Produtos veganos encontram cada vez mais espaço no mercado

Inicio » Agronegócio » Produtos veganos encontram cada vez mais espaço no mercado
13/10/2020 Por
Produtos veganos encontram cada vez mais espaço no mercado

Variedade de produtos veganos já é uma realidade para o mercado nacional. A exemplo dos vegetarianos, os produtos veganos também são uma ótima opção para quem deseja eliminar qualquer tipo de carne das dietas e refeições. Contudo, os adeptos do veganismo ainda reprovam até mesmo o consumo de itens como ovos, leite e produtos testados nos animais.

De qualquer forma, a prática de investir em uma alimentação de produtos veganos anda ganhando cada vez mais o gosto dos brasileiros. Como resultado, há o crescimento em toda a cadeia produtiva do agronegócio baseada nesse novo mercado consumidor. Por isso que empresas têm buscado alternativas ecológicas e conscientes.

Produtos veganos

O que são produtos veganos?

Produtos veganos são os alimentos nos quais produtores e marcas não empregam tipo algum de ingrediente que tenha origem animal. Sem falar que alguns produtos duráveis ainda precisam apresentar um selo que comprove que o animal ficou livre de crueldade, ou cruelty free. Isso significa que até mesmo o teste em animais é rigorosamente proibido.

Assim, ao atendem a requisitos predeterminados, os produtos veganos ganham uma marca, como o selo concedido pela Sociedade Vegetariana Brasileira. Enfim, para entender melhor o que são produtos veganos, saiba que eles andam dando força a uma nova cadeia produtiva econômica.

Até porque esse novo público está mais consciente ecologicamente e mais exigente. Com isso, fabricantes andam buscando sempre novas alternativas para substituir seus alimentos de origem animal e até lançar novos produtos no mercado.

Ou seja, há uma demanda crescente na diversidade e pesquisas de novas matérias-primas, levando até mesmo o setor do agronegócio a se reinventar. Um exemplo simples são as peças de vestuário que costumam ser produzidas com matérias-primas como o couro e lã.

Isso porque elas estão deixando o guarda-roupa de pessoas veganas para a entrada de peças de origem vegetal ou sintética. Até mesmo a área de cosméticos está sendo afetada, pois esse consumidor prefere linhas produzidas a partir de vegetais e óleos em geral.

Alimentos veganos conquistam o mercado nacional

Mais que a busca por novidades, o consumidor também anda procurando por mais saúde. Até porque, conforme você já leu por aqui, os alimentos veganos são aqueles que não apresentam origem animal e nem foram testados em animais.

O motivo para essa mudança pode ser ambiental, ética e até emocional. O que importa para quem consome produtos veganos é evitar e lutar contra toda forma de exploração animal, especialmente contra sofrimentos, dores e maus-tratos.

Seja como for, apesar de restrições frente à sua produção, o consumo de produtos veganos vai além da presença em dietas e na alimentação diária. Isso porque eles ainda estão presentes nos mercados de higiene pessoal, limpeza doméstica, cuidados pessoais e até vestuário.

Como resultado de tudo, segundo pesquisa do IBOPE, apenas no Brasil, quase quinze por cento da população já se acha vegetariana. Prova disso é que, apenas nas regiões metropolitanas de Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, este percentual passa dos quinze por cento.

Em números, as estatísticas denotam um aumento de setenta e cinco por cento apenas nos últimos dez anos. Enfim, nos dias de hoje isso sinaliza que cerca de trinta milhões de brasileiros já estão adotando esta opção alimentar em suas rotinas diárias.

Produtos veganos

Cosméticos veganos

Claro que, quando surge uma nova tendência, também surgem as oportunidades de negócio. No entanto, no nicho dos produtos veganos, a demanda não é apenas para a área de alimentação, pois ela ainda aceita investimentos nas áreas de cosméticos e vestuário.

Assim como na utilização de produtos veganos, utilizar apenas cosméticos veganos oferece muitas vantagens. No entanto, esses benefícios se entendem não apenas para seres humanos, pois a preservação do ecossistema e do meio ambiente também sai ganhando.

Em linhas gerais, optar por esses cosméticos é uma forma ideal e segura de adquirir apenas produtos naturais, pois são não apenas sustentáveis, mas muito mais saudáveis também.

Por outro lado, lembre-se de que não são todos os produtos veganos que podem ser liberados nem serem considerados totalmente naturais, já que alguns podem apresentar componentes e peças sintéticas.

Produtos veganos e a tendência brasileira

Houve uma época na qual nosso consumidor jamais tinha ouvido falar no termo de veganismo. Entretanto, hoje esse hábito nem é mais uma moda, pois ele se consolidou como uma tendência de marcado.

Até porque inúmeras marcas já oferecem até mesmo linhas de produtos semi-prontos e outras tantas opções de pratos adaptados e congelados. Nesta lista, você pode encontrar até produtos veganos como salgados, esfihas, pizzas e lanches feitos a partir de receitas com diversos legumes ou leguminosas.

Por isso que o faturamento de empresas especializadas nesse nicho de marcado aumentou cerca de quarenta por cento apenas no ano passado. Além do mais, há a previsão de alta no consumo, já que o otimismo do setor está relacionado ao sucesso dos sites de e-commerce e à recente entrada de grandes cadeias de supermercado na produção.

Produtos veganos

Maquiagem vegana

Segundo doutores e especialistas da área de dermatologia, a origem natural dos produtos veganos ainda revela outra excelente opção para a realização de estudos e lançamento de produtos voltados para beleza estética.

Como simples exemplo, até mesmo uma maquiagem vegana pode ser indicada para quem tem problemas de pele e alergias. Dessa forma, além da rotina de tratamentos, muitas pessoas podem criar sua própria rotina de beleza, aquecendo a economia sem prejudicar a saúde do consumidor.

Inúmeras substâncias que são sintetizadas quimicamente podem ser maléficas, seja por efeito cumulativo ou não. Por outro lado, produtos veganos costumam ser mais suaves e livres de agentes conservantes, garantindo benefícios a partir de seu uso regular.

A maquiagem também tem sua produção de forma sustentável e ecológica, desde que a empresa aposte nas normas-padrões do setor vegano. A partir de então, ela pode investir em itens e linhas de cosméticos para corpo, maquiagem, cabelo, entre outros.

Enfim, o único ponto negativo desse setor é que a fabricação desses produtos veganos tende a continuar cara frente a produtos similares. Sem falar dos problemas em relação às certificações necessárias para que determinado produto dessa natureza seja lançado no mercado.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo