Goiaba é uma fruta deliciosa cujo plantio não tolera geadas ou ventos frios

Inicio » Agricultura » Goiaba é uma fruta deliciosa cujo plantio não tolera geadas ou ventos frios
10/11/2019 Por
Goiaba é uma fruta deliciosa cujo plantio não tolera geadas ou ventos frios

Goiaba cresce cada vez mais no mercado externo

Além de ser um fruto delicioso, a goiaba é usada, de uma forma ou de outra, para tratar uma série de doenças, incluindo, por exemplo, a febre, a constipação e a diarreia.

Conheça a seguir o mercado nacional e internacional da goiaba e aprenda a cultivar esse fruto que traz tantos benefícios à saúde.

O que é goiaba?

Goiaba é o fruto derivado da goiabeira, de nome científico Psidium guajava. A árvore é nativa da América tropical, sendo um membro da família Myrtaceae.

goiaba

A ocorrência da árvore está concentrada sobretudo no Brasil. Contudo, atualmente, é possível encontrar a fruta sendo difundida no sudeste asiático.  Enquanto uma planta perene, a goiaba é geralmente vive em torno de quarenta anos.

Tipos de goiaba

Em suma, existem mais de cento e trinta tipos de goiaba espalhados pelo mundo. No entanto, a variedade de goiaba mais cultivada, a nível mundial, é a espécie Psidium guajava L. Essa espécie frutífera tem boa adaptação em zonas tropicais. No Brasil, por exemplo, o cultivo da goiaba para fins comerciais se dá do Norte ao Sul.

Juntos, os estados de Pernambuco e São Paulo correspondem a cerca de 85% da produção brasileira. Essa concentração deriva do fato do fruto ser uma das matérias-primas principais da indústria de processados.

A grande variedade de goiabas produzidas no Brasil se deve aos pomares implantados por meio de sementes. É preferível que as goiabas com destino ao mercado externo sejam, contudo, de polpa na cor branca.

Além disso, é imprescindível que tenham uma aparência atraente, com tamanho correspondente à classificação indicativa, polpa branca e peso médio. Do mesmo modo, é fundamental que as goiabas sejam resistentes ao armazenamento e transporte.

O mercado brasileiro de goiaba

Além de possuir uma série de variações, a goiabeira tem a capacidade de produção de mais de uma safra por ano. Isto é, se cultivada com irrigação. Assim sendo, a cultura de goiaba fornece excelentes resultados não somente à comercialização em mercado interno.

De fato, as perspectivas no mercado externo são boas, principalmente com as negociações com a América do Norte e Europa. Muitos países já importam a goiaba do Brasil para consumir in natura. Entre eles estão:

  • Alemanha;
  • Inglaterra;
  • França;
  • Holanda;
  • Suécia;
  • Canadá;
  • Dinamarca.

goiaba

Benefícios da goiaba

São muitos os benefícios da goiaba. Por exemplo, a fruta possui benefícios medicinais e terapêuticos no tratamento da pressão alta, hipercolesterolemia e disenteria. Além disso, a goiaba é também usada no tratamento de constipação, distúrbios respiratórios e hipercolesterolemia.

A goiaba é frequentemente rotulada como “super fruta”. Afinal, contém quatro vezes mais vitamina C que a laranja, três vezes mais proteínas e quatro vezes mais fibras que abacaxi. Além disso, possui duas vezes mais licopeno que tomate e um pouco mais de potássio que a banana.

Doce de goiaba

Goiabas são processadas em compotas, geleias e conservas. Além disso, o doce de goiaba, ou goiabada, é muito comum no Brasil. Na alimentação, goiabas frescas são ricas em vitaminas A, B e C. Além disso, são geralmente consumidas cruas e podem ser fatiadas e servidas com açúcar e creme como sobremesa.

Como plantar goiabeira

  • O plantio das sementes da goiaba pode ser feito até mesmo nas estações anuais mais secas do Brasil. No entanto, nesse caso, é importante que sejam regadas diariamente. Para preservar a umidade, uma dica preciosa é usar uma camada de palha em cima do vaso.
  • O transplante das sementes pode ser feito dentro de dois a três meses após o plantio. Nessa altura, as árvores já devem atingir uma boa altura. Assim, para transplantar a muda, basta cavar um buraco com aproximadamente 30 cm no quintal.
  • Para o plantio de goiabeira, é necessário cerca de vinte e cinco metros quadrados disponíveis. O terreno para o plantio da árvore precisa ser plano ou com pouquíssima inclinação.
  • A depender do solo, pode ser preciso aplicar esterco e calcário antes de fazer o transplante da muda. Para manter a árvore saudável, é recomendado repetir a aplicação uma vez por ano.
  • A frutificação das goiabeiras ocorre de modo mais abundante em regiões onde o clima é quente. Isto é, com temperatura média entre 25 e 30 graus.
  • Além disso, a época mais indicada para o plantio de mudas é no início de dezembro. Uma vez plantada, a estimativa de frutificação é de quatorze meses.

Como cultivar goiaba

É preciso ter alguns cuidados para um cultivo de frutos atraentes, que serão excelentes frescos ou em sobremesas. Confira algumas dicas abaixo.

goiaba

  • A árvore deve ser plantada em solo bem drenado, onde suas raízes têm espaço para se espalhar.
  • A adubação das goiabas em crescimento deve ser feita a cada um a dois meses, quando jovens. À medida que a árvore amadurece, a adubação deve passar para três a quatro vezes por ano.
  • As goiabeiras precisam de uma grande quantidade de nitrogênio, ácido fosfórico e potássio. Além disso, um pouco de magnésio faz com que obtenham a máxima produção de frutos.
  • Um exemplo é uma fórmula de 6-6-6-2, trabalhada no solo imediatamente antes do início da estação de crescimento e espaçada uniformemente três vezes durante o período de crescimento.
  • É necessário rega frequente após o plantio, além de manter as árvores maduras moderadamente úmidas durante as estações de floração e frutificação. Isto é, dê prioridade a um bom solo, adubado sempre que necessário, sem jamais deixar faltar água.
  • Além disso, é preciso podar adequadamente, como qualquer árvore frutífera. Portanto, tire o excesso de folhas e galhos. Assim, promoverá melhorias na ventilação e na insolação da copa. Por consequência, previne-se o controle de doenças e pragas.
  • Como é de conhecimento geral, a goiabeira é comumente atacada pelo famoso “bicho da goiaba”. Para prevenir essa praga logo no princípio do desenvolvimento da goiabeira, ensaque goiabas no pé da árvore.
  • Além disso, uma segunda alternativa é fazer a colheita dos frutos no momento em que o processo de amadurecimento é iniciado. Em seguida, armazená-los em um lugar fresco e seco. Assim, a produção aumentará e melhorará a qualidade, conforme o amadurecimento da árvore, até a goiabeira enfim se estabilizar.
  • Desse modo, você terá a chance de saborear uma goiaba fresca e deliciosa desde o mês de dezembro até meados do mês de março.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo