Maçã argentina é rica em potássio e deve ser consumida com casca

Inicio » Agricultura » Maçã argentina é rica em potássio e deve ser consumida com casca
01/09/2020 Por
Maçã argentina é rica em potássio e deve ser consumida com casca

A maçã argentina deve ser consumida com casca para melhor aproveitar seus benefícios. Com sabor suave e fácil digestão, a maçã argentina pode ser consumida in natura ou em sobremesas e sucos.

Uma fruta completa, presente na mesa dos brasileiros de Norte a Sul, a maçã, além de saborosa, traz consigo uma fonte imensa de saúde. Por aqui, uma das mais populares é a maçã argentina que, apesar do nome, tem origem na Ásia Central.

maçã argetina tem coloração vermelha brilhante

A fruta maçã vem da macieira, árvore da família da Rosaceae. Atualmente existem mais de 2 mil espécies de maçãs.

Seja in natura ou como ingrediente de doces, tortas e sucos, a maçã é uma das frutas mais cultivadas no mundo e que, após colhida, pode ser conservada por mais tempo, em condições ideias de temperatura e armazenamento. Também é ideal para preparar papinhas para bebês. E, se fermentada, pode ser utilizada também na preparação de algumas bebidas alcoólicas.

Consumida no mundo todo, a maçã argentina é uma das variedades mais apreciadas no Brasil. Conhecida também como Red Delicious, a maçã argentina tem um formato levemente esférico e atrai nosso olhar por sua cor vermelha intensa e com seu aroma apetitoso.

Seu sabor, então, suavemente adocicado. Mas, apesar de sua textura firme, é conhecida também por ter sua polpa “farinhenta”.

Benefícios da maçã argentina

Você já deve ter ouvido um ditado que diz que uma maçã por dia faz uma limpeza no organismo e te mantém distante de consultórios médicos.

Por sua vez, a maçã argentina possui alto teor de potássio, essencial principalmente para hipertensos e quem pratica atividades físicas, pois atua contra os efeitos do sódio no organismo, ajudando a regular a pressão e recompor a musculatura após exercícios.

Ademais, essa variedade também é rica em fibras, responsáveis pela saciedade e que ajudam no funcionamento do intestino. Mas, detalhe: tem que ser consumida com casca.

  • além de fibras e potássio, é rica em vitaminas B1 e B2 e sais minerais, como ferro e fósforo;
  • propriedades anti-inflamatórias, antivirais e antibacterianas;
  • contém flavonoides, que combatem radicais livres e previne envelhecimento precoce;
  • limpa os dentes e ajuda a fortalecer as gengivas;
  • a casca da maçã também pode ser utilizada em chás, atuando como diurético.

maçã argetina é rica em potássio

Variedades de maçãs

  • Fugi: assim como a argentina, a maçã fugi é muito consumida no Brasil. De cor avermelhada e tons verdes, sua polpa é suculenta e mais firme;
  • Gala: muito atraente pela aparência (e sabor, é claro), de cor avermelhada, casca fina e com polpa macia. Rica em açúcar e em flavonóide natural com propriedades anti-inflamatória e antiviral;
  • Argentina ou Red delicious: de cor vermelho brilhante, sabor adocicado e fácil digestão;
  • Verde: a maçã verde, como o nome sugere, é de cor verde, polpa suculenta e mais firme. É rica em clorofila e é recomendada, na culinária, para acompanhar pratos salgados.
  • Arkansas Black: desenvolvida no Arkansas, Estados Unidos, a principal diferença para outras maçãs é bem visível. A cor da casca é escura, tom de vinho e, conforme amadurece, fica mais escura. Contudo, mesmo com seu sabor azedinho, é saborosa.

Agora que você conhece os benefícios da maçã argentina, é só saborear.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo