Torrada é saborosa e permite o aproveitamento do pão envelhecido

Inicio » Agronegócio » Torrada é saborosa e permite o aproveitamento do pão envelhecido
20/08/2020 Por
Torrada é saborosa e permite o aproveitamento do pão envelhecido

A torrada foi inventada no Antigo Egito, mas se popularizou com o Império Romano. Apesar disso, os equipamentos elétricos, como a torradeira, demoraram para cair no gosto popular do mundo moderno.

Conheça mais sobre a torrada, esse item delicioso e tão popular no café da manhã.

Torrada

O que é torrada?

Torrada é uma fatia de pão exposta à torradeira ou ao calor do forno a fim de endurecer e provocar crocância através da perda de água.

Sem dúvida, a história da torrada começa com o pão. As primeiras evidências arqueológicas de farinha remontam a cerca de 3.000 anos.

O pão, como o conhecemos hoje, provavelmente foi inventado no Egito antigo. Os egípcios descobriram que, se deixassem a massa descansando por um tempo, ela aumentaria de tamanho e manteria sua forma se cozida.

Já o forno – parte importante do preparo da torrada – foi inventado no Egito para assar pães fermentados em 3.000 a.C.

De fato, os trabalhadores que construíram as famosas pirâmides egípcias eram parcialmente pagos com pães. Porém, havia um problema: se deixado no calor do deserto por longos períodos, o pão ficava difícil e pouco palatável de comer.

A solução que os egípcios encontraram para isso? A nossa tão querida salvadora: a torrada!

Ou seja, é provável que a torrada tenha se originado como uma maneira de preservar o pão, e não como um item saboroso do café da manhã, coberto com manteiga, como fazemos hoje. Afinal, ao queimar as fatias de pão, eles duraram mais tempo como um alimento consumível, mantendo seu sabor.

De fato, esse costume perdura até os dias atuais. A torrada francesa, por exemplo, começou a ser feita pelo mesmo motivo: para não desperdiçar comida.

História da torrada

Apesar de ter nascido no Egito, a prática de torrar o pão se tornou popular no Império Romano. A palavra “torrada”, por exemplo, vem do latim tostum, que significa “queimar ou tostar”.

Em suma, estima-se que os primeiros pães tenham sido torrados quando expostos ao calor em uma pedra quente.

Mais tarde, é claro, alguns dispositivos simples foram criados para preparar a torrada no fogo, como armações de arame para cozinhar a torrada de maneira mais uniforme, ou até mesmo espetos parecidos com os que usamos para assar carne no fogo.

A primeira torradeira elétrica, em contrapartida, foi inventada em 1893, pelo escocês Alan MacMasters.

Apesar de sua atual popularidade, o equipamento não fez muito sucesso na época do seu lançamento. Além disso, a fiação costumava derreter, criando um risco de incêndio. A moda só pegou mesmo no meio do século passado, ganhando as mesas de café na metade seguinte.

Torrada

Torrada engorda?

Uma pergunta frequente é se torrada engorda em comparação a um pão fresco. De fato, é possível dizer que, quando o pão fresco é aquecido, ocorrem várias reações bioquímicas. À medida que o pão esquenta, por exemplo, a umidade dele evapora, e uma reação química torna a superfície marrom.

Isto é, nesta reação química, os carboidratos reagem com os aminoácidos (presentes no exterior da fatia de pão), fazendo com que ela fique marrom. A reação também causa uma alteração no sabor e na textura do pão torrado, que torna-se crocante e com sabor diferente do pão fresco.

Por parecerem mais leves e melhor digeríveis, muitos incluem as torradas no café da manhã ao tentarem adotar uma dieta para perder peso.

Mas existe diferença no teor calórico da torrada quando em comparativo com o pão fresco?

Pão fresco x torrada

Aqueles que acham que a torrada ajuda na perda de peso, cortando as calorias do pão, infelizmente estão enganados.

Ao contrário da crença popular, o valor nutricional do pão torrado permanece o mesmo que a fatia de pão fresco. Uma fatia de pão contém cerca de 66 calorias, enquanto o pão torrado tem 65,9 calorias, uma diferença minúscula e insignificante.

De fato, isso ocorre porque o pão só ficou “crocante” devido à sua exposição à fonte de calor e sua perda de água. Além disso, torrar pão não “mata” os nutrientes como algumas pessoas podem pensar, embora a degradação dos nutrientes já tivesse ocorrido durante o processo de cozimento.

Além disso, algumas torradas podem concentrar proteínas e carboidratos após a perda de umidade.

Contudo, apesar de não emagrecerem propriamente dizendo, as torradas têm seus benefícios para saúde. Confira abaixo alguns deles!

Benefícios da torrada

Aliada dos diabéticos

A torrada pode desempenhar um papel importante na vida daqueles que sofrem de diabetes. Afinal, torrar o pão reduz o teor de gordura presente na fatia, reduzindo também o índice glicêmico.

Menor teor de gordura

Como mencionado acima, ao torrar o pão, você diminui o teor de gordura da fatia em uma dada medida. Claro, não é uma diminuição significativa, mas o suficiente para fazer a diferença se você costuma consumir pão todos os dias.

Diminui o índice glicêmico

Assim como a gordura, o índice glicêmico pode causar ganho de peso. Ao torrar o pão, o seu nível de açúcar no sangue será menos afetado. Isso é um alívio para quem evita comer pão devido ao índice glicêmico.

Combate a diarreia

Sem dúvida, a torrada funciona muito bem para quem sofre de diarreia, pois adiciona firmeza às fezes. Assim, a torrada tende a combater a diarreia e normalizar a consistência do bolo fecal.

Fornece energia

A torrada contém amido com baixo índice glicêmico. Sem dúvida, esse carboidrato é uma das melhores fontes para obter energia. Essa é a razão pela qual muitas pessoas comem torrada como parte do café da manhã, permanecendo assim energizadas o dia inteiro.

Torrada

Torrada de alho

Se você está procurando um gostinho adicional para sua torrada, experimente incrementa uma torrada de alho! A receita é super simples, prática e descomplicada. Além disso, você com certeza tem esses ingredientes em casa! Confira:

Ingredientes

  • Uma xícara de manteiga ou margarina;
  • Quatro dentes de alho esmagados;
  • Orégano;
  • Pimenta e sal a gosto;
  • ¼ de xícara com um bom azeite de oliva;
  •  Fatias ou rodelas de pão amanhecido do tipo francês.

Modo de preparo

  1. Misture em uma tigela o alho esmagado, o azeite e a manteiga ou margarina;
  2. Tempere a mistura com pimental, sal e orégano a gosto;
  3. Besunte as fatias ou rodelas do pão francês com a mistura;
  4. Asse em uma forma, com forno pré aquecido, por aproximadamente quinze minutos ou até dourar;
  5. Sirva a torrada como um acompanhamento para o churrasco.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo