Mussarela de búfala tem textura cremosa e origem italiana

Inicio » Agronegócio » Mussarela de búfala tem textura cremosa e origem italiana
02/10/2020 Por
Mussarela de búfala tem textura cremosa e origem italiana

Mussarela de búfala está cada vez mais presente na alimentação. O queijo mussarela já é bem conhecido, mas a mussarela de búfala é algo um pouco incomum no cotidiano das pessoas. Apesar de ser italiano, tem maior popularidade no Brasil, mas não ao ponto de estar em todo mercado e padaria, como os queijos feitos do leite da vaca.

Vale dizer que começaram a surgir vários produtos utilizando a mussarela de búfala, como a pizza, sanduíches, macarrões e massas, saladas, etc. Entenda mais sobre o produto a seguir e sua presença no mercado!

Mussarela de búfala

O que é mussarela de búfala?

Você com certeza conhece o queijo mussarela, não é? Então não terá problemas em entender o que é mussarela de búfala, pois o próprio nome indica. É isso mesmo. Enquanto a mussarela comum é feita com leite da vaca, a mussarela de búfala é feita com o leite de búfala de regiões da Itália.

Também é comum que se escreva muçarela e mozarela (muzarela) ao se referir ao queijo, mas aí é que entra um ponto interessante. Mozza em italiano se refere ao leite da búfala, logo, o mais adequado seria se referir à mussarela de búfala como mozarela ou muzarela. Em italiano, a palavra é mozzarella.

O próprio nome do queijo provém da fabricação a partir do leite da búfala, inclusive aquele que provém do leite de vaca.

Diferenças entre mussarela de búfala e mussarela de vaca

Basicamente a diferença fica evidente na cor, pois enquanto a mussarela é mais amarelada, a de búfala é bem esbranquiçada. A consistência também difere, pois a de búfala é mais parecida com ricota. Também pode ser mais mole e menos firme que a mussarela de vaca.

No que diz respeito aos nutrientes, ambos são bem parecidos, tanto o de vaca quanto o de búfala, mas existem alguns pontos. O primeiro é que o leite de búfala possui menos colesterol, o que o torna mais saudável. O segundo é que possui mais cálcio, vitamina A, carboidratos e proteínas.

Mesmo que a quantidade de minerais seja basicamente igual, o leite de búfala se mostra mais saudável para a alimentação que o de vaca. Para os intolerantes à lactose, vale afirmar que ambos possuem uma taxa relativamente alta, então, o consumo excessivo não é recomendado.

A desvantagem fica no preço, porque a mussarela de búfala é bem mais cara, considerando a origem do queijo, a quantidade e como é mais vantajoso para a saúde.

Mussarela de búfala

Qual é melhor: a mussarela de búfala ou de vaca?

Não existe melhor, mas dependerá das necessidades e condições de cada um. Embora a mussarela mais comum seja mais gordurosa e com menos nutrientes, ela é bem mais barata e acessível. Diferentemente da mussarela de búfala que é mais cara, por suas características nutritivas e por existir em menor quantidade.

Além do preço, os fatores de sabor e textura não podem ser deixados de lado, pois existem aqueles que simplesmente não se agradam com a mussarela de búfala.

Para aqueles que estão em dúvida, saiba que existem vários queijos mistos no mercado, em que o leite da mussarela de búfala é misturado ao de vaca. Isso é feito por empresas para economizar, mas pode ser uma vantagem para o cliente que deseja experimentar.

Se gostar do sabor característico do leite de búfala, poderá experimentar o puro.

O leite de búfala no mercado

Pesquisas estimam que, em 2010, as búfalas produziram cerca de 6 milhões de litros de leite, então já dá para imaginar a maneira que isso ocorre no mercado, não é? Uma década depois, com certeza, esse valor aumentou, então, esse tipo de produto é bastante comercializado.

Em 2016, o comércio movimentou mais de 650 milhões de euros e o valor aumenta a cada ano ano.

Notícias de 2018 afirmam que o mercado de queijos de búfala aumenta 20% até 30% por ano, não apenas o da mussarela.

O queijo produzido é bastante exportado para o Brasil, tanto para produtos industriais, quanto para os restaurantes mais finos. Dessa maneira, a mussarela de búfala vai fazendo cada vez mais parte do cotidiano do brasileiro, em pratos simples ou requintados.

Leites puros possuem um selo de comprovação, deixando claro que são 100% de búfala, então, caso não encontre esse selo nos produtos, desconfie, pois pode ser misto. Infelizmente a maioria das mussarelas ditas de búfala, no mercado brasileiro, são feitas com leite de vaca.

São Paulo é um grande produtor do queijo de búfala, sendo ainda maior que a Itália, tomando conta de 25% da produção mundial. Apesar disso, os queijos italianos são mais caros e mais bem avaliados. Talvez seja por conta de lá ser o seu país de origem.

Mussarela de búfala

A mussarela de búfala é tão maleável quanto a de vaca?

Sim, podendo ser utilizada em diversos tipos de receitas. Pode ser cortada para ingerir pura, pode ser derretida, colocada em massas como macarrão e nhoque, sanduíches, saladas e muito mais. Sua textura é mais suave e o aspecto mais esbranquiçado o torna bem diferente da mussarela comum.

Ela é utilizada em receitas mais requintadas e em pratos mais chiques em restaurantes de luxo, mas é uma questão bem específica. Justamente pelo fato de ser mais raro, que é mais utilizado em pratos mais caros.

Claro que o queijo que provém da Itália também possui valor maior que o do Brasil, mas deve-se considerar que a qualidade também é superior. Inclusive, existem matérias mostrando que italianos vieram para o país analisar a produção do queijo e disseram que, em pouco tempo, a qualidade dos dois estaria no mesmo nível.

Essa iguaria de origem italiana, mas que atualmente é fabricada no Brasil, já está se estabelecendo fortemente no mercado. A mussarela de búfala apresenta diversas vantagens sobre a da vaca na parte nutricional.

Embora não seja uma iguaria ou um alimento com o valor tão elevado em comparação aos demais, a mussarela de búfala apresenta uma boa aceitação no mercado e, pouco a pouco, está ganhando cada vez mais adeptos. Assim, é um ótimo momento para estudar mais sobre o mercado e, quem sabe, investir na produção ou na comercialização do produto.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo