Enxofre auxilia no crescimento das plantas e elimina fungos

Inicio » Meio Ambiente » Enxofre auxilia no crescimento das plantas e elimina fungos
02/07/2019 Por
Enxofre auxilia no crescimento das plantas e elimina fungos

Enxofre pode ser encontrado na natureza e destaca diferentes funções e características

O enxofre é um tipo de elemento não-metálico que se situa na categoria 16, chamada de “família dos calcogênios”. O nome tem derivação latina de “sulphur” e, em razão desse fator, a simbologia é S. Ao longo da antiguidade, os homens das cavernas usavam o elemento para fazer as famosas pinturas rupestres.

Isso era muito comum na civilização egípcia que aderia ao enxofre para rituais religiosos. Eles aconteciam com os alquimistas que faziam uso da composição do mercúrio. Ainda, era um dos medicamentos primórdios. Contudo, havia a crença de que trata-se de uma composição química. Fato que veio a ser constatado por Antoine Lavoisier, em 1777.

Enxofre

Características do Enxofre

Este elemento está presente na tabela periódica. A classificação do enxofre caracteriza-se pelos ametais. Estes são os que apresentam propriedades em oposição às dos metais. Ele, no caso, não possui brilho, nem condução de eletricidade.

Também não conduzem calor e têm fragmentação. Tendem a ganhar elétrons e compor ânions. As principais características do enxofre são:

  • tem cor amarelada forte;
  • atua na produção de composição volátil extrema;
  • é inodoro e insípido;
  • é um tipo de metal de dureza baixo;
  • não é pesado;
  • não conduz bem eletricidade, porque é ametal;
  • tem cheio forte, semelhante a ovo estragado;
  • está disponível na natureza em três formatos físicos;
  • apresenta insolubilidade à água.

Ele está disponível na natureza de modo livre ou em composições, como sulfetos e sulfatos. É muito comum, portanto, encontrá-lo em áreas vulcânicas e, ainda, ter disponibilidade em vegetais como a mostarda e a cebola, em ovos e proteínas.

A aplicação deste elemento acontece de diversos modos. Dentre as principais, está a composição em gasolina, que atualmente conta com uma redução nos combustíveis. Isto porque o elemento químico atua na contribuição para que se produzam componentes tóxicos e chuvas ácidas.

Para que serve o enxofre?

Este elemento é memorável pelo cheiro forte provindo da presença em camadas profundas de toda a Terra. O mineral é fundamental para a alimentação. Isto porque, todo mundo sabe que o cálcio promove o fortalecimento dos ossos; o ferro é capaz de evitar anemias; porém, a ausência de enxofre no corpo, ainda que em teor raro, traz inúmeros problemas à saúde.

Os benefícios do enxofre, portanto, estão ligados, de forma direta, aos seguintes pontos da saúde:

  • secreção da bile de forma correta através do fígado;
  • auxilia na defesa do corpo
  • possui efeito anti-inflamatório;
  • antioxidante;
  • bom para o cabelo e para a pele;
  • tem indicação para quem sofre de diabetes, porque auxilia a produzir insulina;
  • deixam os cabelos mais fortes.

É importante ressaltar que os diabéticos são os mais beneficiados, pois o mineral é capaz de ajudar na formação do hormônio da insulina, fundamental para controlar a glicemia.

Enxofre em pó

O enxofre em pó tem as propriedades queratolítica, antiacnéica, antisseborreica e escabicida. É um tipo de pó microcristalino, amorfo e na cor amarela do tipo pálido. Trata acne vulgar, a pediculose, as dermatites seborreicas e a escabiose.

Enxofre orgânico

É um tipo de mineral essencial, que atua no organismo para que funcione bem, prolongando a vida. A ingestão do produto é capaz de melhorar a absorção e potencializar toda a nutrição e os elementos vitamínicos que consumimos.

A função do enxofre orgânico em relação à saúde é possibilitar que ele tenha ingestão de modo complementar. Trata-se de um grande avanço medicinal. Pelo menos metade de todo o enxofre está localizado nos tecidos musculares, ossos e pele.

A concentração baixa de enxofre no organismo, portanto, tem relação com queixas do tipo:

  • cansaço;
  • depressão;
  • estresse psicológico;
  • estresse físico;
  • grande quantidade de patologias degenerativas.

O que se sabe, hoje, é que há muito dificuldade em consumir a dosagem precisa de toda a nutrição por meio dos alimentos. Por isso, adere-se a utilização de suplementação.

Enxofre

Principais benefícios do enxofre

Em nosso organismo, os principais benefícios do enxofre contam com suas propriedades anti-inflamatórias. Confira as informações sobre o elemento químico que, portanto, não pode faltar no seu organismo para que ele tenha toda a sua funcionalidade correta.

  • mantém o caminho adequado para que o oxigênio entre na região cerebral;
  • é capaz de colaborar com a saúde do fígado para uma secreção da bile correta;
  • contribui com os elementos vitamínicos B para a garantia da saúde nervosa;
  • é um fragmento integrante de substâncias aminoácidos que auxiliam na construção dos tecidos;
  • é fundamental para a sintetização do colágeno e da queratina;
  • a função é relevante para que os tecidos orgânicos respirem;
  • facilita o equilíbrio e o transporte de demais minerais;
  • contribui de forma ativa, portanto, para tratar dos problemas que prejudicam unhas, pele e cabelos;
  • fazem a intervenção metabólica de carboidratos e lipídios.

Alimentação rica em enxofre

É possível que pareça esquisito, porém o elemento químico está disponível em diversos alimentos. Um deles é o leite. Os laticínios como queijos são fontes de enxofre. Determinados frutos, portanto, também contam com grandes quantitativos como:

  • morangos;
  • uvas;
  • laranjas;
  • abacate.

Além disso, esse último ainda conta com o auxílio na produção de elastina que tem indicação para deixar a pele mais firme. Esse mineral se presencia em feijão, lentilha e demais grãos. Em relação aos alimentos, estão disponíveis em:

  • couve-flor;
  • brócolis;
  • ovos;
  • carnes;
  • nozes;
  • alho;
  • cebola.

Não há como deixar, portanto, de mencionar também os crucíferos. Assim como no caso da couve-flor, são exemplos de alimentos com enxofre. É uma das maiores fontes do mineral.

Enxofre

Ingestão de enxofre e precauções

É importante não pensar que pode ir consumindo tudo o que ver pela frente, só porque conta com o mineral, em questão. Tudo o que é excessivo, portanto, pode fazer muito mal à saúde. Não dispor disso na dieta pode provocar, ainda, problemas articulatórios e uma série de distúrbios.

Em relação ao excesso de enxofre, o organismo revela um tipo de mal estar na área do abdômen. Além desse fato, se o intuito é permanecer com uma pele limpa e bonita, é importante saber que você irá somente fazer a absorção das vantagens do mineral, se o corpo estiver equilibrado. Por isso, o que mais importa é escolher entre uma alimentação que seja fonte de nutrição e variada.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo