Fator biótico é responsável por garantir o equilíbrio do ecossistema

Inicio » Meio Ambiente » Fator biótico é responsável por garantir o equilíbrio do ecossistema
05/02/2019 Por
Fator biótico é responsável por garantir o equilíbrio do ecossistema

Como o fator biótico manifesta-se no ecossistema?

No ramo da ecologia, o fator biótico é importante para o desenvolvimento dos ecossistemas. Competição, predação e interação entre os seres são exemplos de elementos que constituem os fatores bióticos existentes.

Todo ser com vida presente no ecossistema é classificado como biótico. Sendo assim, esses organismos são responsáveis por garantir o equilíbrio do meio ambiente.

Biótico: borboletas e plantas constituem o ecossistema

O que é biótico?

O significado de biótico consiste nos fatores de seres vivos que constituem um ecossistema. Plantas, bactérias, animais, microrganismos e fungos são exemplos de fatores bióticos. Ou seja, todos os produtores, micro e macro consumidores fazem parte do conceito de biótico.

A relação e a interação entre os organismos vivos e o ambiente em que se encontram resultam nos fatores bióticos. Assim, a comunidade biológica – ou, biota – é formada por essa união e tem o papel de influenciar o ecossistema do qual fazem parte.

Portanto, esta influência do meio biótico é baseada principalmente nas cadeias alimentares e nas relações e interações ecológicas.

Cadeias alimentares do fator biótico

Cadeias alimentares são a interação dos organismos que produzem seus próprios alimentos – ou seja, seres autótrofos – e dos organismos que ingerem outros para como forma de alimentação – ou seja, seres heterótrofos. Assim, eles estão separados por classes tróficas:

  • Consumidores: consiste nos seres heterótrofos. Por não produzirem seus próprios alimentos, saem em busca de energia para viver ao consumir outros seres. Além disso, é divida em: consumidores primários, secundários e terciários.
  • Decompositores: consiste nos seres que alimentam-se das matérias orgânicas em estado de decomposição. Dessa forma, obtêm-se energia e nutrientes, além de fazerem a reciclagem dessas matérias.
  • Produtores: consiste nos seres autótrofos.

Relações e interações ecológicas do fator biótico

Relações e interações ecológicas são os contatos realizados entre os organismos vivos. Podem ser classificadas em:

  • Nível de correlação:
    1. Heterotípicas ou interespecíficas: interação entre diferentes espécies de seres.
    2. Homotípicas ou intraespecíficas: interação entre espécies iguais de seres.
  • Vantagens e desvantagens:
    1. Discordâncias: quando há danos para as espécies envolvidas, ou seja, correlação negativa.
    2. Concordâncias: quando há proveitos para uma ou duas espécies, ou seja, correlação positiva.

As diferentes relações e interações entre os organismos vivos contribuem para o ecossistema em que estão inseridos, resultando em equilíbrio para o meio biótico.

Preocupação com os fatores bióticos

Os diferentes fatores bióticos associados aos fatores ambientais resultam no nicho ecológico e real de uma espécie. Nicho ecológico consiste na modo como os seres vivem, como, por exemplo: suas relações e interações ecológicas, o tipo de alimentação, seus predadores e modo como se reproduzem.

Assim, quando um organismo competidor desaparece, a disseminação de organismos que estavam sendo assolados é favorecida. Por outro lado, isto pode resultar em esgotamento e desvantagens para o ecossistema em que estão vivendo, como a propagação de doenças e pragas, por exemplo.

Entretanto, o surgimento de organismos e espécies daninhas pode desequilibrar a ecologia. Isso acontece porque essas espécies são mais competitivas do que os organismos que já são presentes naquele ecossistema e pelo fato de ainda não terem predadores.

Biótico: presença de aves nos ecossistemas

Diferença entre fatores bióticos e abióticos

Diferente dos fatores bióticos, os fatores abióticos são elementos sem vida que influenciam os seres vivos de um determinado ecossistema. Esses fatores podem ser químicos ou físicos do meio ambiente, como, por exemplo:

  • Luz;
  • Vento;
  • Temperatura;
  • pH;
  • Solo;
  • Umidade;
  • Elementos orgânicos, etc.

Para que os organismos e seres vivos possam se desenvolver, eles precisam de um determinado espaço, local e nutrientes para que as relações ecológicas e as cadeias produtivas possam ser realizadas. Tanto o fator biótico quanto o abiótico são importantes para a vida dos seres dentro do ecossistema e diversidade em que se encontram.

Agro20 | Portal Vida No Campo