Peixe cachorra se destaca pelas presas grandes e afiadas

Inicio » Pecuária » Peixe cachorra se destaca pelas presas grandes e afiadas
18/04/2019 Por
Peixe cachorra se destaca pelas presas grandes e afiadas

Grande e bravo, o peixe cachorra é facilmente reconhecido pelos seus impressionantes dentes

Estando distribuído na bacia Amazônica e Araguaia-Tocantins, o peixe cachorra é um peixe de água doce que não possui grande valor comercial, mas é muito valorizado na pesca esportiva. Isso porque é um peixe bravo e, quando fisgado, costuma saltar.

Além disso, outro fator atrativo para os pescadores é o impressionante peso e tamanho do peixe cachorra. Os maiores exemplares atingem 1,5 metro de comprimento e podem pesar 20 quilos. Descubra mais sobre esse peixe ao longo do artigo.

Peixe cachorra

O que é o peixe cachorra?

O peixe cachorra é um peixe de nome científico Hydrolycus armatus, que pertence a família Cynodontidae e ordem  Characiformes. Ele é de cor prateada/prata azulado e possui uma grande força na mandíbula. Além disso, seus dentes são chamativos e grandes, sendo facilmente reconhecido por isso.

Em seu maxilar inferior, possui dois caninos extremamente aparentes e grandes que, por ter dois buracos no maxilar superior, são escondidos quando fecha a boca. Sua cabeça é relativamente pequena, a boca é grande e oblíqua e, além do par de presas impressionantes, o peixe possui uma fileira de dentes.

Além da cor prateada, há uma mancha preta atrás do seu opérculo. Possui diminutas escamas, corpo alto, comprido e olhos grandes. Suas nadadeiras são de um tamanho grande e possuem as extremidades mais escuras. A nadadeira caudal é truncada, porém dificilmente permanece inteira, por conta das piranhas que costumam mordê-la.

Habitat e alimentação do peixe cachorra

O peixe cachorra não se enquadra no grupo de peixes de água doce e salgada, muito menos no de peixes de água salgada.

Esse peixe se enquadra no grupo de peixes de água doce, vivendo nas bacias Amazônica e do Tocantins Araguaia. Pode ser facilmente encontrado em afluentes do rio Amazonas, além do próprio rio. Por ser um peixe pelágico, pode permanecer em águas mais rápidas e esconder-se em pedras, troncos, entre outros.

Raramente encontra-se o peixe cachorra em regiões de água parada. Dentre os locais em que você pode achar esse peixe, temos:

  • boca de lagoas;
  • mata inundada;
  • lagos;
  • união de massa de águas com velocidades diferentes;
  • dentro de um rio e
  • poços.

Por ser piscívoro, sua alimentação é consistida em comer outros peixes. Como também vive em regiões com galhos e  outros obstáculos, costuma se esconder para emboscar sua presa, podendo se alimentar de peixes que atingem até 50% do seu tamanho.

Peixe cachorra

Pescaria de peixe cachorra

Dificilmente há pescaria de cachorra voltada para comercialização. Isso porque possui muitas espinhas, além do sabor da sua carne ser levemente adocicado.  Apenas alguns cozinheiros experientes conseguem preparar um bom prato com esse peixe.

Portanto, a sua maior procura é para a pesca esportiva. Como isca, utilize peixes em pedaços ou inteiros, como curimbatás e lambaris. Também é possível pescá-lo com iscas artificiais, como hélices e plugs de meia água. O equipamento deve ser médio/pesado, os azóis de número 4/0 a 6/0 e linhas de 14, 17 e 25 libras.

Após ser fisgado, o peixe dá incríveis pulos. Por isso, cuidado: não afrouxe a linha e mantenha a ponta de vara alta, ou o peixe poderá escapar. Além disso, fique atento para não se machucar com os afiados dentes, e molhe as mãos ao manuseá-lo, pois esse peixe produz bastante muco.

Um alerta importante é que o peixe cachorra não sobrevive por muito tempo fora d’água, se cansando rapidamente e não tolerando manuseio excessivo. Portanto, solte-o pouco tempo depois de ter o capturado. Além disso, espere o peixe se recuperar antes de soltá-lo definitivamente, para que não se torne presa fácil para outros peixes, como piranhas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo