Vitamina B (ou do complexo B) pode ser de 8 diferentes tipos

Inicio » Agronegócio » Vitamina B (ou do complexo B) pode ser de 8 diferentes tipos
03/12/2020 Por
Vitamina B (ou do complexo B) pode ser de 8 diferentes tipos

A vitamina B é fundamental para nossa saúde física e mental. E entre os milhares de nutrientes que podemos ingerir de forma natural, a vitamina B é um dos mais abundantes.

Por isso, nesse artigo, vamos explicar quais os tipos de vitamina B e o seu efeito sobre o nosso organismo. Além disso, você aprenderá quais alimentos são ricos nesses nutrientes. Confira a seguir!

Vitamina B

O que é vitamina B?

Vitamina B é um grupo de vitaminas solúveis e água. A função da vitamina B é transformar o alimento em energia, além de ajudar a melhorar nosso sistema imunológico e nervoso.

Embora o complexo B seja muito importante para o nosso organismo, o corpo humano não armazena grandes quantidades desse nutriente. Assim é necessário comer alimentos ricos em vitamina B todos os dias. Felizmente, ela está presente em grande parte dos alimentos que consumimos.

De fato, existem 8 tipos de vitaminas no complexo B, são elas:

  • Tiamina (B1);
  • Riboflavina (B2);
  • Niacina (B3);
  • Ácido pantotênico (B5);
  • Piridoxina (B6);
  • Biotina (B7);
  • Ácido fólico (B9);
  • Cobalamina (B12).

Benefícios da vitamina B

De forma geral, a vitamina B ajuda na sintetização de gordura, proteínas e carboidratos. Assim, elas ajudam na digestão e absorção de diversos nutrientes. Ademais, o complexo B ajuda a controlar o apetite.

Além disso, esse nutriente tem um papel importantíssimo na nossa saúde mental, já que ele ajuda a tratar e evitar a depressão e a ansiedade. Em conjunto, a vitamina B ajuda na manutenção da saúde dos nervos e músculos, da pele, dos olhos, dos cabelos, do fígado, da boca e do aparelho gastrointestinal.

Por outro lado, o excesso ou deficiência de vitamina B pode ser prejudicial à saúde. Por isso, veja a seguir quais os benefícios dos diferentes tipos de vitaminas do complexo B e em quais alimentos elas estão presentes.

Vitamina B

Tipos de vitamina B

Tiamina

A Tiamina, ou vitamina B1, é importante para o bom funcionamento dos sistemas cardiovascular e nervoso, ajudando em casos de depressão e fadiga. Para isso, ela atua na metabolização de gordura, proteínas e carboidratos.

A falta de vitamina B1 resulta em falta de energia, perda de memória, depressão e fraqueza muscular. Entretanto, a Tiamina pode ser encontrada em leveduras, castanhas, ovos, cereais integrais, farelo de trigo, leite, carnes, frutas, legumes, hortaliças e leguminosas.

Riboflavina

A vitamina B2, ou Riboflavina, é fundamental para o metabolismo de energia. Ela ajuda prevenir a catarata e ajuda na manutenção da pele. Além disso, esse nutriente auxilia na produção de adrenalina e na produção de glóbulos vermelhos durante a gestação.

Embora a deficiência de vitamina B2 seja bastante comum, ela pode ser facilmente tratada com uma dieta adequada. De forma geral, a falta de Riboflavina causa inflamação na língua e nos lábios, coceira nos olhos, tontura e dermatite seborreica. Assim, incluir oleaginosas, brócolis, ervilhas, abacate e cereais integrais podem ser de ajuda para a nossa saúde, pois esses alimentos são ricos em Riboflavina.

Niacina

Semelhantemente, a vitamina B3 (Niacina) é essencial para a produção de energia das células. Ela também ajuda na síntese de alguns hormônios, colaborando para o bom funcionamento do sistema nervoso e do sistema imunológico. Ademais, a Niacina é bastante eficaz na redução de triglicérides e do colesterol.

Por outro lado, a falta de Niacina pode resultar em cansaço, insônia, irritabilidade, depressão, manchas na pele e uma doença chamada Pelagra. Assim, é importante sempre ingerir alimentos ricos em vitamina B3, como cogumelos, fígado, levedo de cerveja, amendoim, frutas secas, cenoura e tomate.

Ácido Pantotênico

Por outro lado, além de ajudar no metabolismo de gordura, a vitamina B5 (Ácido Pantotênico) tem um papel importante na formação de hemácias. Também, ela auxilia na produção de anticorpos e na manutenção das cartilagens.

Assim, a falta do Ácido Pantotênico poda causar dores musculares, fadiga, formigamento das extremidades, artrite, estresse, irritabilidade, depressão, atraso no crescimento, queda de cabelo, alergias e até o envelhecimento precoce.

De fato, os principais alimentos ricos em vitamina B5 são: leite, ovo, vísceras de animais, gérmen de trigo, leguminosas e cogumelos.

Vitamina B

Piridoxina

A vitamina B6, ou Piridoxina, é importante para o nosso sistema imunológico, nervoso e cardiovascular. A deficiência desse nutriente pode resultar em confusão mental, irritabilidade, inflamações na boca e na língua e, em casos mais graves, anemia.

Entretanto, a vitamina B6 está presente em peixes e vísceras, em cerais integrais, levedura de cerveja, na banana, em uvas passas e em algumas sementes e oleaginosas.

Biotina

A Biotina (vitamina B7) é um excelente oxidante e atua no crescimento celular e na redução de açúcar no sangue. De forma geral, a falta desse nutriente no organismo leva a descamação e vermelhidão da pele, fraqueza do cabelo e das unhas, bem como alterações neuromusculares, conjuntivite e aumento da glicemia.

Para evitar esse tipo de complicação, pode-se incluir na dieta sementes, carne vermelha, nozes, alface e couve-flor.

Ácido Fólico

Por outro lado, a vitamina B9, mais conhecida como Ácido Fólico, é responsável por promover a saúde da pele e do cabelo e sintetizar o DNA. Além disso, ele ajuda na manutenção do sistema circulatório, nervoso e imunológico. Por isso, a deficiência desse nutriente pode causar anemia, má formação no feto, insuficiência respiratória, fadiga, palidez e lesões na mucosa.

Os principais alimentos ricos em vitamina B9 são: frutas cítricas, folhas escuras, vísceras, lentilha, feijão, amendoim e ovo.

Cobalamina

Por fim, a vitamina B12 (Cobalamina) ajuda no equilíbrio hormonal, na produção de glóbulos vermelhos e de células nervosas. Assim, a falta desse nutriente pode levar a anemia, depressão, falhas na memória e outras alterações psíquicas, bem como dificuldade para andar, formigamento das pernas, incontinência urinária, falta de energia e tontura.

Entretanto, a vitamina B12 está presente somente em alimentos de origem animal, como peixes, frutos do mar, carnes e leite. Assim, as pessoas que não comem esse tipo de alimento, podem precisar fazer uso de suplementos veganos.

De fato, a vitamina B tem um papel muito importante no nosso organismo. Por isso, a melhor forma de consumirmos esse nutriente é através de uma alimentação equilibrada. Não deixe de inclui-lo em suas refeições e ajude a fortalecer o cenário agro brasileiro.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo