Tipos de pimentão são diversos e igualmente saborosos

Inicio » Agricultura » Tipos de pimentão são diversos e igualmente saborosos
03/12/2020 Por
Tipos de pimentão são diversos e igualmente saborosos

Existem vários tipos de pimentão, todos com sabores e aromas intensos. Os tipos de pimentão mais conhecidos são o vermelho, verde e amarelo, mas existem variantes exóticas, como pimentões roxos, laranjas e brancos. Todas as espécies proporcionam benefícios para a saúde. Fortalecimento dos ossos, do sistema imunológico e da visão são alguns deles.

Em 2020, no Brasil, cerca de 12.000 ha de pimentões são cultivados. TL Produção rende 280 mil toneladas anuais, aproximadamente. O cultivo é forte em todo o país. A produção brasileira contempla os principais tipos de pimentão.

Tipos de pimentão

O que é pimentão?

Pimentão é um vegetal do gênero Capsicum. Cientificamente atende pelo nome Capsicum annuum. É da família das Solanáceas, portanto, parente direto do tomate, berinjela e batata.

O vegetal tem várias espécies, cada uma com formato e cores próprias, ainda que todos apresentem semelhanças que os tornam facilmente identificáveis da mesma família. Em geral, os tipos de pimentão mais comuns têm formatos quadrados, retangulares e cônicos.

A hortaliça é presente na culinária de vários países, sendo muito apreciada em saladas, cozidos, molhos e em diversos tipos de pratos.

Seu gosto é acentuado, assim como o seu aroma, mas esses aspectos são influenciados pela cor do fruto que proporciona variações com características distintas, apesar de sutis em alguns casos.

A hortaliça que teve sua origem na América Central e no sul do México é rica em vitaminas A, C e do complexo B, além de contar com minerais e propriedades antioxidantes que ajudam a evitar o envelhecimento precoce da pele.

É possível conservá-la de dois a quatro dias. Na geladeira, pode ter vida útil mais prolongada, desde que embalada em saco plástico.

Tipos de pimentão

Há vários tipos de pimentão, todos se diferenciando, destacadamente, pelas cores. Os mais famosos são o verde, amarelo e vermelho, porém, há versões consideradas mais exóticas, como roxo e laranja.

E quais seriam as diferenças desses tipos de pimentão e o que explica essa variedade de cores e de formatos?

Em seguida, discorreremos mais a respeito disso, abordando detalhadamente os principais tipos de pimentão.

Pimentão vermelho e amarelo

Tanto o pimentão vermelho como o amarelo têm sabor suave e levemente adocicado.

O que explica suas colorações (de todos os pimentões, na verdade) é o tempo de maturação. Esse é o ponto determinante para a variedade de espécies. Para um pimentão ser verde, vermelho, amarelo ou ainda de outra cor, tudo depende de seu tempo de maturação.

No caso do pimentão vermelho ou amarelo, a cor indica que se encontram em um estágio mais avançado de maturação. Portanto, para produzir e colher determinados tipos de pimentão, é necessário observar e aguardar o tempo certo para fazer a colheita.

Tipos de pimentão

Pimentão verde

A cor do pimentão verde é precisa quanto ao estágio de maturação que se encontra o vegetal: verde, isto é, não totalmente maduro.

Isso explica por que o pimentão verde é produzido em maior escala (ou comercializado em maior escala) que os demais, porque como leva menos tempo para se chegar a esse estágio, mais rápida é a sua inserção nas praças comerciais de todo o país.

A precocidade influencia no seu sabor. Em comparação ao pimentão vermelho e amarelo, seu gosto é mais forte, marcante, com sabor azedinho.

Os benefícios do pimentão

Por se tratar de uma hortaliça de origem comum, variando apenas o seu tempo de maturação, todos os tipos de pimentão apresentam as mesmas vitaminas e minerais que proporcionam grandes benefícios ao organismo.

Os principais benefícios do pimentão estão listados abaixo.

Reforça o sistema imunológico

Como é rico em antioxidantes, o consumo de pimentão é para bom fortalecer o sistema imunológico.

Ou seja, se perceber que anda adoecendo com facilidade, em intervalos curtos, pegando muito resfriado, por exemplo, é sinal de que sua tropa de choque responsável por defender seu organismo da ação nociva de agentes externos como vírus e bactérias, por exemplo, está desfalcada ou sem motivação.

Uma dieta rica em pimentões pode ser o astral, o vigor que está faltando para manter a defesa natural do seu corpo em dia.

Combate ao envelhecimento

Esses mesmos antioxidantes encontrados em todos os tipos de pimentão também atuam no combate aos chamados radicais livres, o mesmo que combate o envelhecimento precoce.

E por quê? Porque esses tais radicais livres são células disformes, de má formação, que acabam atrapalhando o trabalho das células “normais”. Esse incômodo tem efeito de provocar danos, gerar mais células disformes, impedir que algumas funções sejam executadas e o resultado vai desde a aceleração do envelhecimento da pele até a eclosão de distúrbios graves como o câncer.

Ou seja, o pimentão, mesmo em escala bem reduzida, também pode ser considerado um alimento anticancerígeno, mas principalmente um alimento antienvelhecimento.

Tipos de pimentão

Bom para os ossos

O cálcio está presente na hortaliça e isso já deve dar uma ideia do que significa, certo? Fortalecimento dos ossos e dos dentes.

Não é à toa que o consumo de leite é tão importante para o desenvolvimento de humanos e animais, pois é riquíssimo do mesmo mineral, cálcio.

Portanto, se você lida com problemas como osteoporose, o pimentão não deve faltar na sua dieta.

Outros benefícios de consumir pimentão incluem:

  • Fortalece a saúde ocular por ser rico em vitaminas A e C;
  • Ajuda a absorver com mais facilidade o ferro, novamente em razão da presença de vitamina C;
  • Por ter poucas calorias, pode ser incluído em dietas de emagrecimento.

Como escolher pimentão?

Para fazer uma boa escolha de pimentão, analise os seguintes aspectos:

  • Ter caule verde e saudável;
  • Casca sem rugas, firme e macia;
  • Evite os que apresentarem manchas ou fissuras.

Para usufruir o máximo possível dos benefícios gerados por todos os tipos de pimentão, recomenda-se ainda temperá-los com azeite, pois o líquido auxilia o alimento no transporte pelo corpo, contribuindo para melhorar a absorção de todos os nutrientes.

Produção brasileira de pimentão

Com o cultivo de aproximadamente 280 mil toneladas/ano de todos os tipos de pimentão, somente o mercado nacional de sementes dessa hortaliça movimenta 1,5 milhões de dólares. São Paulo e Minas Gerais são os estados que colocam a região Sudeste na liderança da produção do vegetal. Juntos, produzem 120 mil toneladas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo