Alguns tipos de carrapato podem causar sérios problemas

Inicio » Veterinária » Alguns tipos de carrapato podem causar sérios problemas
16/11/2020 Por
Alguns tipos de carrapato podem causar sérios problemas

Todos os tipos de carrapato são parasitas muito temidos. Assim como as pulgas, os carrapatos são parasitas incomodativos e que podem causar problemas sérios para a saúde animal e também humana. Os tipos de carrapato encontrados ao redor do mundo comprovam a rapidez que têm em se reproduzir.

Dessa forma, os tipos de carrapato são fortemente estudados. Tais estudos visam descobrir métodos eficazes de combater os parasitas e também as doenças que causam. No entanto, grande parte da responsabilidade em evitar esse problema é do ser humano.

tipos de carrapato

O que são tipos de carrapato?

Tipos de carrapato são espécies e famílias diferentes do parasita. Como se trata de um animal muito antigo, alguns tipos já não existem mais. Ainda assim, é muito comum notar um aumento notável na proliferação do carrapato, principalmente em estações quentes.

O fato é que, conforme o carrapato hospeda-se no animal e não é tratado, pode começar a colocar ovos e há grandes probabilidades de isso resultar em um surto. Dessa forma, todos os animais e seres humanos que entrarem em contato com o infectado, podem adquirir o mesmo problema.

Tipos de carrapato

Mesmo que seja uma espécie de parasita, o carrapato é considerado, cientificamente, um aracnídeo. Por conta disso, é muito comum que as pessoas se preocupem em relação aos tipos de carrapato e em como reconhecê-los.

Veja abaixo quais os tipos de carrapato e suas características:

  • Carrapato-estrela;
  • Carrapato preto ou carrapato preto redondo;
  • Carrapato vermelho.

Carrapato-estrela

Conhecido por ter o poder de levar um ser humano a óbito, o carrapato-estrela é um dos mais perigosos, já que causa a febre maculosa, portanto, faz parte do grupo de carrapatos que transmitem doenças.

Essa espécie de carrapato em humanos, bem como em animais, possui uma porcentagem de óbito de 30%. Para evitar o problema, a melhor dica é sempre correr para o pronto-socorro sempre que notar o animal em alguma parte do corpo ou perceber sintomas como:

  • Febre alta;
  • Dores de cabeça;
  • Dores musculares;
  • Manchas rosadas pelo corpo;
  • Necroses, em alguns casos.

Essa espécie de carrapato é avistada com maior frequência em locais onde há uma grande quantidade de vegetações e demais ambientes rurais, por isso é chamado de carrapato do mato. Os carrapaticidas são as melhores opções para evitar esse animal.

Além disso, ele pode ser um grande problema para profissionais agro, já que ataca principalmente os cavalos e faz com que o seu rendimento caia consideravelmente e, consequentemente, cause sérios danos à lucratividade.

tipos de carrapato

Carrapato preto

O carrapato perto é um dos responsáveis por transmitir a doença de Lyme, Borrelia e B. Mayonii, além de outras sérias infecções que causam sintomas muito parecidos com a febre maculosa, como as dores corporais, febres calafrios, etc. Todos, sem dúvida, são sintomas muito semelhantes aos de uma gripe.

No entanto, esse carrapato pode ser identificado por sua aparência que consiste em pernas pretas, corpo vermelho e uma escumalha preta que se localiza na parte superior do seu escudo. Não é visto com frequência, mas é um carrapato que pode se proliferar em seres humanos.

Carrapato vermelho

Entre os tipos mais temidos de carrapato, está o carrapato vermelho. Aliás, nenhum carrapato é sinônimo de coisas boas, mas o vermelho é o mais comum em centros urbanos e afeta em grande escala os gatos e cachorros.

Além disso, é extremamente perigoso, já que pode ser encontrado no interior de residências, por isso, é muito importante controlar o ambiente e os animais que nele residem. Quando há uma infestação e um frequente avistamento desse carrapato, assim como de qualquer outro, é indicado contatar uma empresa dedetizadora e consultar veterinários.

Essa espécie se prolifera muito bem em locais altos, de pouca luz e sem umidade. Rodapés, batentes de porta, atrás de quadros, em estrados de camas, guarda-roupas abarrotados e demais locais são perfeitos para que ele esteja presente e solte seus ovos.

Infelizmente, o carrapato vermelho não morre com produtos de limpeza. Por conta disso, o fato de estar presente não significa exatamente que o ambiente esteja sujo, mas sim que seja propício para a sua proliferação.

Entretanto, é muito importante frisar que, logicamente, limpezas e organizações frequentes são ótimas para evitar que haja a proliferação de todos os tipos de pragas, infestações, etc.

Carrapatos em cães e gatos

Os cães e gatos são animais muito suscetíveis a adquirir carrapatos. O carrapato em gatos, por algum motivo, não é tão frequentemente visto quanto o carrapato em cachorros. Ainda assim, tanto em gatos quanto em cachorros, providências podem ser tomadas.

Manter o animal sempre limpo e com as vacinas e vermífugos em dia é fundamental para evitar a doença. Também é muito importante higienizar a casinha, cama, panos de dormir, roupas, potes de água e comida e tudo aquilo que está envolvido com a higiene e bem-estar do pet.

tipos de carrapato

Carrapatos em bovinos

A situação dos carrapatos em bovinos ficou tão séria que existe uma espécie conhecida como “carrapato dos bovinos”. Essa espécie de carrapato está ligado diretamente com doenças como anemia, perda de peso, coceiras, miíases, desvalorização do couro, etc.

É sempre válido realizar uma pulverização para causar a morte de tais aracnídeos. Quem possui bovinos, precisa agregar um controle estratégico para evitar que haja surtos e demais infestações.

Carrapatos em equinos

O carrapato em cavalos é algo frequente, infelizmente. Geralmente, o carrapato de cavalo é conhecido por ser o tão famoso e temido carrapato-estrela. Isso porque é muito comum em regiões de campo, local onde os cavalos ficam com grande frequência.

A partir do momento em que se manifesta o carrapato em equinos, é preciso agir de forma ágil. Por conta disso, todo dia é preciso analisar muito bem o corpo do animal, sempre à procura de possíveis marcas do carrapato.

Além de desvalorizar o animal, o carrapato também causa danos quase irreversíveis à saúde do animal. Por conta disso, se tratando de equinos ou bovinos, é muito importante manter um ambiente adequado para que vivam.

Além disso, é importante jamais faltar com as consultas veterinárias, procurando sempre manter o cronograma indicado. A higiene dos animais é muito importante e pode combater diversos tipos de carrapato.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo