Quebra pedra é nome dado a plantas que ajudam a tratar cálculos renais

Home » Meio Ambiente » Quebra pedra é nome dado a plantas que ajudam a tratar cálculos renais
28/10/2019 by
Quebra pedra é nome dado a plantas que ajudam a tratar cálculos renais

Quebra-pedra é gênero de plantas que possui propriedades anestésicas, antiespasmódicas e atua como relaxante muscular

Quebra-pedra é um nome comumente dado as plantas que se desenvolvem ao redor de casas, principalmente durante a chuva. Existem, no mínimo, três espécies vegetais que são chamadas pelo termo.

O chá feito de quebra-pedra é destinado ao tratamento de cálculo renal. Além de ser destinada para tratar pedras nos rins, a planta possui diversas propriedades medicinais. Porém, alguns cuidados devem ser tomados quanto a ingestão da bebida.

quebra-pedraO que é quebra-pedra?

Quebra-pedra é o nome dado a algumas plantas da família das euforbiáceas, muito utilizadas na fabricação de chás. Seu uso principal é voltado para dissolver pedras nos rins, daí o nome. Além deste termo, ela também é conhecida pelos nomes arrebenta-pedra e erva pombinha.

A planta se adapta bem em regiões tropicais e cresce ao redor de casas e terrenos baldios. Sua altura pode variar entre 40 e 80 cm de comprimento. A quebra-pedra se desenvolve bastante durante a época chuvosa e em qualquer tipo de solo.

Quais espécies recebem este nome?

Conforme dito no inicio deste post, existem pelo menos três tipos de quebra-pedra. São eles, Phyllanthus acutifolius, Phyllantus niruri e Phyllantus amarus.

O Phyllanthus acutifoliys é uma planta de folhas verde-escuras, que possui trechos azulados em sua parte inferior. As flores desta variedade são hermafroditas e suas frutos se destacam pela forma capsular.

A variedade originária do Brasil é encontrada basicamente em todo o país. O uso da planta é voltado para prevenção de cálculo renais e de bexiga.

O Phyllantus niruri é uma variedade, que inclusive, foi patenteada por uma empresa norte americana. Isso porque ela é bastante eficaz no combate ao vírus que causa a hepatite B.

Outra espécie muito conhecida da planta quebra pedra é a Phyllantus amarus, que além de combater a hepatite B, possui propriedades anticancerígenas e anti-inflamatórias.

No Brasil, há ainda outra variedade muito conhecida, a Phyllantus tenellus. A espécie é conhecida pelo seu potencial diurético, além de ser eficaz no combate às pedras nos rins.

Para que serve quebra-pedra?

De modo geral, todas as espécies denominadas como quebra-pedra podem ser destinadas a produção de chás caseiros que possuem diversas propriedades medicinais. Além de diuréticos, são capazes de abrir o apetite e atuam como analgésico. Além disso, têm propriedades que levam ao relaxamento do músculo e combatem infecções.

O chá de quebra pedra promove benefícios ao organismo como, por exemplo:

  1. Ajuda a combater a azia;
  2. Combate a ação dos vírus no organismo;
  3. É indicado para tratar prisão de ventre;
  4. Pode ajudar a proteger o fígado de intoxicações;
  5. É recomendado para o tratamento e prevenção das pedras nos rins;
  6. Previne também o desenvolvimento de pedras nas vesículas;
  7. Por diminuir os níveis de açúcar no sangue, consegue combater o diabetes;
  8. Auxilia a eliminar o sódio do organismo, atuando portanto no controle da pressão arterial;
  9. Exerce a função de antioxidante, logo ajuda a eliminar radicais livres tóxicos ao organismo;
  10. Alivia as dores provocadas pelos cálculos renais e outras dores, porque possui propriedades anti-inflamatórias;
  11. Ao contribuir com o controle da pressão, o chá atua ainda na prevenção de derrames. Além de que, contribui com a saúde do coração.

Como fazer chá de quebra pedra?

É bem simples preparar o chá desta planta, sendo que o necessário para o seu preparo é alguns gramas de quebra pedra e um litro de água.

Primeiramente, leve a água para o fogo e, assim que ela levantar fervura, adicione a variedade e deixe no fogo por no mínimo cinco minutos. Por último, é só passar a bebida em um coador e ingeri-la, de preferência quando ainda estiver morna.

quebra-pedra

A bebida emagrece?

Não exatamente, mas ajuda a desinchar porque possui propriedade diuréticas. Logo, ele contribui a diminuir aquelas inchaços incômodos provocadas pela retenção de líquidos no organismo.

Esse inchaço que provoca a sensação de estar com um quilinhos a mais. Sendo assim, o chá de quebra pedra é ideal para quem busca o emagrecimento, já que induz a eliminação dos corpos que incham o organismo. No entanto, vale ressaltar que somente o chá não contribui para o emagrecimento, o ideal é conciliar a prática de exercícios físicos com uma alimentação balanceada.

Há alguma contraindicação quanto a ingestão da bebida?

Sim, o chá produzido a partir da planta é contraindicado para mulheres grávidas, em fase de puerpério ou de amamentação.

Ele não é indicado porque é capaz de induzir o aborto, uma vez que atravessa a placenta, além de que pode alterar o gosto do leite materno. Além das mamães, crianças com menos de seis anos de idade não devem ingerir o chá.

Outra recomendação quanto a ingestão da bebida é jamais toma-la por três meses seguidos e sem nenhuma pausa. O ideal é parar de beber o chá por cerca de duas semanas, a fim de evitar a manifestação de efeitos colaterais ou outros sintomas indesejados.

Quebra-pedra em cápsulas

O quebra pedra em cápsulas é um medicamento natural, feito a partir da Phyllantus niruri. Ele é destinado ao tratamento de cólicas nos rins e, também, na bexiga. Além de atuar no tratamento e prevenção de cálculos renais, o fármaco tem ação anestésica, combatendo, portanto as dores.

Além disso, o medicamento atua como um relaxante, o que facilita a eliminação das pedras. A cápsula de quebra pedra também possui propriedades diuréticas e antiespasmódica.

Euphorbia prostata

O quebra-pedra roxo, também conhecido como quebra-pedra rasteira, cujo nome científico é Euphorbia prostata, é uma das variedades mais conhecidas.

Essa espécie se desenvolve, principalmente, em regiões do Caribe e também na América do Sul. No entanto, pode ser encontrada em qualquer parte do mundo, e muitas vezes, é considerada como uma erva daninha.

quebra-pedra

A quebra-pedra rasteira é também integrante da família das euphorbiaceae. É uma erva pequena, com caules de até 20 cm. Em alguns locais, é possível encontrar esse caule com coloração purpura, bem semelhante ao roxo. Suas folhas são caracterizadas por apresentarem formato oval.

O uso medicamentoso desta variedade de quebra-pedra está relacionado ao tratamento de hemorroidas devido a sua composição, rica em flavonoides, ácidos fenólicos e fenólicos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo