Peixes fazem bem à saúde e deveriam ser mais consumidos

Inicio » Agronegócio » Peixes fazem bem à saúde e deveriam ser mais consumidos
08/12/2020 Por
Peixes fazem bem à saúde e deveriam ser mais consumidos

Peixes são animais que podem agregar benefícios à saúde. Eles estão presentes nas mais variadas espécies e, desde muito tempo, são extremamente consumidos. Afinal, os benefícios que agregam ao corpo humano são facilmente notados por quem os consome frequentemente.

Além disso, os peixes servem também como uma ótima fonte de renda para pescadores e para a indústria pesqueira, bem como é um dos ramos de maior lucratividade na economia brasileira. Por conta disso, o comércio desses animais dificilmente para.

Peixes

O que são peixes?

Peixes são animais que têm a temperatura do corpo modificável. Isso significa que são caracterizados como animais pecilotérmicos e a sua temperatura do corpo pode mudar conforme o ambiente em que se encontram.

Além disso, os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre todos os animais vertebrados. Estima-se que também estejam entre os animais mais antigos de toda a história da humanidade. Afinal, acredita-se que eles estejam há mais de 500 milhões de anos presentes no planeta Terra.

Características dos peixes

Em geral, os peixes podem ser encontrados em águas salgadas e doces, incluindo mares, oceanos, rios, lagos e açudes. Além das espécies diversas, os peixes também possuem características diferentes entre si. É possível encontrá-los medindo até 18 metros.

No início de tudo, os peixes não tinham mandíbula, possuíam coluna vertebral cartilaginosa e uma carapaça que revestia todo o seu corpo. No entanto, através da evolução e acasalamento entre muitas espécies, houve uma série de adaptações.

Em tais adaptações, foi possível notar uma melhora significativa de sua aparência, capacidade de sobrevivência e intelecto animal. Hoje em dia, graças às suas características físicas, consegue também se mover com maior agilidade e se defender através de mordidas ou rabadas.

Entre as características que mais os beneficiam, estão:

  • Corpo, geralmente, hidrodinâmico;
  • Nadadeiras bem estruturadas;
  • Escamas lisas;
  • Glândulas produtoras de muco;
  • Tronco com musculatura segmentada.

Outra característica que chama muita atenção nessa espécie de animal é a questão da temperatura corporal. Afinal, nem todos os animais possuem a mesma capacidade que os peixes, que podem variar a temperatura do corpo conforme o ambiente em que se encontram.

Essa, indiretamente, é uma maneira de se proteger com maior eficácia de perigosos predadores. Isso porque, alguns deles, podem sentir a presença da presa através do seu calor corpóreo. Logo, os peixes conseguem driblar esse tipo de ataque com maior facilidade, bem como se adequar ao ambiente em que estão.

Peixes

Alimentação dos peixes

É muito comum encontrar esse tipo de animal herbívoro e que se alimenta principalmente de algas. Porém, existem espécies carnívoras e com capacidade de se alimentar de outros peixes, seres humanos e animais diversos.

Além disso, nas zonas abissais, é possível encontrar uma série de detritívoros. Esses peixes costumam se alimentar de resquícios orgânicos que derivam à superfície iluminada do oceano, e também de muitos do tipo carnívoro.

Já no sistema digestivo do animal, em geral, é possível encontrar a boca, faringe, estômago, esôfago e intestino. Glândulas anexas também estão presentes, com o fígado e o pâncreas. Logo, é justamente por isso que alguns ingerem outros alimentos e a digestão ocorre normalmente.

Consumo de peixes

O comércio de pescados aumentou muito em 5 décadas. Com o aumento da sua utilização na gastronomia, é comum ver muitas pessoas trocando a carne vermelha pela carne dos peixes. Até mesmo porque se torna um ótimo alimento para quem procura uma série de benefícios para a saúde.

Além disso, o Brasil ocupa a 13ª posição na criação de peixes. Além disso, estima-se que o consumo da carne de peixe aumente, já que muitas pessoas querem algo mais saudável, mas sem abrir mão da carne.

Dessa forma, saber quais os peixes mais saudáveis para consumir é uma ótima opção. São eles:

  • Linguado;
  • Bacalhau;
  • Sardinha;
  • Salmão.

O consumo do alimento ajuda para o aumento do pescado, independente dos tipos de pescado, já que é algo que traz à tona a força do consumo que esse animal produz. Além disso, independente da estação, são consumidos com grande frequência, o que denota a grande preferência das pessoas por esse animal.

Peixes

Piscicultura

O comércio de peixes não se dá somente para a alimentação. A piscicultura também tem importante papel dentro do consumo do animal. O motivo é que, junto da criação dos peixes de água doce, também surge a aquicultura, que é o tratamento do ambiente aquático.

Entre os mais variados tipos de peixes, a produção de peixes no Brasil é muito procurada por quem busca os tão famosos peixes ornamentais. Esses peixes são os responsáveis por enfeitar aquários de diversos ambientes, como residências, escritórios e demais locais.

Muitas espécies, por exemplo, são consideradas extremamente raras e são vendidas por um valor bem agregado.

Produção de peixes

Mesmo quando se trata da produção de peixes para aquário, como é o caso dos ornamentais, é um equívoco pensar que essa tarefa é fácil. Afinal, exige-se uma série de cuidados para com os animais, já que é preciso saber o seu tempo de reprodução, alimentação adequada, venda segura e garantir uma ótima qualidade de vida para o animal.

Até mesmo porque, a criação e produção de peixes, mesmo sendo rentável, precisa saber como trabalhar com cada um dos tipos. Dessa forma, é possível ter uma enorme variedade e adquirir experiência e confiança no serviço.

Além disso, é importante frisar que a produção e o cuidado para com o animal também exigem tempo e disposição. O motivo é que os peixes precisam de um espaço adequado para viver, além de uma água limpa e um ambiente tranquilo.

Dessa forma, mesmo que possa ser um negócio lucrativo, corre-se o risco de a variação de temperatura matar os animais e causar sérios prejuízos. Dessa forma, a produção do animal em território brasileiro é algo que é levado muito a sério por diversos profissionais.

Peixe como alimento

Quando usado para alimentação, o peixe é conhecido por agregar uma série de benefícios à saúde. Entre eles está o aumento do colágeno e, consequentemente, o retardo do envelhecimento precoce. Tudo isso faz com que os peixes sejam animais que chamam atenção por diversos motivos, seja pela forma peculiar de viver, benefícios ou demais características.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo