Queijo coalho é típico do Nordeste e destaca variadas formas de preparo

Inicio » Agronegócio » Queijo coalho é típico do Nordeste e destaca variadas formas de preparo
17/08/2020 Por
Queijo coalho é típico do Nordeste e destaca variadas formas de preparo

Um queijo muito popular nos litorais brasileiros é vendido na beira da praia em diferentes formas de preparo. O queijo coalho é produzido através de processos de fermentação e de coagulação, e seu consumo possui maior força na mesma região que o produz, o Nordeste.

O queijo coalho é produzido há mais de 150 anos nos sertões nordestinos, e foi desenvolvido a partir do chamado matulão. Assim sendo, o matulão era a bolsa de origem animal onde o leite era transportado e acabava coagulando, e disso se originou esse produto.

Queijo coalho

O que é queijo coalho?

Queijo coalho é originário do Nordeste que pode ser consumido de diversas formas, sendo essas a sua forma original, frito ou até mesmo assado. Isso porque a sua textura diferenciada faz com que esse queijo se mantenha firme, mesmo exposto ao calor.

É muito fácil compreender o que é queijo coalho. Nas praias, é comumente encontrado o famoso espetinho de queijo coalho. Nesse caso, trata-se de um espetinho de madeira com um pedaço de queijo, que pode ser frito ou assado.

Por conta disso, quando é frito ou assado, o queijo deste tipo forma uma casca ao seu redor, dando firmeza e crocância ao produto. Justamente por essa característica que ele pode ser preparado de múltiplas formas para consumo, sendo um queijo versátil na cozinha.

É um tipo de queijo que possui uma umidade considerada entre média à alta, e o seu teor de gorduras pode variar entre 40% até 60%. Além disso, pode ser produzido com outros temperos e condimentos, dando diferentes sabores ao produto e aumentando a variedade de gostos.

As calorias do queijo coalho também giram em torno de 350 calorias para cada 100 gramas do produto. No entanto, é possível encontrar o queijo coalho light, que para a mesma quantidade de produto pode-se encontrar cerca de 240 calorias.

O preço do queijo coalho pode variar conforme o fabricante, sendo que gira entre 60 reais até 120 reais pelo quilo de produto. Por conta disso, é preciso avaliar o local de compra e principalmente o custo do frete, em caso de compras à distância.

O queijo coalho e a nutrição

Entre os benefícios do queijo coalho considerando a nutrição, podem ser descritos os seguintes pontos:

  • Equilíbrio da flora intestinal;
  • Combate aos radicais livres;
  • Ação antioxidante;
  • Ajuda no sistema imunológico.

Conforme mencionado acima, existem muitos pontos positivos ao consumir esse queijo. No entanto, vale lembrar que esse queijo não é indicado para pessoas que possuem intolerância a lactose. Ademais, ele é principalmente proibido para os celíacos.

Esse produto é igualmente fonte de cálcio, vitaminas lipossolúveis, proteínas, fósforo, entre outros. Por conta disso, esse saboroso e versátil queijo possui tanto destaque no mercado nacional, especialmente no Nordeste.

Por possui um índice de gorduras considerado alto, é aconselhado o consumo moderado desse queijo. Além disso, pode ser útil na prevenção do câncer, visto que o queijo possui ação antioxidante, entre os outros inúmeros benefícios para a saúde.

O produto é constituído de uma massa de coloração branca, suavemente salgado e ácido. Sua principal característica que o torna um curinga na culinária é a sua alta resistência ao calor. Por conta disso, pode se feito queijo coalho grelhado até queijo coalho no forno.

Queijo coalho

Como produzir o queijo de coalho?

Para poder entender como fazer queijo coalho, é necessário compreender os processos de fermentação e de coagulação. Dessa maneira, é possível produzir facilmente esse tipo de produto com os recursos comuns a qualquer cozinha simples, sem necessidade de grandes diferenciais.

Entendendo como é feito o queijo coalho, a produção dele pode até mesmo ser feita de forma doméstica, visto que apenas necessita de uma estrutura básica. Para realizar a produção de queijo coalho, basta seguir algumas dicas simples.

Basta usar um leite de boa qualidade, sendo preferencialmente recém-ordenhado. Desse modo, o leite precisa estar na temperatura média de 35 °C. Essa é a temperatura ideal para que possa ocorrer o coalhamento do leite.

Depois disso, deve-se dissolver o coalho na quantidade de 100 ml de leite, conforme o fabricante orienta. Sendo a mistura feita, a mesma deve ser mantida em um repouso de mais ou menos 50 minutos.

Assim sendo, é necessário cortar o material. Isso fará com que se separe mais facilmente o soro do leite da massa criada. Depois disso, basta aquecer a metade desse soro até uma temperatura de 85 °C, e então devolvê-lo à massa e salgar a gosto, misturando tudo.

Após esse processo, basta colocar a massa em uma forma e então prensá-la pelo período de quatro horas. Dessa forma, a massa ganhará consistência, e então deverá ser cortada e virada para uma nova prensagem de mais oito horas. Depois disso, o processo está concluído.

Queijo coalho

Receitas e preparo do queijo

Existem diversas receitas com esse delicioso queijo e diferentes modos de preparo. Dentre esses modos, podemos citar o famoso queijo coalho com mel. Desse modo, ele pode ser assado no forno ou até mesmo ser preparado na forma de queijo coalho no churrasco.

Assim sendo, o queijo no espeto é assado na brasa, como se fosse uma carne. Isso faz com que o queijo crie uma casca firme, seca e crocante, e o seu interior se mantenha cremoso e úmido. Essa é uma das receitas mais consumidas desse produto, principalmente por vegetarianos.

Além disso, o preparo de queijo coalho ralado também pode ser feito em casa, ou até mesmo comprado já dessa forma. Esse tipo de produto é ideal para acompanhar outros tipos de alimentos como saladas, sopas, massas e até risotos.

Já o queijo coalho tostado pode ser feito da mesma forma, na frigideira ou até mesmo no forno. As combinações são diversas com variadas receitas. Assim sendo, esse tipo de receita pode ser facilmente encontrada na internet, em diversos preparos para todos os gostos possíveis.

É justamente por esse motivo que o queijo coalho é um curinga na culinária nordestina, e vem ganhando cada vez mais território Brasil adentro. Da mesma forma, os espetinhos de queijo vão se espalhando em vários locais de norte a sul nos litorais cada dia mais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo