Doces de festa junina fazem a alegria de crianças e adultos

Inicio » Agronegócio » Doces de festa junina fazem a alegria de crianças e adultos
15/06/2020 Por
Doces de festa junina fazem a alegria de crianças e adultos

É difícil encontrar uma pessoa que não seja apaixonada por pelo menos um dentre os deliciosos doces de festa junina. Fogueiras, fantasias caipiras, dança e os doces de festa junina são indicativos da festa mais tradicional do inverno. Em todo o território brasileiro, a festa junina conta com um cardápio bem típico e diferenciado de comes e bebes.

Além disso, preparar os doces de festa junina não precisa ser algo complicado, apesar de parecer que são receitas que demandam uma grande quantidade de tempo. Na verdade, são alimentos típicos e que, como não divergem, acabam sendo feitos com grande facilidade.

Doces de festa junina

Quais são os doces de festa junina?

Doces de festa junina são pratos típicos servidos durante a comemoração que ocorre entre junho e julho. Os doces juninos, geralmente, são compostos com muita paçoca, amendoim doce, entre outros componentes que formam os doces típicos de festa junina.

Além disso, os doces de festa junina ajudam em grande escala a todos os profissionais do agronegócio. Afinal, para a produção do doce, são utilizados ingredientes como:

  • Milho;
  • Arroz;
  • Amendoim;
  • Leite.

Os pratos salgados também chamam atenção e auxiliam de grande forma todos os profissionais e empresários que atuam nesse setor. Até mesmo porque, o mês de junho é a época de grande colheita da maioria desses alimentos.

A grande e tradicional festa junina é marcada por grandes fogueiras, bandeirinhas coloridas, o famoso pudim de tapioca, dadinho de tapioca, tapioca de leite condensado e as famosas danças de quadrilha. Os balões também são componentes necessários para deixar o cenário bem característico.

Embora seja uma festa tradicional do Nordeste, um dos maiores símbolos da festa junina é o quentão de vinho. A bebida é muito consumida, já que em muitas regiões do Brasil, o mês de junho é um mês marcado pelo frio.

Veja outros produtos de consumo que são muito conhecidos:

  • Pé de moleque;
  • Cachorro quente;
  • Salsicha;
  • Salsicha com molho;
  • Caldinho de feijão;
  • Caldo verde.

Assim, também é possível deduzir o quanto a festa é importante para a economia do país, já que movimenta diversos setores do agronegócio, ao produzir doces como a maçã do amor, pé de moça que utiliza o amendoim como ingrediente principal, bolo Souza Leão que se utiliza da mandioca, bem como o caldo de mandioca ou caldo de aipim.

Doces de festa junina

Milho nas festas juninas

Mesmo que muito produzido em outras épocas do ano, o milho tem sua maior produção e consumo justamente em épocas de festa junina. Isso porque a grande maioria dos pratos típicos servidos utilizam do milho como seu principal ingrediente.

Logo, um grande exemplo disso é a pamonha, bolo de milho, o curau de milho, pipoca e pipoca doce, canjica normal, canjica amarela, canjica branca, entre outros.

Assim, toda festa junina coincide com a maior e mais forte colheita de milho. Isso faz com que os produtores desse alimento consigam girar a economia de uma forma muito melhor, sendo o alimento adquirido até mesmo para a produção de suco de milho verde.

Além disso, não somente o milho atinge grande popularidade, mas também o arroz. O arroz pode ser servido como arroz Maria Isabel, arroz doce com canela e, em alguns estados, bolinho de arroz.

Brigadeiro de paçoca

O brigadeiro de paçoca é muito consumido até mesmo fora da época de festa junina e o seu preparo é muito fácil e pode ser feito de diversas formas. Geralmente, a mais popular leva os seguintes ingredientes:

  • 2 caixas de leite condensado;
  • 2 caixas de creme de leite;
  • 30 paçoquinhas.

Para o preparo, coloque as duas caixas de leite condensado e as duas caixas de creme de leite em uma panela e mexa até estar próximo do ponto de brigadeiro. Quando estiver quase chegando no famoso ponto cambalhota, quando solta completamente do fundo da panela, coloque cerca de 15 paçoquinhas e mexa até chegar no ponto desejado.

Leve até a geladeira e deixe gelando de três a quatro horas. Nesse meio tempo, triture as outras paçoquinhas até que virem um pó. Depois de ter atingido o tempo necessário, retire a massa de brigadeiro da geladeira e enrole os docinhos, passando no pó para que fiquem com o granulado.

Essa receita ainda pode ser feita adicionando uma barra de chocolate branco ou preto.

Bolo de paçoca

O bolo de paçoca é muito consumido em diversos estados onde ocorre a festa junina. Muitos deles, inclusive, têm o costume de servir o bolo de paçoca junto ao café preto ou com leite. Afinal, como a festa ocorre em uma estação de grande frio em algumas regiões, o café é um grande participante da festa, junto ao quentão.

Para fazer o bolo, serão necessários os seguintes ingredientes:

  • 3 ovos;
  • 1/2 xícara de óleo comum ou óleo de coco sem sabor;
  • 1 xícara de leite morno;
  • Meia xícara de açúcar branco ou mascavo;
  • 1 xícara de paçoquinha triturada;
  • 2 xícaras de farinha de trigo integral ou comum;
  • 1 colher de sopa de fermento para bolo.

Para o preparo, bata tudo no liquidificador e coloque a mistura em uma forma untada com margarina ou óleo; de preferência, enfarinhe-a também. Em forno médio preaquecido, asse o bolo por cerca de 40 a 50 minutos a depender do forno.

Em seguida, aguarde esfriar caso a intenção seja desenformar. Caso contrário, pode consumir quente.

Para dar mais beleza e sabor ao bolo, pode-se fazer a calda utilizando o brigadeiro de paçoca, chocolate ou outro sabor de sua preferência.

Doces de festa junina

Cocada com leite condensado

A cocada com leite condensado é outra guloseima que sempre marca presença nas festas juninas e, para fazê-la, basta separar:

  • 2 xícaras de coco ralado médio;
  • 1 xícara de leite condensado;
  • 2 xícaras de açúcar de sua preferência;
  • 1 colher de manteiga ou margarina, de preferência sem sal.

Para o preparo, é necessário uma pedra de mármore uma superfície lisa, livre de sujeira e demais imperfeições. Unte a superfície e reserve.

Em uma panela, coloque o coco, o leite condensado e o açúcar. Mexa continuamente, com uma colher de pau, até que vire uma mistura homogênea. Quando o doce chegar no ponto de soltar do fundo da panela, retire e do fogo e coloque a manteiga ou a margarina.

A partir desse momento, bata bem a mistura com a colher de pau para que o doce chegue no ponto de cocada. Despeje no mármore e deixe esfriar. Em seguida, basta cortar em quadrados e, dessa forma, se obtém um dos mais conhecidos doces de festa junina.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo