Óleo diesel é derivado da destilação do petróleo bruto

Inicio » Agronegócio » Óleo diesel é derivado da destilação do petróleo bruto
26/10/2020 Por
Óleo diesel é derivado da destilação do petróleo bruto

O óleo diesel tem grande importância no território brasileiro. O óleo diesel é a energia que possibilita a logística em território nacional e em todo o mundo. Resultado da refinação do petróleo, é um dos combustíveis usado em motores mais comuns e mais importantes, composto basicamente de hidrocarbonetos.

A composição do óleo diesel é basicamente constituída de carbono e hidrogênio em sua grande parte. É considerado um produto de pouca inflamabilidade e volatilidade, sendo mais denso que a gasolina.

Óleo diesel

O que é óleo diesel?

Óleo diesel é o combustível de origem fóssil desenvolvido pelo engenheiro alemão Rudolf Diesel. Originado do processo de destilação fracionada, sua principal característica é a capacidade de queima mesmo com uma alta taxa de compressão.

A importância deste combustível é enorme, isso porque os veículos de transporte rodoviário são, quase que em sua totalidade, alimentados pelo óleo diesel. A logística rodoviária pode ser considerada o sangue que alimenta o país, e o diesel como a energia.

Seu uso é igualmente importante para o setor de transportes marítimos. Além disso, para poder melhor entender o que é óleo diesel, precisamos compreender o seu processo produtivo e os diferentes tipos e características.

O processo de produção

Conforme mencionamos acima, o óleo diesel é resultado do processo de destilação fracionada. Entenda todos os detalhes de como é feito o óleo diesel:

  1. O petróleo é filtrado para retirada de impurezas;
  2. O óleo cru é colocado em uma coluna de metal, chamada Coluna de Destilação Fracionada;
  3. A matéria é aquecida até uma alta temperatura, onde vaporiza e sobe na coluna;
  4. Depois de resfriado, ele é fracionado em compartimentos dentro da coluna.

Este processo dito acima acontece em larga escala no downstream da indústria petrolífera. Ademais, após isso, teremos como resultado os seguintes produtos diferentes:

  • Gás GLP;
  • Nafta;
  • Gasolina;
  • Querosene;
  • Diesel;
  • Óleo lubrificante;
  • Gasóleo pesado;
  • Alcatrão.

Como pudemos ver acima, não só o óleo diesel é produzido, mas também uma série de outros produtos de origem fóssil. Este é um processo muito amplo e muito importante para a indústria, já que os combustíveis gerados correspondem a mais de 75% da demanda energética mundial.

A composição do óleo diesel é basicamente carbono, hidrogênio, enxofre, nitrogênio e oxigênio. Além disso, o produto entra em ebulição em uma faixa de 250 °C a 400 °C. A classificação de cada tipo é feita com base na quantidade de enxofre presente.

Óleo diesel

Tipos de óleo diesel

Encontramos, no mercado nacional, diferentes tipos de óleo diesel. Assim, o produto de tipo A é o óleo puro beneficiado no refinamento do petróleo. Já o produto de tipo B possui adição de Biodiesel. Esta adição está regulamentada na resolução nº 42 da ANP.

O combustível também possui classificações pela sua quantidade de enxofre. O óleo diesel S10 apresenta cerca de 10 mg de enxofre por kg de óleo. O óleo S50 apresenta 50 mg por kg de material na sua composição.

Os óleos S500 e S1800, que possuem respectivamente 500 mg/kg e 1800 mg/kg de produto, não estão sendo comercializados devido ao alto nível de enxofre em sua composição. Essa é uma medida para promover a redução dos gases de enxofre no ar.

Além disso, há também o óleo diesel marítimo. O óleo marítimo é usado em embarcações e navios e a principal característica que difere ambos é o alto ponto de fulgor, que é de no mínimo 60 °C. Isso evita que ocorram explosões nos porões das embarcações.

Características do óleo diesel

Diferente de cada combustível extraído do petróleo, o óleo diesel possui suas peculiaridades que o tornam muito importante na indústria. Esse produto tem um aspecto límpido e uma toxicidade considerada média.

Não apresenta, em sua composição, resíduos sólidos, também chamados de materiais em suspensão. Ademais, o seu cheiro é forte e característico, apesar de ser mais fraco que a gasolina. A volatilidade é baixa e o produto é inflamável, ou seja, o óleo diesel pega fogo.

Este combustível, além de ser usado no transporte rodoviário e aquaviário, também é usado na indústria em geradores elétricos e caldeiras. Motores de ciclo diesel em geral utilizam este produto para seu funcionamento.

Uma característica muito importante é a sua capacidade de queima, mesmo quando colocado em uma alta taxa de compressão. Outrossim, os motores a diesel são mais robustos que a gasolina ou etanol, justamente por conta de possuírem uma compressão maior.

Isso faz com que o motor a diesel seja mais econômico, pois a sua taxa de compressão aumenta a sua potência, além de não precisar da centelha de uma vela para a sua combustão. Além disso, basta a alta compressão e o calor que a explosão acontece naturalmente.

O óleo diesel é inflamável, apesar de possuir menor inflamabilidade que a gasolina. Além disso, é necessário também ter os devidos cuidados com o manuseio desta substância, pois se trata de um combustível.

Óleo diesel

Óleo diesel na economia

A importância deste combustível em território nacional é realmente muito grande. Toda a logística rodoviária depende deste combustível e ele é fundamental para o bom andamento dos transportes de todo o país, seja por terra ou pela água.

Ademais, em comparação com outros combustíveis como a gasolina e o etanol, o diesel é muito mais vantajoso pelo seu preço. O custo é cerca de 30% mais baixo do que manter um automóvel a gasolina. Ademais, existe produção de carros de passeio a diesel no país, mas apenas para exportação.

Não temos carros em território nacional com motores a diesel, por ser proibido por lei. Outrossim, essa proibição visa controlar a emissão de gases de enxofre no ar. Caso essa lei não existisse, certamente estes carros seriam predominantes.

Além disso, o biodiesel é uma alternativa para a emissão de gases de enxofre, já que não possui esse elemento químico em sua composição. No nosso óleo diesel de tipo B, em 2020, temos uma porcentagem mínima de 12% e máxima de 15% regulamentada pela ANP.

Conforme podemos ver, o óleo diesel é muito importante para a nossa economia nacional. Seja diretamente ou indiretamente, seus impactos são muitos. Mostra-se mais econômico que a gasolina, possui grande importância nos transportes e sua falta pode afetar todo o país.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo