Ginete tem diferentes significados relacionados ao manejo de cavalos

Inicio » Agronegócio » Ginete tem diferentes significados relacionados ao manejo de cavalos
03/02/2021 Por
Ginete tem diferentes significados relacionados ao manejo de cavalos

A profissão de ginete é muito conhecida em algumas regiões do Brasil, como os estados do Sul. O ginete é um profissional, seja homem ou mulher, que trabalha com a preparação e apresentação dos cavalos em provas e exposições.

As atividades de um ginete podem ser bastante exigentes. Além de manter o preparo físico dos animais, o profissional deve se preparar para viagens e períodos de classificatórias.

  1. O que é ginete?
  2. Quais os sinônimos de ginete?
  3. Profissão de ginete
  4. Ginete ou jinete?
  5. Significado de ginete
  6. Cavalo ginete
  7. O que é ginetada?
  8. Modalidades de ginetada
  9. Ginete cavaleiro

ginete

O que é ginete?

Ginete é o termo utilizado para definir a pessoa que trabalha com doma, criação e montaria de cavalos. O seu trabalho, portanto, pode ir desde o nascimento do potranco até o seu preparo para ser montado. Assim, o ginete trabalha com animais de prova, apresentação, e também montaria de animais xucros – que são aqueles que não foram domados.

Conforme o dicionário, ginete também pode definir um cavalo de boa raça, bem adestrado e dócil. Antigamente o termo também era utilizado para definir os guerreiros, homens que andavam armados de lança e adaga.

Quais os sinônimos de ginete?

A palavra ginete define, então, um homem ou uma mulher que trabalha com os cavalos. Um profissional em montar, alguém com experiência na área. Com isso, então, o termo pode ganhar alguns sinônimos como:

  • cavaleiro
  • cavalgador
  • jóquei
  • montador
  • peão

Profissão de ginete

A profissão de ginete pode ser bastante exigente, pois o profissional deve estar em forma física para lidar com os animais. Além disso, as provas e apresentações fazem parte da rotina desta profissão. Por isso, muitas vezes a equipe precisa viajar por quilômetros para fazer parte das competições.

As funções do ginete variam conforme o local e a região onde ele trabalha, assim como o tamanho da fazenda. Entretanto, algumas atividades que fazem parte do trabalho deste profissional, são:

  • Alimentação dos cavalos
  • Higienização e manter a saúde dos animais
  • Processo de doma dos cavalos: primeiro contato com os animais, colocar a encilha, e ensinar ao animal os movimentos de andadura, trote e galope
  • Treinar para as provas: os movimentos e treinamentos vão variar conforme a raça do cavalo e o estilo de prova que o animal participa. Ainda assim, o ginete deve fazer aquecimentos com o cavalo e treinar os giros, saltos e corridas. Isso porque os dois formam um conjunto e devem trabalhar em união.

Ginete é profissão forte no Sul do Brasil

A região Sul do Brasil, e alguns outros Estados como São Paulo, possuem uma forte tradição na criação de cavalos crioulo. Esta raça possui uma prova específica realizada anualmente, chamada Freio de Ouro. Este ramo, então, movimenta a economia nacional devido às etapas de provas e leilões realizados.

Durante todo o ano, ginetes e cavalos treinam e participam de classificatórias, para chegar à final do Freio. O meio, portanto, movimenta milhares de pessoas em torno da criação e desempenho do cavalo crioulo. A profissão de ginete nestas regiões é muito valorizada, visto que é a parceria entre o profissional e o cavalo que garantem o sucesso do conjunto. Para competir, então, são necessárias algumas exigências.

O ginete deve seguir o regulamento da prova e, além de manter o cavalo em perfeitas condições de saúde, precisa se vestir conforme determina a tradição gaúcha. Dos ginetes gaúchos, então, são cobrados o uso do chapéu, ou boina, camisa, lenço, guaiaca, bombacha e bota.

ginete

Ginete ou jinete?

Pode haver dúvida quanto à forma correta da escrita, ou seja, se o certo é ginete ou jinete. No entanto, em português, a forma correta da grafia é ginete.

A palavra jinete existe, mas não na língua portuguesa. Essa palavra é utilizada na língua espanhola e significa cavaleiro. O que é correspondente a um dos significados que a palavra ginete possui no Brasil.

Portanto, escrever jinete dentro do português está incorreto. De tal forma, a escrita sempre precisa ser feita com a letra g.

Dentro da língua portuguesa, a origem de “ginete” vem de uma tribo famosa e que tinha cavalaria ligeira. Era chamada de indivíduo dos zenetas. Como derivação, a palavra passou a ser escrita da forma como conhecemos hoje.

Além disso, é possível encontrar quem escreva genete, o que também não é a forma mais correta de escrever a palavra. Ademais, essa expressão ainda conta com um terceiro significo, além do cavaleiro e do cavalo, pois pode significar uma espécie de panela de barro.

Sendo assim, é uma expressão que contém vários significados e, para entender de qual modo a pessoa está se referindo quando menciona a palavra, é preciso verificar o contexto geral da frase.

Significado de ginete

Apesar de ser uma palavra bastante usada na região Sul do país, como mencionado, muitas pessoas desconhecem o que é ginete.

Isso porque os principais significados da palavra possuem relação com cavalos, o que nem sempre é um assunto falado em metrópoles para que todos saibam o significado de ginete.

Porém, além dos significados que você já conhece e que foram trazidos até aqui, existe outro muito interessante.

A palavra em questão pode significar um tipo de sela feita de forma grosseira e que é utilizada por vaqueiros nordestinos.

Com isso, é possível notar que a grande variedade de significados auxilia no fato de que muitas pessoas desconhecem o significado da palavra.

Além disso, dependendo do local em que a palavra for dita, o significado muda. Isso também dificulta para que as pessoas consigam saber o que quer dizer a palavra ginete.

Cavalo ginete

O ginete, quando se diz respeito a um cavalo, não é um significado direcionado a determinada raça exclusivamente. O que quer dizer que um cavalo pode ser chamado de ginete quando é de boa raça e calmo.

Sendo assim, cavalos que não são adestrados, por exemplo, não podem ser chamados de ginetes. Para isso, precisam de adestramento para que demonstrem melhores respostas ao cavaleiro e domador.

Dentro disso, é possível encontrar cavalo ginete de raças como:

  • Crioulo;
  • Pampa;
  • Frísio;
  • Pantaneira;
  • Marajoara.

Essas e outras raças recebem muito bem o treinamento de adestramento, de forma que respondem positivamente e de forma adequada. Por isso, são consideradas raças de serviço, pois conseguem ser úteis em diversas atividades sem colocar em risco a saúde do condutor.

ginete

Cavalos de corrida

Os cavalos de corrida também precisam ser adestrados, de forma que podem ser um cavalo ginete. Isso porque, para que seja responsivo e tenha condutas compatíveis com o local de corrida, o animal não pode ser totalmente indomado.

Dentro disso, algumas das principais raças de cavalo de corrida são:

  • Quarto de milha;
  • Cavalo árabe;
  • Appaloosa;
  • Puro-sangue inglês.

O cavalo de corrida precisa ser calmo e adestrado, pois muitas vezes é preciso que o cavalo aceite ser conduzido para que vença provas.ss

Uma curiosidade sobre corridas é que alguns treinadores até mesmo falam no ouvido do animal antes da corrida para que o desempenho seja melhor. Isso quer dizer que não teria como um animal não dócil, que não fosse um ginete, participar de competições assim.

Tipos de domas de cavalo

Existem dois principais tipos de domas de cavalo e cada uma vai ser importante para determinada função que o animal pode exercer.

A primeira doma é a de cima, onde o ginete vai treinar o cavalo para que se acostume ao peso de ser montado. Além disso, é essa doma que vai fazer com que o animal consiga obedecer aos comandos que o ginete dá.

Os principais comandos aprendidos pelos cavalos são o de corpo, pernas e de ajudas. A forma como o ginete se posiciona em cima do animal pode desencadear comportamentos. Com a doma, o cavalo aprende a ler o posicionamento corporal do cavaleiro e responde de acordo.

A intenção é que as respostas do animal sejam harmoniosas e correspondentes ao que o ginete quer. E aí já é possível verificar a importância do papel do ginete nessa situação.

Os movimentos que fizer com o corpo, pernas e objetos de ajuda vão ser o que o cavalo irá entender para produzir a resposta à qual foi ensinado durante o processo de doma.

Ademais, existe a doma de baixo, que é quando o ginete precisa conquistar a confiança do cavalo. Esse tipo de doma ensina o cavalo a cabrestear e a obedecer comandos feitos através das rédeas.

Além disso, é nessa doma que o animal se acostuma aos arreamentos. Com isso, a função do ginete nesse tipo de doma é tão importante quanto na doma de cima.

Ademais, uma complementa a outra, pois o cavalo precisa ser domado das duas formas para que responda adequadamente aos comandos corporais do ginete e aos comandos de rédea.

ginete

Os cavalos mais bonitos do mundo

Diversos tipos de cavalos possuem belezas estonteantes, incluindo os ginetes. A beleza é uma das características desse animal. Vejamos mais detalhes sobre algumas raças a seguir.

  • Cavalo crioulo

Existem cavalos leiloados e que ganham premiações pela beleza que apresentam. Dentre as raças que mais fazem sucesso pela beleza, está o cavalo crioulo. Essa raça tem a cabeça larga e curta, em formato de uma pirâmide.

Além disso, os olhos são grandes, afastados e muito expressivos. O perfil desse animal é reto, pouco convexo. Ademais, as orelhas são afastadas da base e bem pequenas. O porte do cavalo crioulo, em geral, é pequeno.

Todas essas características fazem com que os cavalos dessa raça possam ser chamados de ginete e permite que sejam astros em competições como o Freio de Ouro, por exemplo.

  • Cavalo árabe

Além disso, outro cavalo que é extremamente bonito é o cavalo árabe. O rosto desse cavalo é mais côncavo, o que torna a aparência ainda mais bonita. Ademais, a cauda dessa raça é outro ponto diferencial, pois é alta e muito bonita.

A pelagem desse cavalo também é algo digno de comentários, existem tipos que têm o pelo preto e muito brilhoso. Não é à toa que é a raça mais cara do mundo.

  • Mangalarga marchador

Outra raça que cativa pela beleza é o mangalarga marchador. Esse cavalo é de Minas Gerais e é musculoso e forte. Porém, ao mesmo tempo, é um cavalo leve. O que surpreende, pois em uma primeira impressão todos diriam que é extremamente pesado pela quantidade de músculos que possui.

Ademais, a cabeça dessa raça tem formato triangular e um pescoço em pirâmide. As costelas desse ginete são arqueadas e a altura pode variar de acordo com o animal, ficando entre 1,47m e 1,57m.

Não se pode deixar de falar de uma das principais características do mangalarga marchador. Estamos falando da marcha, que inclusive já está presente no nome da raça do animal, de tão importante que é.

Esse cavalo tem um dom natural de marchar de forma elegante, leve e fluida. Issodeixa todos impressionados e faz com que seja um dos cavalos mais bonitos do mundo.

  • Quarto de milha

Além disso, outro cavalo que entra para essa lista é o quarto de milha. Essa raça é especial para corridas, tambor e salto e é um animal bem troncudo. As orelhas são pequenas e o rosto é estreito.

A velocidade que esse animal alcança pode chegar a 88km/h, sendo extremamente versátil e dócil. De tal forma, é um ótimo exemplo de ginete. Por todas essas qualidades, essa raça está na terceira colocação entre os cavalos de maior valor econômico do mundo.

  • Cavalo appaloosa

Por fim, mas não menos importante, podemos destacar o cavalo appaloosa, que já foi mencionado anteriormente. Esse animal é muito forte e conta com pernas cobertas de músculos.

Ele estava na lista dos melhores corredores justamente por isso, pois possui pernas muito fortes e consegue percorrer boas distâncias em pouco tempo.

Ademais, o porte dessa raça é médio e anda de forma harmoniosa. Além disso, essa raça tem um grande diferencial quando trota. Diferentemente da maioria dos cavalos, o appaloosa levanta a pata livremente e coloca no chão novamente de uma só vez.

Com isso, é um dos animais que possui o trote de campo mais bonito. Além da pelagem, que é extremamente bonita. Há exemplares que são de pelagem metade branco e metade preto, com brilho enorme nos pelos.

O que é gineteada?

Como o nome sugere, tem tudo a ver com o ginete. Porém, com o ginete no sentido do cavaleiro, e não do cavalo dócil.

Isso porque a gineteada é uma competição que tem como objetivo permanecer o máximo de tempo possível em cima do cavalo.

Claro que essa é uma tarefa difícil, pois os cavalos são mal domados ou chucros, de forma que oferecem grande resistência ao ginete que está montando.

Ademais, o ginete se utiliza de técnicas para conseguir montar e permanecer em cima do animal por tempo necessário a ganhar a competição. Uma dessas técnicas é o uso de esporas.

As esporas são objetos que prendem no calcanhar das botas e possuem rosetas com cerca de 8 dentes. Essas rosetas têm pontas arredondadas para evitar que o cavalo se machuque.

Modalidades de gineteada

  • De pelo

Existem diversas modalidades de gineteada, sendo que uma das principais é a modalidade de pelo. Essa modalidade é caracterizada por não ter nenhum tipo de sela no animal.

O ginete monta diretamente sobre o pelo do cavalo, o que aumenta o grau de dificuldade. Além de ser mal domado, não tem a firmeza e a estabilidade que as selas proporcionam ao ginete.

  • Garupa surenã

O nome dessa modalidade já revela que a origem não é brasileira. Essa modalidade vem da argentina e o ginete utiliza um bocal no cavalo.

Esse bocal é uma armação de esponja e ferro que vai atada ao animal. Com isso, o adereço permite que o montador consiga posicionar o pé no torso do animal.

O tempo mínimo para permanecer nessa modalidade é de 12 segundos. Após esse tempo, um sino toca sinalizando que o ginete conseguiu a marca mínima.

  • Basto aberto

Essa modalidade de gineteada também utiliza bocal. No entanto, a montaria ocorre sobre o bastro e conta com estribos arredondados. Nessa modalidade, o tempo é de 12 segundos também.

  • Basto oriental

Diferentemente das anteriores, essa gineteada tem a característica de permitir que o cavalo seja ensilhado de forma completa.

Independentemente de qual modalidade for, a gineteada é uma prática muito comum no Sul do Brasil e em países como a Argentina. Além disso, existem competições famosas em que há essas modalidades com grande competitividade entre os ginetes.

ginete

Ginete cavaleiro

Como você pode notar, a palavra ginete tem vários significados e pode compreender tanto um cavalo manso e bonito quanto o cavaleiro. Mas, também, pode se referir a outros objetos bem diferentes.

Em geral, essa expressão ocorre nas regiões onde há costume de criação de equinos. Em outras regiões, é comum que pessoas nem saibam do que se trata.

O manejo de cavalos é uma prática muita rica e vasta em todo país. E como o Brasil tem a característica de ser um território muito extenso, é comum as variações de costumes e práticas com os cavalos e outros tipos de animais.

Assim, sempre que você ouvir a expressão ginete, vai precisar entender o contexto da conversa para que possa afirmar do que se trata. Mas, na grande maioria das vezes, o significado é a respeito do cavaleiro ou do cavalo, que são os significados mais utilizados.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo