Proteínas são importantes para o metabolismo de humanos e animais

Inicio » Agronegócio » Proteínas são importantes para o metabolismo de humanos e animais
02/06/2020 Por
Proteínas são importantes para o metabolismo de humanos e animais

Os alimentos mais ricos em proteínas são os de origem animal

As proteínas são indispensáveis para a sobrevivência dos seres vivos, porque são responsáveis por praticamente todas as funções celulares de um organismo e exercem diversas funções.

Presente na natureza por meio de várias combinações moleculares, para estudar as proteínas a fundo é preciso se debruçar em matérias como química e biologia. Carne de animais como o boi é uma excelente fonte de proteínas, oferece a porção mais completa dessas propriedades, mas não é insubstituível para se obter uma alimentação satisfatoriamente rica em proteínas.

proteínas

O que são proteínas?

Proteínas são substâncias formadas a partir da combinação de aminoácidos que se ligam entre si. Formam-se com a reunião de um quarteto vital para o desenvolvimento e sobrevivência de qualquer organismo: oxigênio, nitrogênio, hidrogênio e moléculas de carbono.

Apesar da diversidade existente, apenas 20 aminoácidos se misturam para formar outras substâncias. Eles se combinam em diversas variações, cada uma originando proteínas diferentes.

É uma combinação de elementos essenciais que gera outro elemento não menos essencial. Sem essas propriedades, sustentar um organismo complexo como a raça animal seria extremamente complicado, para não dizer inviável.

Função das proteínas

A função das proteínas dentro do organismo é vital.

Detalharemos algumas de suas funções importantes para que possa ter melhor entendimento de sua importância, porém, discorreremos antes a respeito de suas estruturas, ou classificação.

Classificação das proteínas

As proteínas estão agrupadas em quatro categorias:

  • a estrutura primária;
  • estrutura secundária;
  • de estrutura terciária;
  • e estrutura quaternária.

Cada estrutura dentro da classificação das proteínas é definida de acordo com a disposição espacial de uma cadeia de aminoácidos, ou seja, se essa cadeia tem uma sequência linear, encurvada, tridimensional ou com duas ou mais cadeias.

Cada sequência corresponde a um tipo de proteína. A linear diz respeito à estrutura primária; a encurvada é a secundária; a tridimensional é a terciária e, por fim, a de duas ou mais cadeias se refere à quaternária.

proteínas

Importância das proteínas é enorme

Voltamos a destacar a importância das proteínas para o organismo dos seres, pois elas têm participação ativa em todos os processos biológicos. Estão presentes ativamente nas reações químicas que ocorrem constantemente nos organismos vivos e ainda são a base de composição de muitas células.

As células, por sua vez, são a base da constituição de qualquer ser e cada uma exerce papel importante para o funcionamento do corpo. Por exemplo, uma célula que não execute bem a sua função ou por algum motivo esteja em falta gera transtornos que requerem cuidados muito específicos e trabalhosos.

Para ser um pouco mais claro e menos difuso:

  • Elas são responsáveis pela movimentação dos músculos. Como se moveria sem a força e flexibilidade deles?
  • Estão presentes na composição de anticorpos. Já imaginou como sua vida seria uma complicação sem a defesa natural do organismo?
  • Estão presentes na composição de hormônio. E o que seria de você sem hormônios?
  • Ajudam no transporte do oxigênio. Dispensa comentários, não é mesmo?
  • Fazem a coagulação sanguínea. Qualquer dano interno ou qualquer microvaso rompido sem essa ação poderia se tornar uma bomba-relógio com efeitos catastróficos.

Tipos de proteínas

Há três grupos dessa substância na natureza. As de origem animal, vegetal e sintética. Saiba mais sobre esses tipos de proteínas.

Proteína animal

A própria nomenclatura deixa fácil a identificação da fonte dessas proteínas, ou seja, a carne dos animais.

A carne de origem animal é a que mais fornece os aminoácidos essenciais para o organismo humano. Não se fala aqui de quantidade, mas de variedade. É a fonte mais completa, pois fornece quase todos os aminoácidos.

Por isso, se a sua dieta estiver precisando de mais proteínas e se você não for vegetariano ou vegano, invista em carne. Talvez seja uma boa hora de matar a saudade daquele rodízio perto da sua casa.

Proteína vegetal

São as encntradas nos vegetais. É um tipo de fonte mais pobre, mas não no quesito qualidade, apenas quantidade. Não é possível suprir a demanda por aminoácidos essenciais no consumo de um único vegetal, ao contrário do que ocorre com a carne animal.

Claro que depende do tipo de carne que se consome, mas o fato é que boa parte da carne animal por si só supre a demanda dos aminoácidos básicos.

Diante desse fato, como as pessoas que não se alimentam de carne conseguem uma alimentação adequada? Ou elas simplesmente não se alimentam adequadamente?

Nada disso. É perfeitamente possível ter uma dieta saudável sendo vegetariano ou vegano. A diferença é que o cardápio das pessoas inseridas nesses grupos necessita de uma diversidade maior de alimentos para atingir a quantidade mínima recomendável de proteínas.

Em vez de se fartarem consumindo uma única peça, um único prato, investem no atacado, na diversidade.

Proteína sintética

As de origem sintética se originam da manipulação humana, da tecnologia de laboratórios. Essas proteínas são aplicadas em casos de reposição alimentar ou por pessoas que estejam atrás de fontes alternativas da substância.

proteínas

Alimentos com proteínas

Conforme mencionado acima, os alimentos mais ricos em proteínas são os de origem animal. Dessa classe de alimentos, destacamos:

  • Carne de boi;
  • Peixe;
  • Ovo;
  • Leite;
  • Iogurte;
  • Queijo.

Da classe de proteínas de vegetais, podemos citar:

  • Soja;
  • Feijão;
  • Ervilha;
  • Nozes;
  • Grão-de-bico;
  • Lentilha.

A pergunta inevitável nesse tópico: mas e os alimentos de origem sintética?

Como são produzidos em laboratórios e boa parte deles é aplicada diretamente no paciente, talvez suponha que não tenha produtos específicos, comercializáveis, com essa origem. Talvez pense que seria mais apropriado elencar os nomes das fabricantes, mas por acaso se esqueceu dos suplementos alimentares?

Estamos falando dos produtos conhecidos como Whey Protein. Como acredita que são feitos? Claramente passam por processos industriais, portanto, por manipulação laboratorial. Por isso, são enquadrados como proteínas de origem sintética.

Alimentos com proteínas magras

Há também outra categoria de alimentos, que são as proteínas magras. Nesse caso, o alimento pode ser tanto de origem vegetal quanto animal. As carnes, nesse caso, são as de gordura pobre, como é o caso do peito de frango e peito de peru sem pele.

O consumo de proteínas proporciona crescimento muscular e prevenção de doenças como colesterol alto, aterosclerose e excesso de peso; ou seja, não dá para imaginar uma vida saudável sem elas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo