Periquito australiano é comumente criado em cativeiro no Brasil

Inicio » Meio Ambiente » Periquito australiano é comumente criado em cativeiro no Brasil
24/10/2020 Por
Periquito australiano é comumente criado em cativeiro no Brasil

O periquito australiano é o mais popular no mercado nacional. Originário da Austrália, o periquito australiano possui uma posição de destaque no mercado. Possuem uma vasta variação de cores e algumas características particulares, como as marquinhas azuis nas bochechas e as penas com listras pretas na cabeça e nas costas.

A variedade das cores do periquito australiano é tão grande que se estima a existência de mais de 100 cores dessas aves. Dessa forma, o mais comum é encontrado na cor verde, além dos azuis, amarelos, cinzas e até brancos. Eles podem exibir mais de uma cor misturada.

Periquito australiano

O que é periquito australiano?

Periquito australiano é o tipo de periquito mais comum no mercado brasileiro. A ave costuma atingir um tamanho de até 18 centímetros e pode viver por até 14 anos. Dessa maneira, esse passarinho é normalmente pouco agressivo, alegre, sociável e curioso.

Em seu habitat natural, ele costuma viver em bandos que ultrapassa a marca de 60 aves. Assim sendo, o periquito australiano não tem dificuldade nenhuma em conviver com outras aves no mesmo viveiro, preferencialmente da mesma espécie.

Por ser muito sociável, é aconselhado evitar que o passarinho fique isolado por muito tempo. Com a finalidade de evitar problemas, a orientação é que o tutor deixe pelo menos uma ave da mesma espécie na mesma gaiola em caso de ausentar-se por alguns dias.

Características do periquito australiano

Os periquitos australianos são originários de uma região bastante árida e por conta disso possuem uma grande resistência e se adaptam a quase todos os climas. Isso explica o fato de esse tipo de periquito ser o mais comum no mercado.

Quando bem treinados por tutores que dominam a técnica, esses passarinhos podem emitir sons parecidos com os humanos. Dessa forma, é possível afirmar que periquito australiano fala.

Alguns fatores colaboram para que esse animal seja o mais comum entre todos os tipos de periquito. Dessa maneira, podemos citar a sua fácil adaptação e resistência, a sua beleza e carisma, e principalmente a sua fácil sociabilidade.

Outro fator que também encanta nesse pequeno animal é o seu canto. O canto do periquito australiano é encantador, e a ave pode entoar diferentes melodias de acordo com a sua criação e seu aprendizado.

É possível ver facilmente o periquito australiano cantando todos os dias. Basta que a ave esteja bem alimentada, em condições favoráveis, alegre e com sua saúde em dia. Tanto que a ave pode cantar até na presença de estranhos, devido à sua sociabilidade acelerada.

Periquito australiano

A criação do periquito australiano

Para bem entender como cuidar de periquito australiano, é imprescindível considerar alguns pontos em específico. A criação de periquito australiano pode ser feita de modo simples e a sua comercialização não exige autorização de órgãos ambientais.

A criação desse passarinho não possui muitas exigências, visto que o animal é muito sociável e bastante alegre. Os tutores precisam dar bastante atenção ao periquito, isso colabora para que ele se mantenha sempre alegre e evita que o animal possa adoecer por conta de seu estado emocional.

O custo desse animal é baixo e a criação é relativamente fácil, não exigindo muitos cuidados especiais. Dessa forma, uma gaiola com espaço apropriado, higienizada periodicamente e com comida própria já são o suficiente para as necessidades básicas da ave.

Costuma ser ativo durante o dia, sendo então necessário uma noite tranquila para o pequeno bicho repousar e viver de forma saudável. Além disso, os cuidados diários como a limpeza e a troca da água são igualmente importantes.

O criador de periquito australiano precisa igualmente observar qualquer alteração repentina no humor ou rotina do animal. Dessa forma, o animal pode se auto mutilar caso se sinta abandonado ou excluído do convívio social.

A alimentação do periquito australiano pode ser feita com rações produzidas especificamente para esses animais. No caso de querer incluir frutas ou outras coisas, é aconselhado consultar um profissional veterinário a fim de evitar problemas nutricionais.

Reprodução do periquito australiano

A reprodução dessa ave costuma acontecer em dois momentos no ano, sendo estes entre o mês de junho e o mês de setembro, e também pode ocorrer eventualmente no mês de janeiro. Assim sendo, os pássaros necessitam de ninhos para a postura e choco.

O filhote de periquito australiano geralmente precisa de 18 a 21 dias para então eclodir os seus ovos. A maturidade sexual dessa ave só é atingida após os seis meses de idade e dessa forma começam os primeiros acasalamentos.

É justamente depois da maturidade sexual que a carúncula do periquito assume a coloração específica que possibilita a identificação do sexo. Com o fim de tal identificação, no macho essa “cera” apresenta uma cor azul e na fêmea uma cor marrom.

O periquito australiano filhote leva cerca de 40 dias para se tornar independente e sair do ninho. Desse modo, os pais são responsáveis pelos cuidados da alimentação durante o período mencionado anteriormente, e até um certo tempo depois.

A fêmea, após o acasalamento, faz a postura de ovos em dias alternados, e isso totaliza cerca de cinco dias. A docilidade dessa ave faz com que os pais continuem alimentando os filhotes por cerca de 10 dias após a sua independência.

Periquito australiano

Mercado do periquito australiano

Conforme mencionado anteriormente, a reprodução do periquito australiano é simples e não exige autorização formal dos órgãos competentes. Além disso, o custo dessas aves é baixo, podendo ser uma boa opção para os criadores.

A beleza e a alegria, aliadas com a resistência e fácil adaptação desse animal, favorecem muito a sua comercialização. Para isso, basta adquirir matrizes saudáveis e com procedência garantida e então oferecê-las a infraestrutura básica e os cuidados necessários.

Os preços desses animais variam conforme as suas características, sendo encontrados em uma faixa que vai de R$ 20 até R$ 100. Os valores são embasados na coloração e outros pontos que tornam a ave em questão mais rara e difícil de ser encontrada.

Sem dúvida, o investimento baixo e o vasto mercado fazem com que o periquito australiano seja uma boa opção para os criadores de aves. Os criadores que conseguem adquirir matrizes com características raras possuem um potencial ainda maior em suas mãos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo