Ecologia é o estudo da relação entre ambiente e seres vivos

Inicio » Meio Ambiente » Ecologia é o estudo da relação entre ambiente e seres vivos
02/07/2019 Por
Ecologia é o estudo da relação entre ambiente e seres vivos

Ecologia é essencial para o entendimento dos seres vivos e do meio ambiente

A ecologia é o fragmento da Biologia que faz o estudo de relações dos seres vivos entre o seu meio e si mesmo. Trata-se do estudo do habitat dos seres vivos e a interação entre os mesmos com o seu meio. É uma ciência complexo e extensa, que tem como preocupação entender a função da natureza toda.

De mesma forma que demais áreas de estudo, a ecologia não é um estudo isolado. Para compreender melhor, há a necessidade de ter em mente um pouco sobre genética, evolução, fisiologia, biologia molecular e, ainda, anatomia.

Ecologia

Ecologia e Sustentabilidade

Sustentabilidade tem tudo a ver com ecologia e vice-versa. Isto porque a ecologia promove o estudo de interações entre o organismo e os ambientes em que há a sua inserção. Isso levando em consideração os sistemas de maior complexidade e interligação que causa influência nas vidas existentes na Terra.

O interessante é que uma das vertentes da ecologia é a sustentabilidade. Isso em razão de que alguns podem não ter certeza sobre se uma determinada atitude é sustentável até compreender como a atividade é capaz de influenciar neste ambiente natural. Outro ponto delicado é em relação ao desequilíbrio de ecossistemas, em virtude de atitudes humanas, bem como descarte de lixo incorreto ou, ainda, animais e árvores removidos.

Mas é válido lembrar que a conservação ecológica é dependente direta de construção de materiais e técnicas que façam a proteção dos elementos:

  • terra;
  • planta;
  • água;
  • ar;
  • vida geral.

Desenvolver métodos sustentáveis que não promovem agressão ou prejuízos à sobrevivência e a maneira de viver de futuras gerações é o produto específico dos estudos de muitos ecologistas pelo mundo inteiro.

Importância da ecologia

Ao realizar os estudos da área, os profissionais estão aptos à visualização com clareza sobre a maneira como as espécies interagem entre si, bem como as suas coexistências em ambientes específicos. Além disso, consegue obter informações sobre as razões que desencadeiam uma espécie a viver em determinado espaço e deixar determinados outros.

Há, também, a possibilidade de fazer a compreensão sobre a maneira como uma espécie apresenta a capacidade de influência em determinada sociedade e impactos que têm geração a partir dela. Através dessas avaliações, portanto, pode-se prever situações sobre o futuro de espécies e as possíveis consequências de alterações de padrões.

É extremamente importante fazer o destaque, também, em relação a ecologia. É essencial para compreender o futuro da Terra. A contar o momento que compreendemos as espécias e necessidades, estamos aptos a fazer análises claras em relação a atividades que causam influências do meio. Dessa forma, entender a ecologia e uma população conscientizada podem auxiliar para a garantia de um futuro em que há a sustentabilidade do planeta.

Ecologia

Ecologia ambiental

O país apresenta ecologia ambiental com ótimo grau de biodiversidade. A fauna, a flora e demais microrganismos são passíveis de modificações de acontecimentos naturais ou, ainda, artificiais. Esse ecossistema faz o símbolo do ciclo vital para diversas espécies que vivem.

Ele é a representação categórica do modo como cada um ou cada fenômeno, portanto, tem a possibilidade de interferência em ordenamento de equilíbrio do meio ambiente. Os riscos de extinção acontecem, logo que existem falhas nesse processo relacionado à cadeia alimentar.

Ecologia da conservação

Trata-se de uma disciplina que procura por recursos nas ciências da natureza, ciências sociais e a partir da prática de gestão dos recursos naturais. Tem definição como um estudo da ciência natural e de toda a biodiversidade da Terra, com o intuito de fazer a proteção das espécies. Além delas, observa-se proteger os habitats e demais ecossistemas que tenham taxas de extinção em excesso. Estuda-se também a erosão de interação entre seres.

Os profissionais da conservação fazem a pesquisa e promovem a educação sobre processos e tendências em relação a biodiversidade que se perde, a extinção de animais e plantas, bem como a ação negativa que exerce sobre o manejo do bem estar da população de humanos.

O que a Ecologia da Conservação estuda é a forma em que os estudos da teoria e aplicação se desenvolvem em relação a conservação da flora e também da fauna. As pesquisas, portanto, podem ser referência a um tipo de espécie, a uma categoria taxonômica, área e ecossistema.

Estes estudos são passíveis, ainda, de políticas públicas da conservação, modelos de cenários para a conservação, planejamentos e análises de status das conservações de flora e fauna.

Atitudes ecológicas e sustentáveis

Ecologia e sustentabilidade andam juntas. Com a mudança climática e efeitos negativos de nossos próprios atos com a natureza, é importante repensar todas as atitudes. É com elas, portanto, que fazemos economias e ainda ajudamos o planeta.

Ecologia

Veja como ser ecológico e sustentável, em quaisquer âmbitos.

  • economize energia;
  • utilize reciclados;
  • reciclar é fundamental – desde eletrônicos até garrafas PET;
  • faça a compra de alimentos de produtores locais;
  • faça a compra de alimentos de produtos orgânicos;
  • tenha plantas em casa;
  • tenha uma sacola retornável para ir ao mercado;
  • use torneira que filtre a água, ao invés de comprar a água;
  • não use secadoras;
  • tire os aparelhos eletrônicos das tomadas, quando não estiver usando;
  • prefira o ventilador, ao invés do ar condicionado;
  • caronas são boas ideias; não use o carro sozinho;
  • prefira andar de bicicleta, quando puder;
  • faça a doação de coisas que não usa – portanto, não jogue no lixo;
  • busque o reaproveitamento de tudo o que usar, ao máximo;
  • faça a leitura de revistas e jornais online;
  • pague contas pela internet – peça faturas virtuais;
  • faça uso de lâmpadas que promovam, portanto, economia;
  • desligar sempre as luzes, ao sair do cômodo;
  • faça a substituição de eletrônicos por demais que tenham eficiência de energia;
  • desligar disjuntores e fechar a água, ao sair de viagem;
  • prefira notebook, tablets, ao invés do desktop;
  • ao fazer uso da impressora, use os dois lados da folha;
  • ande de transporte público, sempre que puder;
  • faça uso de pilhas recarregáveis;
  • TV smart e modernas fazem um consumo menor de energia, em relação aos mais antigos.

Essas atitudes básicas são, portanto, preocupações da ecologia e também da sustentabilidade que devem ser colocadas em práticas sempre que puder. Cuide do meio ambiente!

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo