Conheça os tipos de pepino mais consumidos pelos brasileiros

Inicio » Agricultura » Conheça os tipos de pepino mais consumidos pelos brasileiros
12/04/2021 Por
Conheça os tipos de pepino mais consumidos pelos brasileiros

O pepino é um tipo de vegetal bastante conhecido e consumido no Brasil. Por se tratar de um alimento com bom desenvolvimento em climas mais quentes, a produção de diferentes tipos de pepino no país é bastante interessante, mais concentrada nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Minas Gerais.

Portanto, vamos mostrar os principais tipos de pepino cultivados na agricultura brasileira. Antes de tudo, vale destacar que o pepino tem diversos benefícios. Um deles se dá por ser um alimento com grande quantidade de água, estimada em 97%. Além disso, também é um legume versátil e que se encaixa perfeitamente em diferentes tipos de salada, conservas e até sucos.

Ainda mais, o pepino é um excelente aliado no combate ao intestino preso, estando entre os vegetais que contribuem para a fluidez e bom funcionamento da digestão. Portanto, conheça tipos de pepino utilizados na alimentação e suas principais características.

tipos de pepino

Pepino aodai

O aodai também é conhecido como pepino comum, e isso não é à toa. Este é o tipo mais comum no comércio, ou seja, está em feiras e mercados de todo o país.

Ele tem o formato cilíndrico e possui casca na cor verde escura. Além disso, é comum em saladas cruas, incluindo outros tipos de vegetais como tomates e alfaces.

Pepino caipira

Uma das principais características do pepino caipira está na coloração da casca, com variações de verde claro. Ainda mais, é um vegetal também cilíndrico e comprido, ultrapassando 15 centímetros de comprimento, mas ainda é menor do que os outros tipos de pepino.

Essa variedade de pepino não tem sabor amargo e está em diferentes tipos de saladas. Trata-se também de um alimento diurético, que aumenta a saciedade. Com isso, o pepino caipira integra diversas receitas de sucos verdes e detox.

Pepino Holandês

O pepino holandês tem, aproximadamente, 25cm de tamanho, em formato cilíndrico também. Além disso, possui uma casca fina e lisa, de cor verde escura, e sabor levemente adocicado.

Apesar de conquistar o paladar brasileiro, o consumo desse pepino é bastante comum na Europa. Ainda assim, os produtores no Brasil seguem investindo na produção, inclusive em sistemas de cultivo hidropônico.

Pepino japonês

Essa variedade de pepino também tem a casca verde escura, chegando a 30 centímetros de comprimento. Ele é mais fino que pepinos comuns e tem pequenos espinhos na casca.

Uma de suas características está no fato de não possuir sementes, muito utilizado em saladas agridoces e receitas cozidas.

Por que consumir pepinos?

Antes de tudo, como já mencionado, o pepino é um aliado para ter um intestino funcionando perfeitamente. Na ingestão cotidiana de água, o vegetal soma forças para manter o organismo com a hidratação necessária.

Além disso, o pepino possui baixa caloria e é um aliado em dietas com déficit calórico. Com casca, um pepino pode apresentar menos de 50 calorias e, do mesmo modo, possui fibras solúveis que se dissolvem na água e retardam a sensação de fome.

Por fim, com a variação de tipos de pepino é possível soltar a imaginação nas receitas, buscando combinar sabores e nutrientes diversos, colorindo a alimentação e enriquecendo o cardápio no dia a dia. Sem falar nas possibilidades de renda com a plantação dessa diversidade, promovendo o cultivo de diferentes espécies na agricultura.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo