Ervilha de cheiro é uma flor perfumada, colorida e tóxica

Inicio » Meio Ambiente » Ervilha de cheiro é uma flor perfumada, colorida e tóxica
13/10/2020 Por
Ervilha de cheiro é uma flor perfumada, colorida e tóxica

Parecida com a ervilha comum, a ervilha de cheiro tem sua origem na Itália. A ervilha comum que conhecemos é uma leguminosa que tem sua origem na Europa. Da mesma forma, a ervilha de cheiro tem origem neste continente e se espalhou pelo mundo.

De nome científico Lathyrus odoratum, a ervilha de cheiro é uma planta trepadeira com flores coloridas e perfumadas. Porém, diferente da ervilha comestível, essa apresenta substâncias tóxicas. É uma trepadeira, que apresenta flores perfumadas e coloridas, podendo ser azuis, rosadas, roxas, vermelhas e até brancas ou bicolores.

Planta da ervilhaca, flor colorida e perfumada

Flor ervilha de cheiro

A origem da flor ervilha de cheiro seria na Sicília, Itália. Por ser uma trepadeira, ela pode ser plantada próxima de suportes como muros e cercados, atingindo, em sua maioria, cerca de 2,5 metros de altura. Alguns cultivares podem apresentar porte menor, atingindo até 50 centímetros.

Ademais, essas plantas menores, podem, inclusive, ser plantadas em vasos com aproximadamente 20 centímetros de diâmetro e boa profundidade.

Para o cultivo da ervilha de cheiro, a planta prefere climas amenos ou até frios, com temperaturas de até 20°C. Aliás, ela não se desenvolve bem em climas com maior calor, sendo mais cultivada entre outono, inverno e até a primavera, dependendo da região. Porém, a planta precisa da incidência da luz solar diariamente, ao menos algumas horas.

Ademais, quanto a irrigação, essa planta gosta de solos úmidos, porém não encharcados. O solo deve ser bem drenado, permitir boa profundidade e boa fertilidade, com muita matéria orgânica e ph de 6 a 7,5.

Sua propagação é através das sementes e podem ser plantadas em um local que seja definitivo ou podem ser posteriormente transplantadas se plantadas em vasos, após atingirem cerca de 4 centímetros de altura.

Algumas dicas são: enterrar as sementinhas a aproximadamente 1 centímetro de profundidade e, se quiser adiantar a germinação em uma ou duas semanas, é possível deixar as sementes na água durante um dia. Outra dica é manter um espaçamento entre as plantas de 20 a 30 centímetros.

Flor colorida da ervilhaca

Sobre a época de floração, é relativo, dependendo de cada região e da época do plantio. Assim, sua floração se desenvolve melhor nos dias mais longos na primavera, mas o plantio no outono, onde depois o inverno é mais ameno, elas podem florescer durante o período de inverno.

Entretanto, a floração também pode ocorrer no verão onde essa estação é mais amena e não apresenta calor intenso. Se forem semeadas no inverno, podem vir a florescer no verão.

Ervilha de cheiro Pisum sativum

A Pisum sativum é o nome popular da ervilha, aliás, das mais de duzentas variedades existentes no mundo. É uma planta herbácea, que pode ser trepadeira ou prostrada, com caule flexível. Entretanto, das vagens da ervilheira são colhidos os grãos da ervilha comum, que pode ser consumido como ingrediente de sopas e outras comidas. A ervilha como conhecemos é rica em sais minerais e vitaminas como A, B e C e é fonte de fibras.

Porém, a ervilha de cheiro apresenta substâncias tóxicas e não deve ser consumida. As vagens que se formam são curtas e suas sementes são parecidas com as ervilhas comum, porém venenosas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo