Plantas que se ajudam mutuamente são plantas companheiras

Inicio » Agricultura » Plantas que se ajudam mutuamente são plantas companheiras
23/10/2020 Por
Plantas que se ajudam mutuamente são plantas companheiras

As plantas companheiras se beneficiam por estarem próximas umas das outras. Algumas espécies de plantas como as hortaliças, leguminosas e temperos podem se beneficiar do convívio com outras plantas. Quando isso acontece, é chamado de plantas companheiras.

O que acontece é que na verdade, algumas plantas se fortalecem ao serem plantadas juntas ou pelo menos, bem próximas. Assim, a chance de sucesso do cultivo dessas plantas companheiras é bem maior.

Plantas companheiras

O que são plantas companheiras?

As plantas companheiras são plantas que combinam no plantio, podemos dizer que elas fazem bem uma à outra. Dessa forma, algumas hortaliças, verduras, temperos e ervas podem ser plantadas juntas, pois vão se fortalecer através de interações bioquímicas. Assim, nenhuma retira nutrientes ou água das outras, e ambas se desenvolvem.

Exemplos de plantas companheiras

Vejas alguns exemplos de plantas amigas, como também podem ser chamadas.

  • cenoura: pode ser plantada com repolho, alho-poró, rabanete, ervilha, cebola, alface;
  • repolho: brócolis, espinafre, acelga, couve;
  • ervilha: cenoura, nabo, pepino, rabanete, milho, feijão;
  • batata: pode ser companheira do repolho, ervilha, abóbora, feijão, milho;
  • tomate: as plantas companheiras do tomate podem ser alface, cebola, aipo, salsa, hortelã, manjericão, dentre outras;
  • pimentão: boas plantas companheiras do pimentão podem ser alface ou chicória.

Ademais, outras boas combinações simples podem ser feitas:

  • alface, cenoura rúcula, rabanete e cebolinha;
  • alecrim, louro e sálvia;
  • orégano e manjerona;
  • couve, cebola e batata;
  • tomate e morango.

Temperos companheiros

Alguns temperos também podem ser amigos e ser cultivados juntos, já que podem ter os mesmos cuidados. São elas: manjericão, manjerona e orégano; alecrim, sálvia e tomilho e algumas plantas companheiras do coentro são a salsa e a cebolinha.

Ademais, outras plantas que se ajudam, como o salsão, que se plantado junto com a couve, pode ajudar a espantar as pragas que causam danos a couve; o alecrim pode ser plantado junto a verduras, pois ajuda a espantar lagartas. Alface, cenoura e rabanete, se plantados com a cebola, evita que sejam atacados por bichos como as lesmas.

Plantas companheiras

Plantas companheiras e antagônicas

Ao contrário das plantas amigas, existem as plantas antagônicas, que podem se prejudicar se forem cultivadas próximas. Elas são antagônicas se competirem entre si por água, nutrientes, espaço e luz solar, pois geralmente suas raízes crescem muito rápido e invadem o espaço da vizinha, como é o caso da hortelã.

Outro motivo que torna algumas plantas antagônicas é o fato de uma inibir o desenvolvimento da outra através de fatores químicos.

Como exemplo, o girassol e o pepino, se plantados juntos podem competir por substâncias como o boro e assim se prejudicar. Assim, alguns exemplos de plantas que não se dão bem são:

  • alface: antagônicas: salsa e girassol;
  • alho: antagônicas: ervilha e o feijão;
  • abóbora: evitar a batata- inglesa;
  • cebola: não deve ser plantada com feijão;
  • morango: alguns maus vizinhos para o morango podem ser o repolho, funcho, couve, e salsa;
  • repolho: evitar proximidade com morango, vagem, tomate e manjerona;
  • beterraba: evite o feijão e o feijão-vagem.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as plantas companheiras e antagônicas, pode incrementar sua horta.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo