Feijoada vegana deixa as carnes de lado para uma versão mais saudável

Inicio » Agronegócio » Feijoada vegana deixa as carnes de lado para uma versão mais saudável
12/10/2020 Por
Feijoada vegana deixa as carnes de lado para uma versão mais saudável

Feijoada vegana integra o segmento de alimentos naturais que gerou 93,6 bilhões de reais em 2016 no Brasil. O mercado de alimentos naturais vem em uma crescente no país nos últimos 5 anos, conforme dados revelados por institutos de pesquisas. A feijoada vegana se encontra nesse contexto de maior preocupação do brasileiro com a qualidade nutricional de sua comida.

A feijoada vegana é uma boa alternativa tanto para o público vegetariano e vegano, como para o que busca ficar em paz com a balança. Pelo crescimento do veganismo no país e o aumento da conscientização dos benefícios de se ter um corpo mais saudável, essas versões adaptadas de pratos saborosos, mas igualmente calóricos, serão, com certeza, cada vez maiores tendências.

Feijoada vegana

O que é feijoada vegana?

Feijoada vegana é uma receita que visa adaptar a tradicional feijoada brasileira, repleta de carne de animais e temperos calóricos, aos alimentos que o público vegano se permite consumir para atender aos princípios de sua causa.

Essa adaptação substitui as carnes de animais por grãos e legumes, mas não se trata de uma simples substituição, porque naturalmente a proposta é fazer um prato saboroso e que se aproxime da experiência proporcionada pela feijoada tradicional.

São escolhidos os ingredientes que, misturados aos temperos e caldos, geram um prato saboroso e, principalmente, nutritivo.

A receita com certeza atende as necessidades tanto de veganos como vegetarianos.

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas consideram esses termos como se fossem sinônimos, representassem um mesmo público. Mas, não.

Apesar da similaridade de causas e de costumes, com certeza há diferenças que distinguem um do outro.

O vegetariano não consome pratos que contenham qualquer tipo de carne. O vegano também, porém, não só evita se alimentar desse tipo de alimento como também qualquer outro de origem animal, como leite ou ovos. Além disso, evita consumir qualquer material que tenha origem na exploração animal, o que pode abranger roupas, calçados, produtos de beleza, entre outros acessórios.

Mas como há um ponto em comum desses dois públicos no que diz respeito a alimentação, a feijoada vegana acaba servindo para as suas necessidades.

Como fazer feijoada vegana?

Como informado acima, o princípio do prato continua o mesmo, o que muda é a substituição dos alimentos de origem animal por outros de origem natural, como grãos e legumes.

Sem dúvida, não é uma seleção de ingredientes aleatória. Foram desenvolvidas receitas preparadas por nutricionistas que se fizeram essa mesma indagação: “como fazer feijoada vegana?”

A seguir apresentaremos algumas receitas de feijoada vegana para que possa variar o seu cardápio, caso seja vegano ou vegetariano, ou não deixar algum convidado que pertença a um desses grupos em situação embaraçosa.

Adiantamos que uma das grandes vantagens dessas receitas é que elas são mais simples de se fazer, pois não há a necessidade de preparar alimentos muito pesados e de difícil preparo como as carnes de animais.

Caso você até goste da ideia de feijoada vegana, mas não consiga aderir à receita porque não é vegetariano ou vegano, deseja apenas maneirar no consumo de comidas calóricas, também fornecemos receita de feijoada mais light, isto é, que contém carnes, mas não tão gordurosas e calóricas.

Feijoada vegana

Feijoada vegana com carne de soja

Essa receita mantém todos os ingredientes costumeiros de uma feijoada, temperos e feijão preto. A exceção é a carne de porco que é substituída pela carne de soja. Essa “carne” é processada industrialmente, transformando os farelos da soja em farinha texturizada e insolúvel em água.

A carne de soja tem aparência similar à carne moída.

Os ingredientes de uma feijoada vegana com carne de soja são:

  • Alho;
  • Cebola;
  • Sal;
  • Azeite;
  • Feijão;
  • Cenoura abobrinha;
  • Pimenta;
  • Carne de soja.

O modo de fazer é simples.

  1. Em uma panela, frite o alho, a cebola, depois acrescente o azeite e o sal;
  2. Em seguida, coloque a carne de soja;
  3. Quando estiver frita, acrescente o feijão cozido;
  4. Depois acrescente os legumes e os temperos.

É comum adicionar na receita algum tipo de queijo para incrementar e encorpar o prato. Os mais recorrentes são o gorgonzola e o provolone.

Feijoada vegana com berinjela

O princípio segue o mesmo: substituição da carne de porco por produtos naturais. No caso, legumes como a berinjela.

O interessante de conferir vários tipos de receitas é a melhor compreensão sobre os ingredientes considerados adequados, que se harmonizam bem com a proposta de uma feijoada.

Veja os ingredientes desta receita de feijoada vegana:

  • Meio (1/2) quilo de feijão preto;
  • Quatro (4) dentes de alho picadinhos;
  • Duas (2) berinjelas médias (em cubos e sem sementes);
  • Seis (6) xícaras de chá de água;
  • Uma (1) folha de louro;
  • Uma (1) xícara de chá de cebola picada;
  • Temperos verdes (a gosto);
  • Uma (1) xícara de tofu em cubos;
  • Uma (1) xícara de chá de tomate;
  • Sal (a gosto);
  • Pimenta (a gosto).

Para preparar a receita, faça o seguinte:

  1. Em uma panela, coloque o feijão, a cebola, a folha de louro, a água e o alho amassado;
  2. Cozinhe até que fiquem al dente. Introduza os demais ingredientes, com exceção do tofu e a salsinha. Estes, coloque por último;
  3. Quando estiverem bem cozidos, insira o cheiro-verde, o tofu e os temperos verdes mais o azeite. Sirva com arroz e couve.

Feijoada vegana

Mercado de alimentos naturais

Antes de prosseguirmos com as receitas, certamente será interessante tomar conhecimento de dados do mercado de alimentos naturais.

Segundo dados da Euromonitor, os últimos 5 anos desse mercado no Brasil foram de crescimento. Só no ano de 2016, o setor gerou 93,6 bilhões em vendas.

Outra estatística interessante de uma pesquisa também realizada pelo mesmo instituto é que 79% dos entrevistados afirmaram que estão substituindo alimentos considerados “convencionais” por outros mais nutritivos.

Um detalhe importante é que essa pesquisa entrevista pessoas de várias nacionalidades. Ou seja, a busca por alimentos mais saudáveis é uma tendência mundial.

Feijoada light

A chamada feijoada light, como o nome sugere, é uma versão mais branda da feijoada tradicional. Difere da vegana porque tem carne, mas outros tipos de carnes, mais leves.

É uma ótima solução para quem precisa emagrecer, mas não consegue se adaptar à dieta vegana.

Veja a receita de uma feijoada light.

Receita de feijoada light com lombo

  1. Deixe o feijão ficar de molho pelo menos um dia na água;
  2. O mesmo faça com as carnes salgadas, a saber, lombo congelado, salgado e carne seca, mas em uma tigela diferente;
  3. Troque várias vezes a água da tigela com carne para retirar o excesso de sal;
  4. Ao completar um dia, ferva as carnes em uma panela com água e retire o líquido ao final. Esse procedimento ajuda a tirar o excesso de gordura;
  5. O feijão, cozinhe em uma panela de pressão e coloque o refogado feito em frigideira antiaderente, de preferência, e sem óleo. O refogado deve ser constituído de cebola, cheiro-verde, alho, louro e carne em pedaços;
  6. Depois basta aplicar o sal e aguardar ficar no ponto.

Feijoada magra

Outra forma de se referir à feijoada light é como “feijoada magra”. A ideia é fazer uma versão menos encorpada, mas não menos saborosa em relação à versão tradicional. Há carnes, porém, menos gordurosas e calóricas.

Portanto, lembre-se que feijoada vegana é diferente da light ou magra, porque, ao contrário destas últimas, não tem qualquer tipo de carne, apenas grãos e legumes.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo