Quais são os principais tipos de respiração e como ocorrem?

Inicio » Veterinária » Quais são os principais tipos de respiração e como ocorrem?
03/12/2020 Por
Quais são os principais tipos de respiração e como ocorrem?

Os tipos de respiração podem ajudar muitos leitores a entender como ocorre a troca de ar de um ser vivo. Dessa forma, é possível ter uma maior noção de tudo o que envolve um ato tão simples como respirar.

De maneira geral, os tipos de respiração podem ter características bastante divergentes entre si. Isso faz com que a curiosidade seja ainda mais despertada a partir do momento em que se entende como funciona.

tipos de respiração

O que são tipos de respiração?

Tipos de respiração são atos diferentes de respirar. Em suma, respirar significa inalar o ar através da boca, nariz ou através da pele. Todos os tipos de respiração possuem características bem diferentes entre si, o que faz com que as pessoas tenham mais interesse em entender sobre o assunto.

De maneira geral, a respiração é a forma como muitos seres sobrevivem e trocam o oxigênio velho por um novo. Não existe nenhum ser vivo que não respire, mesmo que de maneira diferente do outro. Entender como cada respiração funciona pode garantir melhor entendimento do funcionamento de muitos seres, inclusive dos humanos.

Além disso, o sistema respiratório é de grande importância para qualquer ser vivo, já que garante vitalidade e qualidade de vida. Um ser que não possui uma condição respiratória favorável, pode apresentar uma série de problemas.

Tais problemas podem resultar em diversos aspectos. No caso de seres humanos e demais animais, por exemplo, pode ocorrer inchaço corporal, chiados, óbito, entre outros.

Respiração pulmonar

Um dos estágios iniciais da respiração pulmonar é justamente a entrada de ar pelas fossas nasais. Quando o ar é inspirado através da respiração pulmonar, ocorre a filtragem e o umedecimento. Isso ocorre por conta de pelos e mucos.

Após a fase nasal, ocorre a fase da faringe e, em seguida, a fase da laringe. A faringe é uma estrutura comum que está presente no sistema digestório e respiratório. Logo, é impossível que uma respiração ocorra sem passar pela faringe.

Já a laringe é uma espécie de tubo longo onde ocorre uma certa porcentagem de retenção de partículas. Além disso, na laringe também estão localizadas as pregas vocais que são as responsáveis por um sistema de fala sadio e normal.

Em suma, a respiração pulmonar somente ocorre por conta do movimento de inspiração e expiração. A diferença entre ambos, é:

  • Inspiração: entrada de ar.
  • Expiração: saída de ar.

Ademais, na inspiração o músculo do diafragma desce, já na expiração, o diafragma sobe. Isso significa que inspirando, é possível notar o peito subindo. Já no ato de expirar, o peito desce.

tipos de respiração

Respiração traqueal

Pouco se fala da respiração traqueal, já que a mais comum e conhecida é a respiração pulmonar. No entanto, o tipo de respiração traqueal é muito vista em animais invertebrados. Nesse tipo de respiração, encontram-se túbulos e traqueias.

As traqueias são as principais responsáveis pela respiração. Isso porque se abrem para o exterior, levam o ar até os órgãos onde circula a hemolinfa e, dessa maneira, ocorre a tão necessária troca gasosa.

Logo, como o próprio nome sugere, a respiração traqueal ocorre exatamente nas traqueias. Os carrapatos, aranhas, centopeias e insetos, possuem esse tipo de respiração. Para quem não sabe, as traqueias são tubos extremamente finos e em espirais. Logo, esses tubos se abrem na superfície do corpo, mais precisamente ao longo do tórax e abdômen.

Respiração cutânea

A respiração cutânea é conhecida por ser a respiração das minhocas e os batráquios. Esse tipo de respiração ocorre através da epiderme constantemente úmida, já que o oxigênio, e também o dióxido de carbono, somente conseguem atravessar a pele quando estão devidamente dissolvidos.

É justamente por isso que muitos desses animais são encontrados mortos e ressecados quando há muito calor, principalmente as minhocas durante o verão. Além disso, é comum notar que vivem em ambientes extremamente úmidos e, dessa forma, ganham um muco úmido e liso sobre a pele.

Respiração celular

Muito estudada nas escolas, a respiração celular se dá pela extração da energia química que se encontra em grande nas moléculas de substâncias orgânicas. Quando ocorre esse tipo de respiração, ocorre também o processo de oxidação de carboidratos e lípidos.

Dentro desse tipo de respiração ocorre a respiração anaeróbica e também a respiração aeróbica.

tipos de respiração

Respiração branquial

Um dos tipos mais diferentes de respiração, é a respiração branquial. O motivo, é que essa respiração necessita do oxigênio que se encontra na água. Justamente por isso, torna-se um tipo raro, mas é facilmente entendido quando nos lembramos dos peixes.

Diferente dos outros animais que possuem tipos de respiração terrestre, os peixes são animais que não fazem o ato de inspirar e expirar. Por conta disso, a água penetra pela boca desses animais, chega até os órgãos responsáveis pela respiração e, dessa forma, sai em segundos pelo opérculo.

Todo esse processo ocorre de forma extremamente rápida, o que faz com que a explicação pareça surreal. No entanto, o que ocorre é que, a cada filamento chega uma artéria com sangue venoso. Essa artéria se espalha em formato de ramos por todas as vias e canais bronquiais.

Ainda assim, existem peixes pulmonados que sobrevivem na seca, desde que enterrados no lodo. Caso contrário, podem morrer. Em suma, esse tipo de respiração é algo muito específico dos animais aquáticos.

Além disso, é também uma forma de troca de ar extremamente curiosa, já que são os únicos que conseguem respirar de forma permanente em baixo da água, o que é impossível para muitas pessoas e demais animais terrestres.

Importância da respiração

A respiração tem um papel de grande importância na vida de todos os seres vivos. Independente da forma como ocorre, é ele que garante a sobrevivência de um ser. Isso porque, mesmo que muitos animais, por exemplo, sintam-se famintos, se estiverem respirando normalmente conseguem suportar muito mais tempo devido à importância da respiração.

Além disso, os tipos de respiração nos fazem entender a enorme diferença entre seres vivos presentes ao redor do mundo, mas mostra, ao mesmo tempo, a imensa semelhança que há entre todos. Dessa forma, torna-se uma forma prática e simples de entender como cada organismo funciona.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo