudável, evitando constipações e outros problemas intestinais. As fibras do alimento são fundamentais para que este processo aconteça com naturalidade.

Mas também há quem diga que o inhame pode dar uma forcinha quando o assunto é a fertilidade feminina. O tubérculo pode funcionar como um estímulo natural para a frequência da ovulação, trazendo mais chances para a mulher de engravidar. A introdução do chá pode ser benéfica para pessoas que estão buscando uma gravidez.

Como preparar inhame?

Há duas receitas com inhame que são extremamente famosas para quem introduziu os benefícios do tubérculo na alimentação. Mas vale destacar que existem outras formas de como fazer inhame. O importante é manter a frequência e buscar mais nutrientes para a sua rotina.

Benefícios do inhame

O purê de inhame consiste em descascar o item, lavar e cortar em quatro partes. Depois é só cozinhar com água e sal, escorrendo quando estiver macio. Aqueça azeite e doure a cebola e o alho em uma frigideira. Na sequência, adicione alho poró e depois amasse o inhame para acrescentar a este refogado. Além de saudável, a receita traz um purê extremamente saboroso.

Mas a sopa de inhame também caiu no gosto dos brasileiros. Basta descascar junto às batatas, picar e cozinhar com água e sal. Depois, adicione alho, salsa e alho poró. Deixe tudo cozinhando por 15 minutos e, para finalizar, adicione caldo de carne e sirva quente. No momento do preparo, você pode adicionar os itens que mais gostar na sopa.

Gostou das dicas? É hora de acompanhar os benefícios do inhame de perto adicionando este tubérculo poderoso à sua alimentação.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo