Produção e comércio de milho verde no Brasil crescem a passos largos

Inicio » Agricultura » Produção e comércio de milho verde no Brasil crescem a passos largos
17/10/2019 Por
Produção e comércio de milho verde no Brasil crescem a passos largos

Cultivares de milho verde têm expressivo potencial econômico

Sem dúvida, o valor econômico expressivo da cultura do milho verde tornou-o uma opção muito procurada, sobretudo para pequenos e médios produtores, isto é, aqueles que se valem de mão de obra familiar.

Afinal, o milho verde tem um preço de mercado atrativo e uma demanda significativa quando in natura. Além disso, há uma procura crescente pelo cereal por parte de indústrias de conserva alimentícia.

milho verde

O que é milho verde?

Milho verde é um cereal conhecido e cultivado em várias partes do mundo. A palavra é nativa da extinta língua Taína, onde significava “doadora de vida” ou “mãe sagrada”.

A sua produção ocorre em todos os continentes, exceto pelo continente da Antártica. Devido à sua popularidade, existem cerca de três mil e quinhentos usos e derivados distintos para o milho.

Usos do milho verde

Sem dúvida, o grão é a matéria-prima e o principal ingrediente de uma variedade de alimentos tais como óleo de cozinha, batata frita, cereais, farinhas e muito mais.

De fato, até mesmo refrigerantes e sucos possuem adoçantes derivados do grão em sua composição. Em suma, um alqueire de milho consegue adoçar, em média, quatrocentas latas de refrigerante.

Além disso, o milho verde está presente em uma variedade de itens sem fins alimentícios. Por exemplo:

  • Produção de plástico;
  • Cosmético;
  • Antibiótico;
  • Sabão;
  • Detergente de roupa;
  • Corante;
  • Tinta;
  • Cola;
  • Fogos de artifício.

Em última análise, esse milho também integra a dieta alimentícia de uma série de animais, como aves e gados.

Milho verde

O milho verde (Zea mays L.) é usado pela humanidade para fins alimentícios em sua forma de grãos verdes ou secos.

De fato, o seu consumo pode ser feito por meio de cozimento simples, como assado ou curau. O ingrediente também marca presença na fabricação de pamonha, sorvete, bolo, biscoito e demais pratos e receitas.

De modo geral, a prática de cultivo de milho verde é quase exclusiva de agricultores pequenos e médios. Devido ao tempo de permanência em campo até a colheita, este milho tende a ser classificado como hortaliça.

Afinal, esse meio tempo ocorre em, aproximadamente, cem dias no inverno e noventa dias no verão. Assim, os centros de consumo do grão devem estar situados próximos às áreas de produção.

De fato, o mercado do milho verde é tão lucrativo e promissor que cultivares específicos foram lançados por empresas de sementes que entraram no negócio.

milho verde

Plantação de milho verde

A plantação de milho verde vem crescendo no Brasil, embora recentemente não sejam disponibilizadas informações. Afinal, empresas destinadas à produção de sementes estão empenhadas em obter plantios de milho verde cujas características  atendam às requeridas pelo mercado.

Isto é, os cultivares são procurados tanto para fins de consumo in natura quanto para as conservas de alimento da indústria. Os números de marcas de grande reputação e franquias que comercializam derivados do milho têm experimentado crescimento por todo o território brasileiro.

Por exemplo, os derivados mais produzidos, atualmente, são a pamonha e o suco de milho. A cultura do milho verde tem tanto potencial que produtores de outros setores têm migrado a fim de explorá-la.

Além disso, esse crescimento na demanda do produto no mercado também parece estimular os pequenos agricultores, isto é, aqueles usam de mão de obra familiar e passam agora a investir incrementos na indústria caseira. Em virtude disso, houve uma elevação na renda mediante o segmento.

Época de plantio

Atualmente, há no Brasil um sistema chamado de Zoneamento Agrícola. Trata-se de um sistema destinado a fornecer informações referentes às épocas mais seguras para o plantio de milho.

No entanto, para atender às demandas de consumidores, as produções de milho verde tendem a escalonar durante todo o ano. Geralmente, as épocas do plantio são orientadas por calendário estabelecido entre revendedor e produtor.

De fato, as épocas ideais de plantio dependem muito da região do cultivo. Assim, é recomendado que o produtor busque pela consultoria de um técnico para determinar em conjunto qual a época mais adequada e que apresenta menores riscos para o plantio.

Muitos fatores são considerados para determinar o intervalo pontual entre um e outro plantio. Por exemplo:

  • Tempo de processamento;
  • Ponto de colheita;
  • Tempo de comercialização;
  • Distância entre centro consumidor e lavoura;
  • Tempo de permanência em campo;
  • Demanda de mercado.

Portanto, é preciso que o produtor esteja ciente que a quantidade de dias do plantio até a colheita, no cultivo escalonado, é variável de acordo com a época.

Controle de pragas do milho verde

Para que não haja prejuízos no processo, é fundamental se ater ao controle de pragas. As medidas recomendadas para evitar prejuízos por doenças no plantio de milho verde são:

  • Controle biológico;
  • Seleção de espaçamento;
  • Seleção da época para semeadura;
  • Sucessão de culturas;
  • Rotação de culturas;
  • Manejo da cultura;
  • Controle químico;
  • Cultivares resistentes.

Os últimos devem ser indicados pela opinião de um especialista em pragas e insetos da cultura do milho.

milho verde

Milho verde cozido

Um dos modos mais comuns de consumir o milho é através do cozimento, ou seja, o famoso milho verde cozido.

Confira abaixo uma receita para aproveitar esse ingrediente tão rico!

Ingredientes:

  • Três espigas de milho;
  • Um litro e meio de leite integral;
  • 300 ml de água;
  • 50 gramas de manteiga;
  • Queijo ralado;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

  1. Primeiramente, coloque a água e o leite em uma panela e espere pegar fervura;
  2. Assim, quando ferver, lave e retire a espiga do milho e adicione o ingrediente na panela;
  3. Deixe o milho cozinhar na água e no leite por cerca de cinco a oito minutos;
  4. Se a manteiga utilizada não contiver sal, acrescenta pitadas de sal a gosto;
  5. Por fim, quando fechar o tempo estipulado, é hora de desligar o fogo, escorrer a água e servir com queijo ralado e manteiga.

Tipos de milho

A variedade de tipos de milho é, sem dúvida, extensa. Em suma, além do milho verde, as variedades podem ser agrupadas em categorias diferentes.

Os seis subtipos de milhos de pipoca mais populares, tradicionais e comuns são:

  • milho doce;
  • branco;
  • milho de pipoca colorido;
  • vermelho;
  • amarelo;
  • azul.

Diante de tudo isso, então, o milho verde se mostra um item de grande valor no agronegócio brasileiro.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo