Cravo é uma planta que possui vários tipos e pode ser anual ou perene

Inicio » Agricultura » Cravo é uma planta que possui vários tipos e pode ser anual ou perene
28/10/2019 Por
Cravo é uma planta que possui vários tipos e pode ser anual ou perene

Há vários tipos de cravo no mercado e todos eles têm seu espaço

Considera-se o cravo uma flor que vem sendo cultivada já há séculos em jardins, tendo um grande simbolismo em culturas diversas. A planta de onde advém a flor é perene, herbácea, atingindo a altura de quase 80 cm.

O cravo é também muito cultivado em vasos, além das plantações que abastecem o mercado das flores de corte. Esse tipo é um dos mais populares em todo o mundo, mesmo exigindo climas amenos para florescer.

cravo

O que é cravo?

Cravo é a flor do craveiro, este que é uma planta do tipo herbácea, que chega a alcançar a altura de até quase 80 cm. São aproximadamente 300 espécies de cravo, bem como centenas e centenas de seus híbridos.

Ele tem sua origem no lado sul da Europa, sendo antigamente utilizado pelos gregos antigos como flor cerimonial.

As variantes diversas desta planta permitem-na ser perene ou anual. As anuais – que podem ser semeadas no verão e na primavera – são passíveis de florescer no verão. Já as perenes, que permanecem em adequadas condições de cultivo, florescem o ano todo.

O craveiro tem preferência pelos solos férteis, arenosos, bem como drenados. Assim, pode ser cultivado em pleno sol ou a meia-sombra. Esta planta exige rega regular e é sensível à escassez de arejamento.

Alguns cravos exalam um aroma extremamente delicado. Esse é o motivo pelo qual se utiliza as flores para fabricar perfumes. O cravo reproduz-se através das sementes, necessitando do solo quente, sem ter uma umidade excessiva.

O famoso cravo flor

O cravo é uma das flores que são mais conhecidas em todo o mundo. Inclusive, diversas pessoas chamam o cravo flor de “A Flor dos Deuses”.

Isso porque, dentro da mitologia grega, a flor é comparada com o Deus Zeus, comparando-se suas belezas. Já dentro da mitologia romana, chama-se o cravo como “flor de Júpiter”, pois este é o Deus relativo a Zeus.

O cravo flor possui variadas pétalas, assim como um caule reto e verde. Cada uma das espécies se mostra com um tamanho, mas podem alcançar os 80 cm, como dito anteriormente.

Muitas espécies da flor acabaram surgindo de manipulações genéticas. Dessa forma, adquiriram um forte perfume, do qual a grande maioria dos insetos costuma não suportar de forma nenhuma. Tanto por isso é que se usa como pesticida.

cravo

Tipos de cravo

Os tipos de cravo se diferem quanto à tonalidade que é encontrada. Para todas as cores de cravos são atribuídas simbologias diferenciadas, sem contar com a geral que é “boa sorte”.

O cravo branco

O cravo branco, tal como várias outras flores brancas, é maravilhoso, além de possuir o significado da cor: pureza, inocência, paz. Em alguns cravos brancos, é possível ver no fundo uma cor amarelada, dando um contraste delicado e bonito.

O cravo rosa

O cravo rosa tem o aspecto e a tonalidade extremamente espetaculares. Suas pétalas se mostram delicadas e texturizadas. Seu significado é de ótimas recordações e bastante carinho.

O cravo amarelo

O cravo amarelo é o que todas as pessoas desejam ganhar. Ele possui o significado de felicidade, alegria, gente que está mais próxima de ser completa, assim como o melhor: sorte financeira.

O cravo vermelho

O cravo vermelho tem o mesmo significado da cor: amor e paixão. É indicada para canteiro, bordadura, vaso, além de buquês para presentes. Em Portugal, esta flor simboliza a Revolução dos Cravos, ocorrida em 25 de Abril de 1974. Tal data celebra anualmente o conhecido Dia da Liberdade.

O cravo roxo

O cravo roxo quer dizer inconstância, solidão ou falta de capricho. São comumente usados em velórios e enterros, denotando a energia negativa que o cerca.

Como plantar cravo

Para ter como plantar cravo, primeiramente deve-se preparar o solo onde serão plantadas as mudas ou as sementes da flor. Os solos ideais para tal cultivo são aqueles bastante ricos em matérias orgânicas que podem ser realizadas após adubação.

Se a utilização for de fertilizante industrializado não se deve colocar as sementes na terra de imediato. Isso pode acabar matando e fazendo-o não florescer.

Após usar os fertilizantes, deve-se molhar as terras que estarão misturadas. Somente após 24 horas é que o cravo poderá ser cultivado. Além da fertilidade e preparação do solo, é preciso prestar atenção na acidez. O ideal é que o pH esteja em aproximadamente 6,5 e 7.

A melhor estação que se tem para plantar, onde ele possa florescer por todas as estações durante o ano, depende muito da região.

Se for uma região com o clima temperado, os cravos vão dar flores logo ao fim da primavera, bem como no outono e no verão. Em regiões onde o clima tem baixas temperaturas, o cravo simplesmente não floresce.

cravo

A diferença do plantio das sementes e das mudas

Se o plantio for em um pequeno jardim, a partir de sementes, não sendo com mudas, é muito importante que a terra esteja aquecida. Além do mais, deve estar bem úmida para que os cravos consigam germinar.

Leva aproximadamente 7 dias até que isso ocorra. Após 4 a 12 meses, já poderão ser visualizados os resultados dos plantios.

No instante em que se vai colocar a semente no solo, é fundamental cavar espaços rasos. Ela não pode ficar abaixo de 0,5 cm da superfície. Caso o plantio seja de mudas, é preciso ficar atento quanto ao espaço entre elas. Não pode ser menos que 35 cm entre uma e outra.

Uma forma de plantar mudas de cravo é verificando como estão os ramos de suas raízes. Se elas apresentarem ramificações, podem ser separados e plantados como uma planta nova.

Como cuidar de cravos

A melhor forma de ter como cuidar de cravos é prestando atenção na iluminação dos locais de plantio. A qualidade das terras é muito importante, mas a região que for escolhida deve recebe a luz solar de forma constante. Esta é uma planta que adora luminosidade, com o solo bem mais aquecido que o comum.

Além do mais, a irrigação é extremamente fundamental. A rega deve ser constante, mas sem que o solo fique encharcado. O cravo é uma flor que gosta muito de água, mas o excesso torna a planta suscetível a fungos nas raízes, o que prejudica seu crescimento.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo