Jasmim manga deve ser cultivado em sol pleno e ambientes externos

Home » Agricultura » Jasmim manga deve ser cultivado em sol pleno e ambientes externos
18/10/2019 by
Jasmim manga deve ser cultivado em sol pleno e ambientes externos

Um colar de jasmim manga, um céu ensolarado, mar de água transparente e muita simpatia

É, desta maneira, a recepção de muitos visitantes em locais paradisíacos. Com os nomes de “leis”, esses colares com jasmim manga ficaram famosos nas últimas décadas.

O jasmim manga chegou até ser considerado uma árvore tradicional de cemitério. Isso porque surgia de maneira espontânea perto de lápides e túmulos. Nos dias de hoje, essa planta é tão prestigiada que praticamente todas as fantasias havaianas contam com esse item. Isso porque o enfeite é realizado a fim de embelezar o ornamento.

Jasmim manga

O que é jasmim manga?

Jasmim manga é uma planta que pode variar entre cinco, seis, sete e até oito metros de altura. É bastante adotada como uma planta ornamental.

Os seus caules são bem lisinhos e grossos com uma tonalidade puxada para cinza ou bronze. Todavia, o formato continua sendo muito harmonioso e quase escultural.

Por esses elementos, essa planta é muito adotada por especialistas na área de paisagismo. Além disso, os seus galhos possuem um visual suculento e liberam látex quando sofrem algum tipo de ferimento.

Já as folhas podem ter até 30 cm em uma cor verde-escura e surgem nas pontas dos ramos. Nos meses de inverno e primavera, as folhas tendem a cair.

Outro detalhe importante do jasmim manga se deve à sua origem na América Tropical. A planta acontece de modo nativo a partir das regiões mexicanas de Jalisco e Puebla até alcançar os territórios colombianos e venezuelanos. Entretanto, essa planta também pode ser encontrada em outros locais do planeta.

É importante frisar que a denominação científica desta planta se refere aos termos Plumeria rubra.

Em compensação, a Plumeria também conta com diversos outros nomes muito mais conhecidos entre a população, tais como plumelia, jasmim de São José, frangipane, jasmim do Pará e até árvore-pagode.

Pertencente à família Apocynaceae, a classificação se divide entre árvores ornamentais e até plantas perigosas pela toxicidade.

O clima preferencial para cultivo do jasmim manga é o equatorial, tropical e subtropical, com muita luz natural e ciclo de vida perene. Por isso, essa é uma planta típica do continente americano (América Central, América do Norte e a América do Sul).

Flor jasmim

Com relação às flores, elas dão origem a grandes inflorescências terminais e exibem tonalidade avermelhada ou ainda rosa. Entretanto, há exceções que podem apresentar variações brancas e amarelas.

A Plumeria rubra se sucede nos meses mais quentes de verão e até no outono. A flor jasmim também tem um cheiro próprio, parecido com as flores de jasmim, e acaba por render a nomenclatura.

Jasmim manga

Muda de jasmim manga

Como citado anteriormente, a muda de jasmim manga possui diversos nomes. Internacionalmente, ela pode até ser mais famosa pelo termo “frangipani”. Isso porque se trata de uma menção a um perfume da Itália muito conhecido no século XII.

No território nacional, o jasmim manga ganhou essa nomenclatura popular devido ao perfume de duas flores ser muito parecido com o do jasmim. E, ainda, porque a árvore possui folhas que remetem muito ao formato da mangueira.

Só que essas comparações devem se encerrar por aí. Afinal, não há jasmim que chegue a uma altura tão significativa e tampouco uma mangueira que fique totalmente sem a sua folhagem pouco antes de sua floração.

A seiva leitosa dessa muda pode ser utilizada até com uma finalidade curativa. Assim, em algumas regiões da Martinica, as frutas são vistas como uma verdadeira iguaria.

Apesar disto, o ideal é não comer qualquer pedaço dessa planta sem uma liberação médica. Esse cuidado se deve à secreção esbranquiçada que solta e que pode até resultar em uma alergia.

No entanto, essa árvore de tronco mais opulento é belíssima tanto com as flores quanto pelada. Os galhos rendem um desenho diferenciado, fazendo com que se destaque em qualquer jardim.

No entanto, as regiões mais geladas podem fazer com que a árvore perca todas as suas folhas. Só que a ação ornamental é relevante também desse modo.

Já nos ambientes mais próximos do mar, a planta também se ajusta perfeitamente bem ao clima quente durante a sua floração. Portanto, essa planta pode ser colocada em jardins de pequeno, médio e até grande porte.

Jasmim manga

Como plantar jasmim manga?

Agora que você já sabe mais quase tudo sobre a planta, é uma boa hora para descobrir como plantar jasmim manga, não é?

A primeira boa notícia é que o cultivo pode ser realizado com sucesso em qualquer mês do ano. Porém, a floração da espécie só se sucede nos meses de primavera ou nos meses de outono.

Normalmente, a floração começa no encerramento do inverno e se estende até a primavera, com uma formação contínua de flores das mais diferentes tonalidades e características, saindo do amarelo até o vinho.

Um detalhe curioso é que a tonalidade tem influência direta no aroma. O tipo Acutifolia, completamente branco, tem um aroma muito mais forte que as demais.

Por isso, a orientação é plantar o jasmim manga sempre na parte externa. Em todos os tipos, o seu cheiro é muito parecido com o da gardênia, ou seja, um aroma muito poderoso e insistente.

Esse aroma tão forte pode causar algum problema para as pessoas que contam com uma sensibilidade extra a cheiros mais acentuados. Neste caso, o indivíduo pode até sentir dores na cabeça. Por isso, a indicação é colocar a sua muda do lado de fora da casa.

Já a rega é média. Isso quer dizer que deve ser efetuada aproximadamente três vezes a cada sete dias, somente quando a terra ficar bem seca. Além disso, a árvore de jasmim manga precisa de muito sol e cresce forte em terras drenadas e bem férteis.

Para plantar corretamente, é indicado ter cuidado redobrado com as folhas devido ao látex. Afinal, esse elemento pode provocar até dermatite ao entrar em contato com o corpo humano.

  • Passo a passo

  • Inicialmente, você deve abrir um buraco maior que o torrão;
  • Adicionar o adubo muito curtido mesclado com folhas e/ou adubo composto;
  • Em seguida, é preciso ainda um tutor para que a planta fica bem retinha;
  • Posteriormente, se deve amarrar com um cordão de algodão sem exagerar na força.

Não se esqueça de que é indispensável regar o jasmim manga no ato do plantio e nos dias seguintes.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo