Pão italiano tem casca crocante e é macio por dentro

Inicio » Agronegócio » Pão italiano tem casca crocante e é macio por dentro
11/10/2020 Por
Pão italiano tem casca crocante e é macio por dentro

Apesar de ter textura e aparência semelhantes ao pão que o brasileiro acostumou a chamar de francês, o pão italiano apresenta características únicas. Sem dúvida, o pão italiano está presente na lista de pães mais populares não só no Brasil como no mundo. É um pão com formato e crocância que certamente são verdadeiros atrativos e contribuem para o consumo anual brasileiro de trigo, que passa de 10 milhões de toneladas.

O pão italiano é feito sob o processo que é considerado o mais antigo, que veio a entrar em desuso no século XIX com o avanço da tecnologia e a consequente descoberta de novos métodos de produção desse alimento.

Pão italiano

O que é pão italiano?

Pão italiano é constituído dos mesmos ingredientes do pão tradicional do cotidiano do brasileiro. É feito com farinha de trigo, água, fermento e um pouco de sal. Contudo, a sua diferença está na inclusão de um ingrediente na massa: o iogurte. Esse acréscimo faz com que o pão italiano cresça com uma casca mais dura do que a do francês.

Azedo

Outra característica do pão italiano está no sabor. É um pouco mais azedo do que o pão clássico de padaria. Isso se deve ao uso de um fermento diferente do que se tornou rotina, ou seja, um fermento natural.

O processo de fermentação ocorre com a criação de um ou mais fungos. Esses fungos podem ser isolados e cultivados em laboratórios como fungos selvagens.

O uso de fungos isolados é o chamado processo natural, quando a farinha misturada na água fica exposta ao ar e atrai os chamados fungos selvagens presentes na atmosfera e ao nosso redor. Esses tipos de fungos também são chamados de leveduras selvagens ou levain.

Essa exposição desses ingredientes ao ar pode levar alguns dias. Decorrido esse período, a colônia de fungos impregnada na mistura se torna forte e mais estável, perceptível com a aparência esponjosa e o odor forte, doce e azedo.

Esse é o jeito mais antigo de se fazer levedura, o que explica por que o pão italiano tem um gosto mais azedo, pois é resultado da utilização de fermento natural.

O processo de levedura com fungos cultivados em laboratórios só foi ocorrer em 1880 e para a produção de cerveja.

Hoje a panificação com leveduras de laboratório é predominante, pois traz muitas vantagens ao processo de produção de pães, como controle sobre o resultado, maior previsibilidade e capacidade de reprodução.

Redondo

Além de mais duro e com gosto mais azedo, o pão italiano se destaca de outros pães também pelo seu formato, redondo, mas também pode ser alongado.

É comum ver em filmes antigos, principalmente bíblicos, o erguer desse pão como sinal simbólico da comunhão. Normalmente essa cena faz referência à Última Ceia de Cristo, onde reparte entre os seus discípulos o seu “corpo” e o seu “sangue”.

Pão italiano

Tipos de pão italiano

Existem vários tipos de pão italiano. Como citamos anteriormente, seu formato normalmente é arredondado, mas também pode ser alongado e lembrar muito uma baguete. Mas não há variação apenas no formato, como também quanto à utilização de ingredientes.

Por exemplo, o pão italiano pode ser feito com ou sem sova. No entanto, no caso desse último, a fermentação leva um tempo um pouco maior.

Esse pão ainda pode receber recheios como sopas e também fica excelente com a boa e velha manteiga. É comum o seu uso no preparo de bruschettas.

Veja os principais tipos de pão italiano:

  • Pão italiano com fermentação natural;
  • Sem sova;
  • Na panela;
  • Em formato de sanduíche;
  • Doce;
  • Integral;
  • Com semolina;
  • Temperado;
  • Com ervas.

Tipos de pão

Há duas categorias de tipos de pão:

  • Pães ázimos;
  • Pães levedados.

O primeiro não passa pelo processo de fermentação, por isso pode ser assado, feito em uma chapa e até mesmo frito.

O segundo é o tipo mais comum, o que estamos acostumados a ter em nossas mesas e cujo aspecto é o mais lembrado, associado, ao se pensar na imagem de um pão. Essa categoria passa por processo de fermentação.

Mercado de trigo no Brasil

Apesar de contar com média de quase 2 milhões de hectares na produção de trigo, o Brasil não é autossuficiente para suprir a demanda de sua população.

A produção anual do país é ligeiramente superior a 5 milhões de toneladas, no entanto, o consumo de trigo anual do Brasil supera 10 milhões de toneladas.

Esse descompasso entre produção e consumo torna o país dependente da importação de trigo de outros países, em especial com os vizinhos do MERCOSUL.

Nosso principal parceiro comercial na importação de trigo é a Argentina.

Pão italiano

Receita de pão italiano

O pão italiano pode ser encontrado em supermercados e em padarias, mas não em todos. Em compensação, não é raro que seja feito de forma caseira, pois não é tão complexo de se fazer e nem necessita de muita parafernália.

Por isso, a receita de pão italiano é procurada rotineiramente. É diferente, fácil e rende resultado muito saboroso.

Pão italiano com fermentação natural

Tenha em mãos os seguintes ingredientes:

  • Farinha de trigo;
  • Fermento natural;
  • Azeite;
  • Sal;
  • Água morna.

Veja como fazer:

  1. Misture a farinha, o fermento, a água e o azeite;
  2. Sove a massa por 20 minutos;
  3. A massa deve crescer por 1h30;
  4. Passado esse período, é o momento de moldar a massa e depois deixá-la descansando por 6 horas;
  5. Coloque-a no forno e espere dourar.

Pão italiano recheado

Essa receita é de pão italiano recheado com creme de batata e bacon.

Anote os ingredientes:

  • Um (1) pão italiano;
  • Salsinha para decorar;
  • Seis (6) colheres de requeijão;
  • Meia (1/2) xícara de mussarela;
  • Cento e cinquenta (150) gramas de bacon;
  • Meia (1/2) xícara de parmesão;
  • Duas (2) batatas de 300 gramas.

Modo de preparo

  1. Enquanto aquece um forno a 200 °C, retire a tampa e o miolo do pão italiano usando uma faca e uma colher;
  2. Com o miolo removido, faça pequenas tiras de pão;
  3. Use o parmesão e o requeijão no interior do pão destampado, espalhando-os;
  4. Leve o pão e as tiras do miolo ao forno e aguarde por 15 minutos;
  5. Enquanto isso, frite os bacons em uma panela e os reserve em uma panela;
  6. Na mesma panela do bacon, coloque as batatas cozidas e uma colher de chá de manteiga;
  7. Amasse as batatas e adicione o requeijão;
  8. Ao misturar, adicione o queijo parmesão e a mussarela e misture de novo;
  9. A massa estará no ponto ideal quando ficar elástica;
  10. Adicione camadas alternadas de batata e queijo, cobrindo cada uma delas com bacon;
  11. Repita o processo até chegar ao topo;
  12. Após gratinar no forno por mais 10 minutos, o pão italiano já estará pronto para o consumo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo