Pássaro exótico, bico de lacre é originário da África

Inicio » Meio Ambiente » Pássaro exótico, bico de lacre é originário da África
29/04/2020 Por
Pássaro exótico, bico de lacre é originário da África

A pequena ave conhecida como bico de lacre, foi introduzida no Brasil no século XIX. Com a diversidade de aves encontradas no Brasil, encontramos também essa ave exótica. Originário da África, o pássaro chegou ao Brasil, provavelmente, por navios negreiros no século 19, ainda no reinado de Dom Pedro I, como ave de estimação.

Hoje, é possível encontrar o bico de lacre em quase todos os estados do país. Por ter uma capacidade de voo reduzida, é provável que tenha sido levado pelo homem de um estado para outro.

Pássaro bico de lacre pousa sobre um arbusto

O que é bico de lacre?

De nome científico Estrilda astrild, o bico de lacre é uma ave da classe passeriforme. Essa classe de aves é uma das maiores que existe, reunindo cerca de 6 mil espécies. Ou seja, isso é praticamente mais que a metade de aves existentes em todo o mundo já catalogadas.

Características da ave bico de lacre

A ave bico de lacre também é conhecido por outros nomes, como biquinho, beijo-de-moça, bico-de-lacre-comum, bico-de-lata, bombeirinho, beijinho-de-moça, bico-de-fogo e bico-de-lápis.

Essa pequena ave mede pouco mais de 10 centímetros e pode pesar até 10 gramas. Tanto o macho quanto a fêmea são fisicamente parecidos, de penas acinzentadas e levemente vermelhos na região do peito, sendo que o macho possui coloração mais viva nessa área.

Ademais, possuem uma espécie de máscara vermelha ao redor dos olhos e os machos possuem coloração mais viva no peito. Seu bico também apresenta cor vermelha, o que o torno mais bonito e chama atenção. Porém quando pequenos ou ainda bem jovens, possuem o bico de cor preta e não possuem penas tão avermelhadas.

Ninho de bico de lacre

O ninho de bico de lacre é feito em arbustos fechados, em forma oval e feito com capim e penas de outras aves que encontram pelo chão. Podem fazer ninhos pequenos e, acima desse, construir um ninho maior e mais chamativo, provavelmente para despistar possíveis predadores e proteger os ovos.

Põe em média 3 ovos por postura, que é chocado por cerca de 10 a 15 dias. Os filhotes dessa ave possuem a plumagem incompleta e o bico avermelhado. Os pequenos só se alimentam sozinhos cerca de três semanas após saírem dos ovos.

Ave bico de lacre habita campos e áreas urbanas

Alimentação do bico de lacre

Sua alimentação é basicamente sementes, principalmente as oriundas de gramíneas africanas que aqui foram introduzidas para servir como pastagem para animais, como o capim – colonião e capim elefante.Porém, de vez em quando, mesmo que muito raramente, pode se alimentar de pequenos insetos, buscando fontes de proteína. Se estiverem próximos a uma plantação de arroz, provavelmente vão se alimentar dela também.

Além disso, o pássaro pode ser encontrado tanto nos campos quanto em áreas urbanas, geralmente em grupos de 5 ou 6 indivíduos e convive bem com aves maiores, como o bem-te-vi ou a rolinha-roxa.Muitas vezes, podem ser vistos em bandos de até 40 indivíduos para tomar banho em pequenas poças de água, já que gostam muito de água, vivendo geralmente perto de alguma fonte, natural ou artificial.

Contudo, por ter um comportamento calmo e sociável, convive bem e se adapta próximo de seres humanos. O pássaro bico de lacre é encontrado em quase todo o território nacional, porém, com menos frequência nos estados de Rondônia, Mato Grosso e Tocantins.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo